segunda-feira - 01/10/2012 - 16:00h
História política

A razão dos políticos e a estupidez dos súditos “cegos”

Testemunhando o vigor “cívico” com que muitas pessoas brigam na atual campanha, desfazendo amizades e produzindo novas animosidades, fico a dar boas gargalhadas.

Se todos parassem para estudar um pouco história política (e sociologia política), entenderiam que é bastante possível e razoável que em pouco tempo as duas bandas do clã Rosado estejam unidas num mesmo palanque.

Anote aí, por favor.

Lá embaixo vai ficar um elenco numeroso de babaquaras, outra vez aplaudindo seus chefes políticos. Todos juntos, misturados, com aquela sincera hipocrisia de sempre.

No ostracismo devem ficar justamente os mais exaltados, os que queriam ser valorizados pelo nível de agressividade que imprimiam contra os adversários.

"O Jornal de Hoje" documentou declaração de Rosalba em favor de Wilma em 2003

Só para lembrar: em 2000, a enfermeira e hoje prefeita de direito “Fafá” Rosado era agredida por rosalbistas e vice-versa.

Em 2004, era eleita prefeita no palanque da própria Rosalba.

Em 2002, Rosalba apoiou o senador Fernando Bezerra (PTB) contra Wilma de Faria (PSB) ao Governo do Estado. Perdeu no primeiro turno e passou a apoiar Wilma no segundo.

Com dez meses de governo (outubro de 2003), Wilma chegou a ser classificada pela própria Rosalba como mais competente do que o então senador Garibaldi Filho (PMDB) fora em quase oito anos de governador.

Wilma fez durante 10 meses o que Garibaldi não conseguiu em 8 anos – destacou manchete de O Jornal de Hoje do Natal, com foto de Rosalba, sorridente, ao lado da governadora.

Adiante, em 2006, o próprio Garibaldi Filho que tinha sido reprovado por Rosalba num passado próximo, ganhou status de “competente”.  Wilma, de incompetente.

Em 2014, não duvide, Rosalba poderá ser vista como despreparada por Garibaldi e ela voltar a falar mal dele.

Bem, vamos parar por aqui. Os casos são praticamente infindáveis, de todos os lados, em todos os tempos, para todos os gostos e estômagos.

Pena que com tantos exemplos, muitos continuem caindo na armadilha da intolerância, em nome de ídolos que em sua maioria têm fundo falso e pés de barro.

Vocês brigam, eles se divertem.

Vocês arranjam inimizades, eles arrumam a própria vida e a de seus familiares.

Vocês são tolos úteis; eles manipuladores conscientes.

Até aqui eles estão com a razão. Vocês com a estupidez.

Categoria(s): Eleições 2012 / Opinião da Coluna do Herzog

Comentários

  1. jose de anchieta queiroz diz:

    grande verdade caro!belo texto!mais é pra quem tem respeito por si proprio! o resto nada entendem!é biblíco perdoem eles não sabem o que falam o dizem!Lastimável!

  2. Ìtalo Martins diz:

    Sem dúvida , concordo com esse texto. e acrescentaria: Sandra Chamou Robison de aproveitador, estão juntos. Aluisio Alves o maior inimigo de Vingt Rosado ( pouco estavam juntos). sandra era aliada de Henrique. Sandra foi adversária de Dix-huit Rosado, depois se juntaram . Laire Rosado brigou com todos os politicos. Os seus adversários(todos) o condenaram no rumoroso caso das ambulancias.(Sanguessugas). E ai vai. Pra mim nenhuma surpresa. Lula inimigo de Maluf, hoje estão unidos em São Paulo. È a politica. Quanto a pesquisa, ja era esperado. Rosalba com 3 mandatos na prefeitura de Mossoró todos apoiados pelo povo daqui. José Agripino governador tb recebeu o aval até hoje dos seus contarraneos de Mossoró. A maioria pró CLAUDIA REGINA 25, não só vai mais de 10 mil votos, por que demoraram a escolher, mesmo assim, pela grande acdministração de fafá rosado, vai chegar bem pertinho. Anotem isso que estou escrevendo agora.

