quarta-feira - 27/04/2011 - 10:20h

Webleitor aponta sugestões para o trânsito de Mossoró


Prezado jornalista Carlos Santos,

Creio que é chegado o momento de falarmos sobre o caótico trânsito na Rua Dr. João Marcelino (Rua do SESC, Colégios Abel Coelho e Lavoisier Maia, Senac…)  em Mossoró, e esperarmos que as autoridades competentes resolvam ou pelos menos tentem amenizar os problemas lá existentes.

Poderíamos sugerir aos entes públicos algumas opções, digamos já existentes, porém pouquíssimas vezes utilizadas pela população em virtude de sua pavimentação e sinalização serem extremamente deficitárias.

Então vamos às sugestões:

A) Tornar a Rua Dr. João Marcelino em uma mão única;
B) Asfaltar e sinalizar a Rua Raimundo Leão de Moura, também conhecida como Rua Eduardo Mendes, aquela por trás do Colégio Elizeu Viana, indo até a BR 304, tornando-a, se possível, em uma mão única;
C) Asfaltar e sinalizar a Rua Amaro Duarte, que começa ao lado do cemitério do Centro tendo seu término também na BR 304, servindo assim como um meio de desafogamento das vias que ligam o Centro à região da Nova Betânia, universidade, shopping, supermercados, armazéns de sal, motéis entre outros.

Por fim, Gostaria que realmente fosse tomada alguma providência, pois está tornando-se freqüente presenciar acidentes graves na Rua Joao Marcelino, dos quais muitos poderiam ter sido evitados.

Obrigado pela leitura e espaço,

Leomberg Maia Lopes – Webleitor

Categoria(s): Blog

Comentários

  1. Ramalho diz:

    Endosso as sugestões do webleitor Leomberg. É só a prefeitura querer.

  2. WILLIAM PEREIRA DA SILVA diz:

    Vamos sonhando com muita paciência que os bisnetos de Rosalba e Fafá talvez te ouçam. Mostrar poder em Mossoró é não acatar a razão, a lógica e sim não fazer o óbvio, fazer o contra para quem é contrar mesmo que isso custe centenas de vida e se mostre totalmente incompetente, a razão e o poder pelo poder e nada mais. Mossoró é uma cidade paradoxal.

  3. Márcia Célia diz:

    Adorei suas sugestões Leomberg. Apesar do grande arquiteto do Brasil Osacar Niemayer adorar curvas, para o trânsito, as retas funcionam bem melhor.
    Se eu pudesse, seria proibido conversão à esquerda, a não ser quando sinalizadas em três tempos, ou então longe do centro, em ruas pouco movimentadas

  4. Marcellus Luiz diz:

    Gostei muito dessas idéias Leon…a nossa cidade “inchada” como ela só, tá com um transito terrivel. E ainda tem os irresponsáveis que querem andar em alta velocidade, os psicopatas do celular colado no ouvido e por ai vai..
    Politicos adotem a idéia de Leon!!!

  5. Luiz Carlos diz:

    Caro Carlos Santos, O vereador Genivan Vale preocupado o trânsito de nossa cidade apresentou indicação nº 532/2011, na sessão da Câmara Municipal no dia 22/03/2011, solicitando a pavimentação asfaltica da Rua Raimundo Rua de Oliveira, trecho da avenida Diocesana até a BR 304, Rua esta que fica por traz do SESC, justamente para desafogar o transito da Rua Dr.João Marcelino, como da João da Escocia. No entanto não sei se estamos falando da mesma rua citada por Leomberg, mas mesmo assim parabéns pela sugestão isto mostra que tem alguem preocupado com nossa cidade. “e não é o poder publico” infelizmente

  6. MARCOS PINTO - Da AAPOL, ICOP, IHGRN e do IANTT. diz:

    É por estas e tantas outra incursões de opinião do amigo e ex-aluno LEOMBERG MAIA LOPES que ufano o peito e digo em alto e bom tom que tenho a honra em ter sido seu professor, e como reflexo vejo que as sementes que plantei estão produzindo frutos,posto que ele forneceu, gratuitamente, uma forma para resolução do intenso tráfego que maltrata os que trafegam pelas ruas citadas em sua científica opinião. Com essa exposição técnica de como resolver o problema do intenso fluxo do trânsito, LEOMBERG deixou explícito que é um profissional polivalente. PARABÉNS!.

  7. Antônio Carlos Lima Martins diz:

    Providencial e bastante oportuna as proposições de Leomberg. Quero parabenizá-lo pela preocupação. Realmente o trânsito em nossa urbe encontra-se caótico e, a tendência, é de piorar.

  8. MARCOS PINTO - Da AAPOL, ICOP, IHGRN e do IANTT. diz:

    A sugestão do amigo e ex-aluno LEOMBERG reveste-se de tanta praticidade, que há cerca de 06 anos que adotei a rua Amaro Duarte como retorno da Avenida Antonio Vieira de Sá, posto que todos os dias vou deixar uma irmã no hospital Tarcísio Maia, e faço opção em retornar pela Rua Amaro Duarte, o que faço sem nenhum contratempo e congestionamentos. Pergunta que não quer calar: Onde estão os engenheiros de trânsitos muito bem pagos pela prefeitura de Mossoró?.

