quinta-feira - 11/07/2019 - 04:06h
Legislativo

Propaganda não avança e poderá ser judicializada


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), declarou “fracassada” a mais recente licitação (001/2019) desse poder para contratação de empresa de propaganda.

O montante envolvido chega a R$ 720 mil.

Desconsiderou à sua decisão, recurso interposto administrativamente por uma das concorrentes, a Opa Comunicação.

No último dia 14 de junho (veja AQUI), o legislativo já tinha cientificado que nenhuma das três disputantes – Opa, Quixote Comunicação Integrada e Pauco Propaganda – tinha atingido exigências do edital licitatório. Todas foram desclassificadas.

Outra licitação deverá acontecer. Porém não pode ser descartada uma judicialização do caso.

Há quase um ano que a CMM está sem empresa habilitada à gestão de sua propaganda.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
segunda-feira - 01/07/2019 - 11:14h
Sem política

Henrique Alves estará em Mossoró no próximo dia 20


O ex-presidente da Câmara Federal Henrique Alves (MDB) estará em Mossoró no próximo dia 20.

Participará na condição de padrinho, de liturgia religiosa e evento social de casamento de uma filha da presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB).

Portanto, nada de política na agenda.

Ah, tá!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 26/06/2019 - 12:14h
Distância

Aliada de prefeita afirma que não é atendida em nada


Izabel: distanciamento (Foto: Edilberto Barros)

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró e aliada da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), Izabel Montenegro (MDB) desabafou à manhã desta quarta-feira (26), na tribuna da Casa:

- Eu particularmente não consigo nada. Nada meu é atendido. Inclusive quero pedir desculpa às pessoas que me procuram.

Em contraponto, saudou quem supostamente estaria com melhor ou crédito no Palácio da Resistência, sede da municipalidade:

- Gostaria de parabenizar a colega Aline Couto (sem partido) que fala que consegue algo com a prefeitura.

Leia também: Prefeita e presidente de Câmara não conseguem se entender.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 25/06/2019 - 16:48h
Estava escrito

Governo impõe sua vontade e derruba emendas da oposição


Do Blog Saulo Vale e Blog Carlos Santos

A bancada governista conseguiu no plenário derrubar todas as emendas dos vereadores de oposição ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), base da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020, na sessão desta terça-feira (25).

Trabalhos ocorreram em quatro sessões (Foto: Edilberto Barros)

O revés aconteceu depois que a Comissão de Orçamento da Câmara aprovou 66 emendas, sendo mais de 50% de parlamentares oposicionistas.

O Palácio da Resistência, sede do governo municipal, ordenou a derrubada de todas as emendas oposicionistas, exatamente como o Blog Carlos Santos antecipou (Bancada de Rosalba recebe ordem para derrubar emendas) pela manhã.

Só emendas governistas

Todas as 54 emendas aprovadas no plenário nesta terça-feira foram de vereadores da base da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), inclusive as que foram reprovadas nas comissões de Constituição e Justiça e de Orçamento, Finanças e Contabilidade.

Ao todo, o Legislativo realizou quatro sessões em sequência sendo duas para votação em primeiro e segundo turno do projeto da LDL. Coube à vereadora Izabel Montenegro (MDB), presidente da Casa, o voto decisivo à aprovação da matéria.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
segunda-feira - 10/06/2019 - 09:34h
Pingo da Mei Dia

Políticos são coadjuvantes em festa de milhares de anônimos


A abertura do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2019 com o “Pingo da Mei Dia” (veja AQUI) foi oportunidade para muitos políticos se apresentarem e aparecerem.

Fátima, Izabel Montenegro, Jean-Paul Prates e Rosalba em conversa afiada em meio ao frisson (Foto: autoria não identificada))

Em meio a uma multidão que passou horas em frisson no sábado (8), houve espaço para a prefeita-anfitriã Rosalba Ciarlini (PP) circular e posar com populares e outros políticos, aliados e até adversários.

A conversa rolou por muito tempo com a governadora Fátima Bezerra (PT), com participação da presidente da Câmara Municipal de Mossoró Izabel Montenegro (MDB), além do senador Jean-Paul Prates (PT).