    • Tomé diz:

      Caro Ítalo, as alianças, num mundo que vai “…além da esquerda e da direita…” para usar uma expressão de um estudioso inglês não chega a ser um “nonsense”. É o realpolitik, de bases maquiavélicas, bastante usado na Alemanha, no secúlo XIX pelo chanceler Bismarck, e, aqui no Brasil, muito bem usado por Fernando Henrique Cardoso. Nestas plagas tropicais, o pragmatismo político, no final do século passado, coincidiu com o ideário neoliberal, à época fazendo muito sucesso ao sul do equador. Esse modelo, obviamente, levou o príncipe dos sociólogos a sofrer forte revés nas eleições de 2002. Lembre-se que FHC se ligou, ao propósito das eleições, às estruturas de poder mais conservadoras do Brasil, como foi o caso da aliança do PSDB e PFL, hoje DEMOcratas. Na nossa região, com estruturas políticas tão conservadoras, não se pode esperar, absolutamente, qualquer aliança por crença, mas se dá por conveniência político e eleitoral, sem dúvidas. Quem quiser sobreviver nesse mundo político, provavelmente, na atual conjuntura, terá que fazer alianças e arranjos dos mais diversos e estranhos. Quem precisa exigir novos políticos somos nós. Enquanto legitimarmos seu poder fazendo festa em torno deles e em contenda com outras pessoas pela manutenção das velhas personagens políticas, eles não farão algo maior por todos nós. Dizer que fizeram muita coisa, A ou B, é um tanto exagerado, pois nosso Estado, apesar de potencialmente rico, tem um elevado grau de desigualdade social, pouquíssimo industrializado (ai de nós se não fosse a dádiva divina do outro preto que jorra em nossas terras e traz a PETROBRÁS com pujança econômica). Com relação à ideia de que há vitoriosos (“José Agripino recebeu o aval até hoje dos seus conterrâneos de Mossoró)…concordo, mas a vitória de um pode ser a derrota por décadas da maioria. O nosso voto vale muito e também pouco. Obviamente, depende do significado que damos a ele. Dinheiro ou cargos, é passageiro. Lembrando que há um sentido de modernização da vida institucional brasileira, isto é, pouco a pouco, se o Estado se moderniza, sinecuras, comissões, nepotismo cruzado, gratificações, em troca de apoio tendem a se reduzir. Portanto, o grande valor que damos ao voto é quando exigimos em troca, governantes e legisladores comprometidos com a democracia e cidadania. Se isso é possível? É sim. São raros os políticos que têm esse compromisso, mas existem, basta atentarmos, de forma crítica, para a história de cada um candidato, seja a prefeito ou a vereador.

      Abraços,

      Tom[e

  3. Thiago diz:

    Eu não entendo como vc pede para as pessoas terem calma e posteriormente publica uma notícia dessa. E como sempre denegrindo a situação!

  4. Sebastião Almeida de Medeiros diz:

    Parabéns, Carlos Santos. Você sempre vem com textos assim: Bem feitos e instrutivos. Tudo isso que você coloca neste seu texto, é a mais pura verdade. Nem precisava o jornal.

  5. Marcelo Salazar diz:

    Caro Carlos Santos, na politica uns precisam dos outros, digo políticos precisam de outros políticos, mas não era para ser assim, o politico precisaria ter ao seu lado duas coisas; 1º Trabalho comprovado e não blá-blá-blá; 2º em segundo plano precisaria ter o povo ao seu lado, mas não por paixões, mas pela cabeça consciente por ter o candidato cumprido propostas feitas em campanha, ou ter se empenhado ao máximo para cumpri-las. Se o candidato fosse uma opção nova, deveria ter o povo ao seu lado por apresentar propostas que melhorassem a vida em de todos.
    Tenho muito medo do nosso futuro, do futuro que daremos a nossos filhos. Os políticos que estão no poder são os mesmos há anos e seus filhos vão tomar os seus lugares. A educação é precária, se formos contar no cronometro veremos que nossas crianças não tem duas horas de aula, não aprendem coisas básicas, como transito, honestidade, vestir as cores da bandeira, ajudar ao próximo por ser bom para todos, aprendem somente as matérias básicas, como português, matemática e muito mal, estes dias peguei algumas provas que minha esposa estava corrigindo, fiquei abismado com tantos erros de português. Outra coisa que me deixa triste é a forma que fazemos a politica, sei que é em todos os lugares, mas como vejo aqui tenho que relatar o que vejo em nossa cidade. Como gostaria de ficar indeciso na campanha tendo que analisar milimétricamente em quem é o melhor por ver carreatas passando com candidatos falando no microfone sobre resolver os buracos da rua, ou colocar médicos nos postos ou até mesmo dar esperança para muitos que não tem, mas tenho raiva de algo que deveria aplaudir, vejo as carreatas passarem e tem pessoas bêbadas, camionetes com caixa cheias de cervejas, pessoas dançando como animais, partidários colocando lixos nas ruas, panfletos nos muros das casas e arrancado adesivos de opositores. Não sou contra a festas, quem não gosto de se divertir, mas festa é festa, politica é futuro, são vidas em jogo. Sempre fui contra a poderes, eles amaciam as cadeiras e facilitam os caminhos para que pessoas boas com o tempo façam o que você colocou neste artigo, mudem de opiniões, mudem de lado, mudem tudo, menos a vida da pessoas. Ela faz com que pessoas ruins que estão como governantes só pensem em ajudar a si mesmos e seus comparsas. Tudo vai passar depois do dia 7, mas como vai ficar a nossa cidade, os problemas serão resolvidos, vidas serão salvas, pessoas serão tiradas das drogas e da morte, crianças terão seus destinos mudados para melhor? Desculpa o desabafo, só estou cansado desta campanha, não quero mais fazer parte dela, ela tem me deixado muito triste!

