sexta-feira - 31/07/2009 - 10:58h

A “janela” que não se abre


Quem sonha numa "pulada de cerca" consentida, oficial, tudo dentro da lei, de papel passado, é bom tirar o cavalinho da chuva. Não deve sair para este ano.

A "janela" da salvação para uns, da perfídia para outros, ou simplesmente a brecha para se candidatar por outro partido sem ser cassado (sendo detentor de mandato), não deverá vingar. Não há consenso favorável.

O temor é que ocorra uma revoada de insatisfeitos, pinotando por aí, de um partido para outro.

No RN, por exemplo, seria a garantia de postulação para a senadora Rosalba Ciarlini (DEM), que não dependeria do DEM  para ser candidata ao governo.

O jeito é abrir caminho no afago ou na cotovelada.

Faz-me lembrar um conceito de "diplomacia" do presidente Theodore Roosevelt (EUA), no início do século passado:

- Se é para conversar, converse baixinho, mas com um porrete à mão. 

Categoria(s): Blog

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.