A senadora Zenaide Maia incluiu em seu roteiro um encontro com sindicalistas (Foto: Sindiserpum)

A senadora Zenaide Maia (Avante) esteve também no Pingo da Mei Dia, incluindo no roteiro uma visita ao camarote improvisado (veja AQUI) do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM).

O deputado federal João Maia (PR) e sua mulher Shirley Targino (PR), prefeita de Messias Targino, bem como a deputada estadual e pré-candidata a prefeito Isolda Dantas (PT) marcaram presença.

Porém, é certo, que todos foram eclipsados pelo protagonismo de milhares de anônimos em calçadas, leitos de ruas e camarotes, numa festa que se retroalimenta a cada ano, faça chuva ou faça sol, no pino do meio-dia em Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 10/06/2019 - 05:50h
Por um triz

Prefeita e presidente de câmara não conseguem se entender


Rosalba e Izabel: 'por aqui' (Foto: arquivo)

O Palácio da Resistência ‘está por aqui’ com a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB).

Cá para nós e o povo da rua: Izabel também está quase em seu limite em relação aos inquilinos da Prefeitura de Mossoró.

Enfim, suportam-se.

O mais recente episódio de alargamento do fosso entre a vereadora governista e o governismo, personificado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), foi a votação do Projeto de Lei 139/2019 que retira da folha de pagamento da municipalidade a contribuição sindical do servidor.

Izabel deixou claro que era contra e trabalhou para reverter ou sabotar sua aprovação.

O Palácio da Resistência percebeu e usou todas as suas forças para se impor (veja AQUI).

Conseguiu.

E ficou anotada mais essa postura da presidente da CMM.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 05/06/2019 - 23:16h
Folha

Governistas aprovam fim de desconto de contribuição sindical


A maioria dos vereadores mossoroenses garantiu aprovação nesta quarta-feira (5) do Projeto de Lei 139/2019 que retira da folha de pagamento da municipalidade a contribuição sindical do servidor. Como esperado, não foi uma sessão normal.

A matéria foi votada em Regime de Urgência numa sessão bastante tumultuada. Entre outros embaraços e bizarrices, a Casa teve o vereador situacionista Rondinelli Carlos (sem partido) assumindo a presidência para dar celeridade à votação, sem sequer integrar a mesa diretora.

Ele recusou-se a dar a palavra a vereadores da oposição e de se retirar da cadeira, daí, o tumulto. A sessão foi encerrada pelo vereador Alex do Frango (PMB) em meio a intenso bate-boca. Ele interveio lembrando que era o 2º vice-presidente e teria prerrogativas para tanto.

Mas a presidente da Casa – Izabel Montenegro (MDB) – apareceu em plenário e retomou sessão depois de mais de 30 minutos de paralisação dos trabalhos. Oportunizou a votação que contrariou oposicionistas e dezenas de manifestantes ligados ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM).

Votos e saída de plenário

Os vereadores governistas Aline Couto (sem partido), Maria das Malhas (PSD), Francisco Carlos (PP), Sandra Rosado (PSDB), Rondinelli Carlos, Didi de Arnor (PRB), Tony Cabelos (PSD), Manoel Bezerra (PRTB), Alex Moacir (MDB), Ricardo de Dodoca (Prona) e Zé Peixeiro (MDB) votaram a favor do projeto enviado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

O voto do vereador João Gentil (Patriota), que se autodenomina de “independente”, também foi em favor do projeto.

Gilberto Diógenes (PT), Alex do Frango, Petras Vinícius (DEM), Ozaniel Mesquita (PR), Raério Araújo (PRB) e Genilson Alves (PMN) saíram do plenário em protesto.

Flávio Tácito (PPL) e Emílio Ferreira (PSD) justificaram falta, com utilização de atestado médico.

Prefeita x Sindicato

O Sindiserpum queixa-se que deixará de recolher contribuição de cerca de 4 mil associados. “Sem a garantia destes pagamentos, consequentemente, não tem como oferecer, por exemplo, o convênio de saúde que era disponibilizado aos associados e que contava com atendimentos de cardiologia, ginecologista, oftalmologista, dentista, clínico geral, além de 45 exames”, aponta a entidade.