  6. Andréia Gomes diz:

    parabéns,pelo sua matéria……vc tem toda razão.

  7. roberto felixr diz:

    ELA TA COM RAZÃO NÃO TA METINDO GARIBALDO ENTREGO O ESTADO ARUMADO JÁ DONA VILMA JUNTO COM SUA TURMA QUER TODOS SABIM QUEM SÃO EMTREGOL O RN FALIDO MAIS A ROSA E GARIBALDO VAI ARRUMA O RN

  8. Nilson Gurgel diz:

    Caro Carlos;

    Você tem toda razão, mas Infelizmente apenas raríssimas e iluminadas pessoas conseguem enxergar e processar estas informações. A miopia generalizada do nosso povo, como diz você, é esférica.

    Um abraço,

    Nilson

  9. Tomé diz:

    Bom texto, Carlos. O mundo da política é realmente instável e impuro. Há muitos aspectos da política, desde uma acepção mais próxima dos que os seus inventores, gregos e romanos, deram-lhe num sentido de dignidade aos que se comprometem com os negócios públicos e do Estado, até essa imbricação bem brasileira de pragmatismo (realpolitik) e indecência (corrupção). No entanto, numa sociedade em que os índices de leitura e de instrução são os piores do mundo, infelizmente, não podemos esperar uma consciência crítica da população acerca da política. O resultado é o que vemos: mudanças sem mudanças, negociatas, corrupção, índices de saúde, educação e segurança pública entre os piores do planeta. Essa cultura leva a um imediatismo; quando alguém vende o seu voto (não só pecuniário, mas sinecurados) está perdendo oportunidade de fazer-se efetivamente cidadão. Prefere uma relação mais próxima de servo ao senhor do que governante ao cidadão. E isso é um círculo vicioso, já que educação ruim alimenta e perpetua poderes e domínios e o inverso é verdadeiro. Enquanto vivermos numa democracia mais formal do que real, pouco nos tornaremos civilizados e longe estaremos de países avançados, que tanto fascínio exerce sobre nós, mas tão difícil somos de parecer com eles (no que se refere ao que têm de bom – democracia e educação). Continue assim, um bom jornalista, com textos agradáveis de ler, denunciando os males que atormentam a nossa cidade.

    Abraços de seu leitor,

    Tomé

  10. Rui Nascimento diz:

    É por isso que eles são os políticos. O resto são apenas os “súditos”.

  11. vinicius parentes diz:

    Tava olhando o Blog de Julierme torres o Cabo-eleitoral da vereadora e pude perceber que não tinha um comentário siquer.! 1 sinal da pouca credibilidade que poucos Dublê de jornalista tem na terra d Santa Luzia.

  12. vinicius parentes diz:

    Aproposito pensei que o 25 já tinha virado…!:

  13. junior diz:

    coitados…

  14. Marcos Pinto. diz:

    Por todas essas parlapatices político-eleitoreiras é que afirmo, em caráter peremptório, que não tenho mais saco para me dirigir à secção eleitoral para exercer direito ao sufrágio.

