quinta-feira - 21/01/2021 - 23:20h
Política

Escritores apresentam livro sobre história do Legislativo Mossoroense

Eriberto, Edilson e Lawrence: história (Foto: Edilberto Barros)

Eriberto, Edilson e Lawrence: história (Foto: Edilberto Barros)

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Lawrence Amorim (SD), recebeu escritores da Coleção Mossoroense, selo editorial da Fundação Vingt-un Rosado, na manhã desta quinta-feira, 21. Na ocasião, Eriberto Monteiro e Edilson Segundo apresentaram a obra “Memorial da Câmara Municipal de Mossoró”, um apanhado da história do Poder Legislativo Mossoroense, desde o ano da emancipação da cidade, em 1853, até o ano de 2020.

O livro demorou cerca de oito meses para ser finalizado. Os autores são Raimundo Soares de Brito (in memoriam), Edilson Segundo e Eriberto Monteiro. Também fazem parte da equipe de criação Marcos Oliveira, responsável pela revisão, e  Augusto Paiva, que diagramou a obra.

 O principal acervo de pesquisa utilizado foi o arquivo morto da própria Câmara Municipal. A publicação também contou com a parceria da Fundação Aldenor Nogueira.

Lançamento

A obra deve ser lançada em março, durante uma solenidade realizada pela Câmara Municipal.

“O registro da história do Poder Legislativo de Mossoró é de suma importância e deve ser preservado para que não se perca com o tempo. Vamos realizar uma solenidade em reconhecimento ao importante trabalho cultural e social desenvolvido pela Fundação Vingt-un Rosado e pela Coleção Mossoroense”, afirmou Lawrence.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Cultura / Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    O livro registra os nomes de funcionários nomeados sem concurso com salários acima de 20 mil reais e as funções por eles exercidas?
    O livro cita os nomes dos vereadores condenados por prática de corrupção?
    O livro será editado com recursos públicos oe é uma produção independente?

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Falta fita e agulha para exame de glicemia.
    A velha furada no dedo.
    Que mudança é esta?
    A MESMICE CONTINUA.
    Antes que alguém diga que a denúncia é infundada, favor verificar.

  3. Vladenilson Alves Duarte diz:

    Hummm livro desse se os fatos fossem realmente relatados seria muito cabeludo para um Escritor e historiador fazê-lo sozinho. E com certeza teria efeito de uma booomba. Porém! Nada mais deve ter se não uns lava-pés e outros lavam as mãos!

    • Lauro diz:

      O mais do mesmo. Sinceramente, se eu fosse um escritor voltaria meus olhos para coisas mais importantes, do que uma casa legislativa dessas, que a cada ano só nos faz é muita vergonha. Aliás, aí tem muito salário jogado fora. Chega a ser ridículo imaginar que esses camaradas ganham bastante dinheiro e muitos deles sequer pisam nas sessões direito. Vão e saem. Esse formato é péssimo socialmente e oneroso. Casa legislativa dessas é puro ônus!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.