A gestão da prefeita Rosalba justifica que apenas faz uma adequação à legislação. Não haveria embutido no projeto qualquer ranço politiqueiro ou tentativa de fragilizar o sindicato.

* Vídeo constante desta postagem é do Blog Carol Ribeiro em reportagem para a TCM-Telecom.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 31/05/2019 - 21:44h
Contribuição sindical

Presidente critica projeto e pede que prefeita o reveja


Do Blog Saulo Vale

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (MDB), criticou o projeto enviado pela Prefeitura que prevê o fim do desconto em folha da contribuição sindical.

Saulo entrevistou Izabel (Foto: divulgação)

“Não existe servidor, nem trabalhador forte sem sindicato. A união é quem faz a força de cada categoria. Eu já fui diretora do sindicato e sempre fui sindicalizada. Não vejo nenhum ponto positivo para o Município em tirar essa contribuição da folha de pagamento”, afirmou em entrevista ao Enfoque Político (Super TV) desta sexta-feira (31).

“Eu acho que se for possível a prefeita [Rosalba Ciarlini] reveja essa posição. Não acho que seja demérito de ninguém repensar posições já tomadas”, acrescentou.

O projeto deve ser votado na próxima terça-feira (4) e aprovado pela força da bancada do governo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
quarta-feira - 29/05/2019 - 14:58h
Mossoró

TJ mantém absolvição de vereadora e ex-vereador


Decisão do juiz da 3ª Vara Criminal de Mossoró, Cláudio Mendes Júnior, foi mantida pelos desembargadores da Câmara Criminal do TJRN e, desta forma, o ex-vereador João Newton da Escóssia Júnior e a vereadora Maria Izabel Araújo Montenegro (MDB) permanecem absolvidos das imputações do artigo 312 (Peculato) combinado ao artigo 327 do Código Penal.

Desembargadores seguiram entendimento do primeiro grau, com juiz Cláudio Mendes Júnior (Fotos: arquivo)

O órgão julgador considerou, à unanimidade, que o dolo dos acusados no suposto desvio de valores descritos na denúncia, em proveito de uma terceira pessoa, não foi suficientemente demonstrado ou que ingressaram no seu patrimônio pessoal.

O Ministério Público sustentou, dentre outros pontos, que existem provas a embasar a condenação, sobretudo por se achar configurado o fato de que a segunda denunciada, Maria Izabel Araújo, ter recebido diárias, autorizadas pelos outros denunciados, sem o subsequente deslocamento ao local. Os fatos ocorreram em 2005, quando Escóssia era presidente da casa legislativa de Mossoró. Atualmente, Montenegro é ocupante desse cargo.

Desordem e nova ação

“Como bem pontuado pelo Juízo inicial, as provas obtidas na espécie dão conta apenas e, no máximo, à desordem administrativa estabelecida na Câmara Municipal de Mossoró na época dos fatos, cabendo aos parlamentares, inclusive, a plena e total autonomia no pedido e processamento de diárias”, reforça a Câmara Criminal.

A sentença, mantida no órgão julgador, considerou que a omissão do recebedor de recursos públicos em prestar contas mais se aproxima de ato de improbidade administrativa do que do delito de peculato em sua modalidade desvio. “Constatando-se as irregularidades dos procedimentos administrativos de concessão de diárias, em clara dissonância com as normas estabelecida em Resolução do Tribunal de Contas, deverá o MP buscar a apuração da irregularidade em ação própria”, define.

Com informações do TJRN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
terça-feira - 28/05/2019 - 06:58h
Política

Desunião dos Alves assusta dirigente partidária


Por Vicente Serejo (Agora RN)

A vereadora Izabel Montenegro, a presidente do MDB em Mossoró, sabe que a desunião dos Alves será um desastre para o partido.

Pode até não dizer de público, mas sabe. E tem medo.

Aliás

Se no MDB estadual existir alguém com um mínimo de bom senso vai concordar que o partido já anda esquálido demais para ter mais refregas.

Precisa de quem tenha pendores para a luta.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 22/05/2019 - 23:38h
Tribuna Popular

Deputado propõe agenda comum entre Assembleia e Câmara


Allyson (centro, mais alto) com vereadores (Foto: João Victor)

Em pronunciamento no projeto Tribuna Popular, hoje (quarta-feira, 22), na Câmara Municipal de Mossoró, o deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) colocou mandato à disposição dos vereadores e defendeu agenda comum entre a Casa e a Assembleia Legislativa por Mossoró.