  15. Wilpersil diz:

    Quantos comentários serão postados aqui????? Será que os estúpidos demonstrarão que não são estúpidos????
    Excelente! Extraordinário! Essas afirmativas de Carlos Santos:
    Vocês brigam, eles se divertem.
    Vocês arranjam inimizades, eles arrumam a própria vida e a de seus familiares.
    Vocês são tolos úteis; eles manipuladores conscientes.
    Até aqui eles estão com a razão. Vocês com a estupidez.

    William Diz: Disto sou imune…

  16. matrix diz:

    O POVO TEM MEMORIA CURTA E A PAIXAO CEGA AS PESSOAS .

  17. Pedro Cardoso diz:

    Tudo bem senhor Carlos Santos, você esta certo.Só que eu não entendi uma coisa. O que tem haver esta campanha com o governo do estado? Só temos o que ganhar, nada a perde neste momento.isso é, se elegermos Cláudia Regina.

  18. Francy Granjeiro diz:

    DIlma fez em 5 minutos o que FHC não fem em 8 anos.Quando a China veio investir R$ 18,9 bilhões em produção de telas para iPad e celulares no Brasil..efeagacê amigo do cERRA, do coroné ZeAgripino, Fafá,Rosalba,Cláudia.Pense nisso!!!

  19. CLAUDIO OLIVEIRA diz:

    CONCERTEZA. A EX GOVERNADORA FEZ MAIS POR MOSSORÓ DO QUE O EX GOVERNADOR GARIBALDI. E CLARO, WILMA EM 10 MESES DO SEU GOVERNO TBM FEZ MAIS POR MOSSORÓ. DO QUE A ATUAL GOVERNADORA EM QUASE DOIS ANOS NO PODER.

  20. Aécio Dias diz:

    Parabéns Carlos, esse seu artigo é digno de virar um rito musical que ficaria tão bom quanto aquele que Arnaldo Jabor fez e Rita Lee gravou: “Amor é Prosa e Sexo é Poesia”, seria talvez: “Política é razão e Politicagem é Estupidez”.abç

  21. francisco jomar de mesquita diz:

    não se deve confiar em politico. o inimigo de hoje é o aliado de amanhã.

  22. Tarcísio Barra diz:

    Parabéns pela mensagem que serve para lembrar da necessidade de um pouco de inteligência e civilidade por parte de alguns.

  23. CALIBRE .40 diz:

    SEI NÃO: POLITICA SE INICIA DE BAIXO PRA CIMA NA MINHA OPINIÃO É CLARO, PRIMEIRO NO CONSELHO COMUNITÁRIO DO BAIRRO DEPOIS COMO VEREADOR,PREFEITO (A),DEPUTADO (A), ESTADUAL OU FEDERAL, GOVERNADOR (A), SENADOR (A) E POR ULTIMO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. MAIS ROSALBA CIARLINE ESTÁ FAZENDO O CONTRÁRIO DO SENADO ELA VEIO SER GOVERNADORA E AGORA ESTÁ DE OLHO NA PREFEITURA DE MOSSORÓ EM 2016 TÁ NA CARA QUEM NÃO PERCEBER E PORQUE NÃO QUER, OU SEJA ELA ESTA RETROAGINDO NO TEMPO QUE LÁSTIMA, QUE PUXA.

  24. chagas diz:

    O governo Wilma tinha prumo e rumo projetos e obras em todas as regiões, o social nunca ninguem fez igual, asfaltou dois terços de toda malha viaria do RN, se a rosa fizesse somente as obras restante do governo vilma que paradas , já fazia um grande governo, mAS é fraca e sem apetite, só politicagem, insensível com a\ dor dos necessitados, péssima gestão , sem prioridade, sem prumo e rumol. Mentiu para o povo que o estado estava quebrado , e não é verdade. Agora mesmo o estado todo em greve, a segurança , a saúde em calamidade, a seca acabando com o homen do campo e o gado morrendo e ela viajando, não faz uma reunião séria, não vira a mesa, não tem estimulo , desastre total , nada a sensibiliza, depressão total do governo, melhor pedi para sair, em fim é um desastre a gestora do RN

  25. wellington diz:

    parabéns Italo, vc tem toda razão.
    carlos santos mostrou apenas um lado e vc mostrou o outro.