  9. antonio pedro da costa diz:

    Ótimas sugestões. Alguma coisa tem de ser feito com urgência para melhorar o caos que é o tráfego por essa cidade. Acho que o que tinha de ser dito já foi dito, agora é hora de agir. O poder público. A propósito, os amarelinhos são pagos para ficarem escondidos em uma esquina qualquer e aplicar multa nos condutores faltosos. Educação e organização do trânsito, não lhes interessam. Não sei se agem assim por ordens superiores.

  10. Jusiel Albuquerque diz:

    Com a palavra o Sr. Valter Pedro e o engenheiro paraguaio (ou será chileno?) que são responsáveis pela melhora (ainda na obscuridade) do trânsito em nossa cidade

  11. Halan Vieira diz:

    Sabe o que é mais interessante, o cidadão comum que nunca estudou sobre trânsito tem idéias e sabe organizar melhor do que as pessoas que são pagas e se dizem ‘entendidas’.

    Tá na hora de algumas ruas de Mossoró virarem ‘mão única’ melhorando assim o tráfego. Há décadas que várias cidades fazem assim. Falta também sinalização, principalmente a horizontal! Aliado a isso, uma campanha educativa; educação nunca é demais.

  12. Francinaldo Rafael diz:

    Excelentes sugestões. Pena que dificilmente colocarão em prática. Já viram que ninguem pensa em duplicar a ponte velha do centro que não dá conta do tráfego, nem as pontes da Dutra? Se agissem como metrópole…

  13. Pedro Vitor diz:

    O senhor Walter Pedro não é mais o Gerente de Trânsito, o mesmo pediu exoneração a alguns meses e retornou para capital do estado, se não estou enganado o boliviano que é engenheito tornou o gerente. Agora não entendo como cobram organização do trânsito, se os próprios condutores não contribuem para isso, outra o agente de trânsito é um funcionário pago para fiscalizar o trânsito, e não ser professor de auto-escola. O que se deve fazer para um condutor que pára/para/estaciona (Verbo Parar/Estacionar) em fila dupla? Falar para o condutor: “Olha retire seu veículo vc está errado, não vou te multar, vou te educar tá”? (Por certo o condutor não tem noção nenhuma de normas de circulação e conduta no trânsito, legislação, enfim Código de Trânsito Brasileiro) passa agora o agente de trânsito a não ser mais agente, mas sim professor de auto-escola, e no dia seguinte o cidãdão infrator repetirá novamente a mesma infração, ele vai dizer que não sabia (Coitado dele é “primeira vez” que comete esse tipo de infração, não seu guarda não me multe, me eduque) e nunca aprenderá. Lógico terá situações e situações a serem analisadas, casos e casos. Não pode o Agente de Trânsito ser um super-homem, achar que ele vai solucionar tudo de uma vez só, acredito eu que eles fazem o que é possível, só não tem como eles retirarem os veículos na cabeça, evitar congestionamentos nas ruas por excesso de veículos em ruas estreitas e com baixa fluidez no trânsito como é o caso de algumas ruas de Mossoró. O trânsito tem uma dinâmica enorme, na minha visão de condutor as sugestões lá para as autoridades são sempre bem vindas, mas sempre terão de serem analisadas acredito eu, o certo para alguns, pode ser totalmente errado para outros, e na prática, ao invés de solucionar causará mais e mais transtornos.Asfaltar essas ruas apenas não irá resolver, cada rua paralela a João Marcelino, irá cruzar-se com a Avenida Diocesa, e com a Rua Antônio Vieira de Sá, sendo essas ruas asfaltadas até a BR aumentará o número de cruzamentos na avenida diocesana, ou seja terá de se implantar mais semafóro, e ao invés de dar fluidez ao trânsito irá causar engarrafamentos e lentidão devido ao aumento de semáforo em cruzamentos de uma mesma avenida, É a dinâmica do trânsito, soluciona um problema aqui, talvez cause outro, outros, então o que fazer? Ficar com o transtorno menor seria o ideal! Esse o trânsito mossoroense, esse é o trânsito no Brasil.

  14. Damião Tenório diz:

    Meu nobre amigo, além de acatar as sugestões mencionadas nesta condição de ajudar-nos ao caótico trânsito da cidade sugiro modestamente que todas as ruas que se intercalam ao Centro Comercial da cidade sejam revitalizadas, asfaltadas, sinalizadas do seu início ao fim, arborizadas e tomadas como mão e contra-mão e jamais mão dupla com oacontece com a Av Alberto Maranhão a qual já possui uma artéria de saída que á Av Rio Branco salvo a memória, possuidora da mesma intensidade demográfica pois nasce no bairro Belo Horizonte e finda na Av Rio Branco a qual tanto possui mão como contra mão. Aqui deixo minha sugestão

Deixe uma resposta para antonio pedro da costa Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.