“Proponho união administrativa e política entre os dois poderes legislativos para trabalharmos temas de interesse de Mossoró, e nosso mandato na Assembleia continua aberto aos 21 vereadores e vereadoras. Estamos aqui para reforçar esse compromisso”, disse Allyson Bezerra.

Pronunciaram-se em apoio à proposta do deputado os vereadores João Gentil (Patriotas), Ozaniel Mesquita (PR), Aline Couto (sem partido), Raério (PRB), Petras (Democratas), Rondinelli Carlos (PMN), Genilson Alves (PMN), Francisco Carlos (PP), Alex do Frango (PMB), Tony Cabelos (PSD), Manoel Bezerra (PRTB) e Izabel Montenegro (MDB).

No dia 12 de dezembro do ano passado, quem esteve na Tribuna Popular foi o então deputado estadual eleito Bernardo Amorim (Avante).

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 18/04/2019 - 13:01h
Alves

Presidente do MDB diz que é preciso diálogo entre líderes


Izabel: diálogo, sim (Foto: Edilberto Barros)

Do Blog Carol Ribeiro

A presidente estadual do MDB Mossoró, Izabel Montenegro, conversou sobre o racha que existe entre o deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-deputado federal Henrique Alves no Estado (MDB).

Ela se refere à polêmica que aconteceu na semana passada (veja AQUI e AQUI), em que o deputado federal resolveu tornar público através do seu endereço no twitter o desentendimento com o líder histórico do partido.

A presidente da Câmara de Mossoró disse que primeiro é necessário esperar Garibaldi Alves se recuperar de cirurgia (veja AQUI). Ela conta que conversou com Henrique Alves e “sentiu” que a intenção dele é apagar esse incêndio.

“Não é bom para o MDB, que não vive um momento bom no país e no estado, continuar com essa briga entre Garibaldi, Henrique e Walter. Garibaldi e Henrique são primos-irmãos, sempre se deram muito bem e o resultado das urnas mandou um recado: não foi fácil. Walter quase perdeu. Se unidos é difícil, divididos fica impossível”, diz.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 03/04/2019 - 10:44h
Acim

Entidade empresarial ganha status de “utilidade pública”


Em solenidade no Palácio da Resistência nesta quarta-feira (3), às 16 horas, vai ser oficialmente sancionada a lei que dá à Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM) o status de “utilidade de utilidade pública”.

A Acim completa em 2019 o seu centenário de criação (veja AQUI).

A proposição foi da vereadora-presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia / Política
terça-feira - 02/04/2019 - 23:10h
No plenário

Bancada se volta contra prefeita e derruba dois vetos


Do Blog Saulo Vale

As bancadas de governo e de oposição derrubaram, à unanimidade, dois vetos da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) nesta terça-feira (2), na Câmara Municipal de Mossoró.

Transplantados pediram derrubada do veto com movimento em plenário (Foto: Edilberto Barros)

De autoria da vereadora governista Aline Couto (sem partido), a proposta, que agora vai virar lei, torna obrigatório que a Prefeitura forneça o serviço de deslocamento gratuito para pacientes transplantados e renais a municípios como Fortaleza e Natal, para dar continuidade ao tratamento. O Município atualmente já possui esse programa, chamado de Praem, mas, a partir da promulgação da lei, independentemente do gestor, a Prefeitura terá de dar continuidade ao serviço.

Já o outro veto, também derrubado, se refere a um projeto do vereador oposicionista Genilson Alves (PMN) que força a Prefeitura a responder, no prazo máximo de 45 dias, qualquer tipo de requerimento dos vereadores.

Os projetos seguem agora para promulgação da presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB).

Nota do Blog Carlos Santos – Dois importantes projetos. Mas a gente ouve nos intramuros da Casa, que a principal motivação para derrubada dos vetos da prefeita não são os valores sociais das matérias, mas um leque de interesses contrariados. Tudo bem. Valeu, mesmo assim.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
quarta-feira - 27/02/2019 - 12:27h
Na pressão

Parlamentares se movimentam para instalação de uma CEI


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), que se acautele.

