segunda-feira - 08/07/2019 - 08:30h
A "Rosa" e a coroa de espinhos

Mário Rosado passa a limpo bastidores da política

Ex-deputado descreve racha político e ingratidão da atual prefeita Rosalba Ciarlini-Carlos Augusto

Filho do ex-prefeito Dix-huit Rosado (falecido em 22 de outubro de 1996), o empresário e ex-deputado federal Mário Rosado tem postado pequenas crônicas em seu endereço na rede social Facebook (veja AQUI). São escritos sobre relação com o pai e política, por exemplo, em tom de memória e linguagem coloquial.

Veja abaixo uma das postagens, em que ele descreve racha político e ingratidão da atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e Carlos Augusto Rosado, seu primo, em relação a Dix-huit:

Mário Rosado escreve memórias que podem ser ferinas (ou felinas) numa linguagem coloquial (Foto: reprodução)

Passando a Limpo - Capítulo avulso

A “Rosa” e a coroa de espinhos

Mossoró 1988. Fim do mandato de Dix-huit, Laíre Rosado candidato a Prefeito, “Xuxa” cantando sem parar em disco. Laíre quase eleito disse que não precisava do voto do tio Dix-huit para ganhar a eleição. O “Velho” ficou sentido de partir o coração e enquanto Geraldo Melo (governador) procurava que eu ajudasse, Laíre endurecia.

Dix-huit dizia que quem não precisa do meu voto, não precisa do voto do meu povo e que parta sem mim no seu Palanque festivo e muito bonito.

Carlos Augusto astuto e sabido pegou Lavoisier Maia (senador à época, ex-governador) pelo braço, juntou com José Agripino (senador também e ex-governador) e foi a São Paulo para pedir meu apoio. Carlos dizia que não concordava com o isolamento de meu pai, a quem chamava de “tio querido”.

Foram embora.

Carlos foi a Mossoró pegou Rosalba e foi à minha casa em São Paulo, pedindo – como diziam humildemente – para que salvasse Mossoró de Sandra Rosado (nossa prima), que me odiava e a Dix-huit, no que eu disse não acreditar.

Luiz Pinto, Rosalba Ciarlini, Dix-huit, Mário e o ex-governador Tarcísio Maia: anúncio de apoio em 1988 à “Rosa” (Foto: reprodução do Gazeta do Oeste)

A campanha ia longe. Canindé Queiroz (jornalista fundador do Gazeta do Oeste) dizia que Dix-Huit lia o livro “O nome da Rosa”. O deputado federal Vingt Rosado radicalizou e aconteceu o rompimento.

Dix-huit acreditou em Rosalba, que em frase decorada dizia: “Quero ser médica de corpo e da alma dos mossoroenses” (lindo e falso). Fui a Mossoró 16 vezes para ajudar Rosalba na sua campanha e no seu aniversário foi o divisor de águas que passou Laire.

A “Rosa” mostrava o esplendor e Carlos fazia a coroa de espinhos que Dix-huit pensava não ser para ele. Eleita, festa, comemorações, posse da Prefeita.

Na semana seguinte, Dix-huit foi à Prefeitura e pediram que ele marcasse audiência, pois o regulamento era para ele também.

Dix-huit não voltou logo. Esperou 4 anos, derrotou Rosalba e apresentou ao povo o Relatório Marpe, que sintetiza a administração de Rosalba, devolvendo a coroa de espinhos que guardara por aqueles anos.

O terno da posse de Luiz Pinto (então vice-prefeito de Rosalba, derrotado por Dix-huit em 1992) foi entregue para Silvio Mendes (ex-vice-prefeito de Dix-huit entre 1983 e 1988) dar para os pobres, pois ele perdera a utilidade.

Nota do Blog - “Passando a limpo” foi o título de um programa de rádio que Mário fez durante período conturbado da relação dele com os primos Laíre, Sandra e Carlos Augusto, usando microfones da extinta Rádio Tapuyo de Mossoró (hoje, RPC). Foi um dos maiores sucessos de todos os tempos da radiofonia mossoroense. Relatório Marpe foi uma auditoria contratada pelo prefeito Dix-huit, que perscrutou a primeira gestão de Rosalba (1989-1992), apontando documentalmente uma série de denúncias.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Francisco Canindé da Silva diz:

    E nesta última administração de Dix-Huit, foi o maior desastre já visto nesta terra. O lixo voltou a ser transportado de carroça, servidor público com salários há mais de seis meses atrasado, sem contar Mário, causando terror e perseguição aos servidore.servidores. Eu não acredito que neste universo(Mossoró) tenha alguém com saudade da última administração do velho Dix-Huit, todos sabem quem mandava era Mário meu filho. Estou à disposição para +++ esclarecimento, vivi este tempo infeliz.

  2. Q1Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Respeito a opinião de todos, mas afirmo, com convicção, que o sectarismo político, qualquer que seja, não apagará a história do melhor político do RN de todos os tempos.

  3. David Junior diz:

    Melhor prefeito de todos os tempos, o velho alcaide!

  4. Mario Rosado diz:

    As carroças com jumentos eram ao todo 21 aprendi a lidar com os jumentos,ainda não achei um mais linguarudo para falar de Dix-huit Rosado.
    A câmara municipal se apossou do dinheiro da Prefeitura,sinto o mau cheiro de um pau mandado por um primo traiçoeiro ,que fura sinal fechado mesmo com a luz vermelha,jamais briguei com primo querido,somente com inquiridos que metem no bolso o dinheiro e ê arruaceiro .
    Se meu cálculo for errado tem outro primo inquirido ,que usa tornozeleira e tenho que tomar cuidado não quero fazer juízo errado
    Se tiver falado sem ninguém ter mandado ,dobre logo sua língua suja enfie aonde quiser

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.