domingo - 07/10/2018 - 22:40h
RN

Veja quem se elegeu à Câmara Federal neste domingo


Do G1RN

Os eleitores do Rio Grande do Norte definiram, neste domingo (7), os oito representantes do estado na Câmara dos Deputados. O PT foi o único partido a eleger dois deputados. Na eleição, apenas três deputados que cumprem mandato foram reeleitos: Rafael Motta (PSB), Walter Alves (MDB) e Fábio Faria (PSD).

Foram apurados 1.966.450 votos. Destes, 1.609.833 foram votos válidos.

A Câmara Federal recebe cinco novos deputados potiguares: Benes Leocádio (PTC), Natália Bonavides (PT), Mineiro (PT), General Girão (PSL) e João Maia (PR).

O deputado federal mais votado foi Benes Leocádio (PTC), com 125.841 votos (7,82% dos votos válidos).

Rogério Marinho (PSDB) e Beto Rosado (Progressistas) não se reelegeram.

Dos oito deputados federais eleitos em 2014, três não tentaram a reeleição: Zenaide Maia (PHS) e Jácome (Podemos) se candidataram ao senado; e Felipe Maia (DEM) não se candidatou este ano.

  • Benes Leocádio (PTC) - 125.841 (7,82%) – Eleito
  • Natália Bonavides (PT) - 112.998 (7.02%) – Eleito
  • Mineiro (PT) - 98.070 (6,09%) – Eleito
  • João Maia (PR) – 93.505 (5,81%) – Eleito
  • Rafael Motta (PSB) – 82.791 (5,14%) – Reeleito
  • General Eliéser Girão (PSL) - 81.640 (5.07%) – Eleito
  • Walter Alves (MDB) - 79.333 (4,93%) – Reeleito
  • Fábio Faria (PSD) - 70.350 (4,37%) – Reeleito

- 1.609.833 votos válidos (81,86%);
- 109.541 brancos (5,57%);
- 247.076 votos nulos (12,56%);
- 406.098 abstenções (17,12%);
* Quociente eleitoral ficou em 201.229

Ficaram como suplentes: Carla Dickson (PROS) e Rogério Marinho (PSDB), pela “Coligação Trabalho e Superação I”; Caramuru Paiva (PT) e Garibalde Leite (PHS), da coligação “Do Lado Certo”; Beto Rosado (Progressistas), pela coligação “100% RN”, e Lawrence Amorim (SD), pela coligação “Renova RN I”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Elves Alves diz:

    Ah, esses magníficos suplentes mossoroenses: pela coligação “100% RN”, Beto Rosado (1º) e José Agripino (2º).
    Apesar da derrota de Beto Rosado, seu sobrinho-afim, a prefeita Rosalba Ciarlini deve estar comemorando efusivamente a ‘ascensão’ do senador José Agripino à condição de segundo suplente de deputado federal.

  2. João Paulo diz:

    Benes Leocádio, fazendo um ótimo trabalho. Natália e Mineiro, com fortes votações, saindo do nicho petista do estado, e fazendo com o que o partido de forma inédita conquiste duas cadeiras para à Câmara Federal, surpreendendo, porque esperava-se que somente um dois dois fossem eleitos, não os dois simultaneamente. Rafael Motta, conseguindo se safar e conquistando reeleição. Girão, alavancado por Bolsonaro, conquistou mandato. Walter Alves chegando lá de maneira suada, lembrando Henrique Alves na eleição de 2002. E o ‘paulista’ Fábio, ainda conseguiu sobreviver, cara de sorte, quem sabe o deputado não aproveita dessa vez e muda de vez para São Paulo, seu estado do coração.
    Registros: derrota fragorosa de Marinho, que nos últimos anos se vestiu como reaça de força maior, mas que como nos outros estados, não levou os votos dos bolsonaristas, que optaram por escolher um outsider, Girão. Agripino, que tentou ir para à Câmara, achando que se manteria na vida político-partidária, assim como tantas outras lideranças tradicionais em todo o Brasil, teve uma derrota de enorme relevância.

  3. Elves Alves diz:

    Da série “Ausências que preenchem uma lacuna”: Felipe Maia… Rogério Marinho… Antonio Jácome… Beto Rosado… Que é isso, gente? O que deu no eleitor potiguar que está tão violento?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.