Um consórcio entre vereadores da oposição e do governismo (do qual ela faz parte) está serpenteando para instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Casa.

O alvo?

Isso mesmo.

Ela: Izabel Montenegro.

Ouvido ao chão, presidente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 14/02/2019 - 16:40h
Não

Vereadores engrossam “pelotão” contra penduricalhos


Até o final da manhã de hoje (14), quatro vereadores oficializaram à Câmara Municipal de Mossoró renúncia ao recebimento da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM), a “Verba Indenizatória”, e cota mensal de combustível.

Quem abriu o “pelotão” ontem (veja AQUI) foi Raério Araújo (PRB); professor Francisco Carlos (PP), Gilberto Diógenes (PT) e Emílio Ferreira (PSD) também não querem.

- Eu me posicionei contrário ao retorno da verba indenizatória nas duas votações ocorridas em plenário e, por uma questão de coerência, responsabilidade e compromisso com ética e moralidade na coisa pública, abri mão tanto da verba quanto da cota de combustível”, afirmou Emílio Ferreira.

A presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB), presente em Natal para audiência pública sobre indústria salineira (veja AQUI), hoje, na Assembleia Legislativa, reiterou ser contra ambos benefícios. A propósito, há tempos.

Nos bastidores do Legislativo, é dado como certo que outros vereadores também abram das duas subvenções, diante da repulsa que os penduricalhos têm provocado na opinião pública.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 13/02/2019 - 16:30h
Decisão

Vereador abre mão de Verba de Gabinete e cota de combustível


Vereador oficializou decisão (Reprodução)

Em comunicado oficial passado à Presidência da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Raério Araújo (PRB), o “Raério Cabeção”, cientifica a presidente Izabel Montenegro (MDB) que abre mão de Verba de Gabinete e cota de gasolina.

Ele justifica, que a “decisão foi tomada em consenso com o nosso alinhamento político e pessoal”.

Raério é vereador de oposição e cumpre seu primeiro mandato.

A Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM), ou Verba de Gabinete, foi aprovada há pouco menos de um mês, com valor mensal de R$ 4,5 mil mas até o momento não foi paga.

O caso foi judicializado  (veja AQUI e AQUI).

Quando à cota de combustível, o seu valor é de R$ 2 mil/mês por vereador e já está efetivada para liberação.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

 

 

Categoria(s): Política
quinta-feira - 24/01/2019 - 11:11h
Mossoró

Prefeita apressa verba para vereadores e pressiona presidente


Bem ao estilo “vapt-vupt”, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) sancionou sem qualquer veto o projeto de lei 339/2018 que cria a denominada Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM) na Câmara Municipal de Mossoró. É uma nova versão da Verba de Gabinete ou Verba Indenizatória.

A matéria bastante polêmica causou grave crise interna no legislativo, com maioria dos vereadores emparedando a presidente Izabel Montenegro (MDB). Foi aprovada terça-feira (22) – veja AQUI - e menos de 24 horas depois, Rosalba avalizou o desejo da maioria dos parlamentares.

Simplificando: ela botou mais pressão sobre a vereadora “aliada”, que está praticamente ilhada na cadeira de presidente da CMM e insiste: não vai liberar o pagamento de R$ 4,5 mil/mês para cada vereador.

Aguarda pronunciamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 22/01/2019 - 21:34h
Vereadores

Verba de R$ 4,5 mil/mês é aprovada; presidente espera TCE


Do Blog Carol Ribeiro

O texto final do projeto que dispõe sobre a verba indenizatória na Câmara de Mossoró foi aprovado nesta terça-feira (22) com sete votos favoráveis. Votaram os vereadores Aline Couto (PHS), Alex Moacir (MDB), Alex do Frango (PMB), Rondinelli Carlos (PMN), Ozaniel Mesquita (PR), Maria das Malhas (PSD) e João Gentil (sem partido).

Mesmo com a aprovação, a presidente Izabel Montenegro (MDB) reafirmou ao Blog que só vai pagar a verba quando mérito da matéria for julgado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O projeto 339/2018 cria a denominada Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM) e teve seis abstenções: Emílio Ferreira (PSD), Petras Vinicius (DEM), Francisco Carlos (PP), Didi de Arnor (PRB), Tony Cabelos (PSD) e Ricardo de Dodoca (PROS).

O único vereador contrário foi Raério Araújo (PRB).

Izabel

Os vereadores Sandra Rosado (PSDB), Genilson Alves (PMN) e Zé Peixeiro (PTC) não estavam presentes na sessão extraordinária que foi convocada para hoje (22).

O projeto que fixa cota para o exercício da atividade parlamentar já havia sido votado, mas o texto final com 12 emendas precisava de aprovação. O valor da verba indenizatória foi fixado em R$ 4.500.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 15/01/2019 - 08:28h
Pacificação

Presidente tenta frear crise apelando à paz em poder


Experimentando um dos momentos mais conturbados de sua história, a Câmara Municipal de Mossoró virou uma praça de guerra. Presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB) – a vereadora reeleita para novo biênio (2019-2020) nesse cargo, quer ensarilhar armas. Conclama demais vereadores à pacificação. Pelo menos em palavras.

“Faço um apelo para que questiúnculas internas e pessoais não interfiram nessa grande missão que o povo mossoroense nos delegou de representá-lo na Câmara; que o espírito público prevaleça e nos voltemos às grandes causas de Mossoró. Fomos eleitos para isso”, diz.

“Estamos iniciando um ano não eleitoral, tempo de mais trabalho e menos política. Poderíamos nós, os 21 vereadores, produzirmos pauta das demandas prioritárias de Mossoró e apresentá-la ao Governo do Estado, à futura bancada federal, à União. Defender nosso município”, propõe.

Nota do Blog – Falta inteligência emocional, falta bom senso, falta um pouquinho de racionalidade. Alguma voz influente precisa intervir, pondo fim a esse gládio.

O gesto da presidente é importante, mas precisa sair do discurso à prática. Da mesma forma, que quem digladia do outro lado, em oposição à ela e à sua presidência, após tê-la apoiado para essa ascensão.

De lado a lado falta equilíbrio, sem juízo de valor quanto a quem esteja certo ou supostamente errado.

Leia também: Vereadores brigam; presidente tem crise de choro;

Leia também: Presidente enxuga mais ainda cargos de vereadores;

Leia também: Posse, troca de bofetes, choro e exonerações.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 14/01/2019 - 21:10h
Câmara Municipal

Posse, troca de bofetes, choro e exonerações


Para uma segunda-feira (14) de chuva, veraneio e recesso parlamentar, não se pode dizer que a Câmara Municipal de Mossoró esteja anêmica, paralisada ou sem atividade.

Reunião teve cenas de pugilato (Foto: Edilberto Barros)

Só hoje tivemos posse de parte dos integrantes da nova mesa diretora (veja AQUI), troca de bofetes entre dois vereadores (veja AQUI), crise de choro da presidente Izabel Montenegro (MDB) e mais exonerações de pessoas indicadas por parlamentares em litígio com ela (veja AQUI).

Por enquanto, é só.

Por enquanto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política / Só Pra Contrariar
segunda-feira - 14/01/2019 - 16:26h
Mossoró

Presidente “enxuga” mais ainda cargos de vereadores


A semana começa como terminou a anterior, na Câmara Municipal de Mossoró: com mais exonerações de pessoas com cargos de confiança.

Nesta segunda-feira (14), mais duas exonerações foram publicadas no Diário Oficial da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM/RN).

Os atingidos indiretamente foram os vereadores Alex do Frango (PMB) e Genilson Alves (PMN), que tinham indicado os exonerados.

Na quinta-feira (10), outros dois comissionados tinham sido excluídos da folha de pessoal – veja AQUI. Eram ligados ao vereador Zé Peixeiro(MDB).

Esse ‘enxugamento’ não é uma decisão meramente administrativa, mas reflexo do conflito político-pessoal entre a presidente Izabel Montenegro (MDB) e cerca de 11 vereadores (das bancadas da oposição e governismo).

Nesta segunda-feira, em posse de integrantes da nova mesa diretora da Casa, também presidida por Izabel, ocorreram novos e desagradáveis incidentes, como troca de agressões físicas entre os vereadores Raério Araújo (PRB) e Alex do Frango – veja AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.