  26. Sara Lucas diz:

    Ô povo besta, os encrenqueiros! De um ato que deve ser civil e democrático, ficam fazendo uso de malquerenças, direito de resposta sem cabimento(melhor se fossem praticar balé clássico, com tanta sensibilidade!), agressões que inflamam os partidários… Daqui a uma semana, uns riem, encharcam, tiram sarro da cara dos cavaquistas; outros, viajam, se escondem, desligam seus celulares. E a vida continua e estamos, todos, entregues à sorte das urnas.
    E reféns de um governo (ou des-governo) formado por carguinhos comissionados que voltarão, como os anteriores, a se estapear e a rugir mundo afora, daqui a dois anos.
    Bando de besta, viu?!

  27. Sara Lucas diz:

    Ah, e ainda tem os analfabetos virtuais, nesta panacéia, que nunca estudaram a tabuada nem a prova dos 9 e vêm com lero de “digitar” errado. Voltem aos bancos escolares, estudem sem calculadora e confiram o que vão copiar, antes de usar a ferramenta Ctrl C/Ctrl V.Garanto que jamais errarão uma simples soma ou escreverão as barbáries que lemos no cotidiano.
    Boa eleição!

  28. Ana diz:

    Parabéns Carlos Santos! Seu texto tá genial. Como sempre, vc muito sensato e inteligente.

  29. lampejao diz:

    PELO ANDAR DA CARRUAGEM,ROSALBA VAI TERMINAR LIDER COMUNITÁRIA,,,E PRA SER FELIZ

  30. Rui Nascimento diz:

    Meu bairro já está muito ruim, com essa incapacidade e incompetência, Deus me livre de uma líder(?) como Rosalba!

  31. Gilvandro Alves diz:

    Concordo com o texto mas acrescento, que além de tudo isso, os nossos políticos são os mais fracos do Brasil. Só para exemplificar, enquanto o estado de Pernambuco está construindo o porto de Suape, empregando mais de 50.000 funcionários, o nosso aeroporto de São Gonçalo do Amarante há mais de 20 anos vem sendo prometido por eles e até agora não saiu do papel.
    As obras de mobilidade para a copa do mundo, também não saíram da boa intenção, enquanto nos demais estados nordestinos onde acontecerá a copa, estão a todo vapor.
    E o povo ainda fica falando em “bacurau”, “bicudo” e babaquices do gênero. Pobre RN!

  32. wagner diz:

    VC DEVIA PULBLICAR AS PALAVRAS DE JOSIVASN IONDE AFIRMA QUE LARISSA E SANDRA E O ATRASSO DO RN.MAS O INVES DISSO SO PULBLICA AFAVOR DELAS VAMOS SER COERENTES DEIXE DE FAZER POLITICA SEBOSA.
    EU COSTUMAVA LER SEU BLOG TODOS OS DIAS MAS AGORA VC SO SABE FALAR DE ROSALBA E FAFA,TEM MAS ASSUNTO NAUM OU TA SENDO PAGO PRA ESCREVER ESSSAS BESTEIRAS

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Meu querido Waguinho, entre no sistema de Busca do Blog, no topo da página, coloque o nome Josivan Barbosa e veja a quantidade de matérias que trata justamente do que você manifesta. Você costumava ler, não. Você lê todos os dias, várias vezes e vai continuar lendo, para poder se situar melhor quanto à campanha e outros temas. Você é leitor fiel desta página, porque mesmo em meio às paixões, encontra neste espaço a diversidade de opiniões e tem até o direito de me insultar, sem receber igual tratamento em troca. Se é o máximo que você pode me ofertar, recebo. Eu lhe agradeço. Mas siga o meu conselho: faça uma pesquisa no “Busca”. Abração, querido Waguinho.

      • Candida diz:

        Olha eu tenho a mesma impressão do Waguinho. É perceptível sua predileção. Não há imparcialidade aqui. Também não achei nada no “busca”. Não decidi meu voto. Continuarei vindo aqui.

        • Carlos Santos diz:

          NOTA DO BLOG – Cândida, eu não sou imparcial, nunca fui nem serei. E não me permito ser leviano. Você não encontrou uma série de matérias criticando postura do professor Josivan, porque não procurou. Se procurar vai encontrar várias. E obrigado por continuar lendo o Blog, produzindo essa dialética.

  33. Eleitora diz:

    Tem que saber brigar, assim como você sabe falar: Bem! E não é mera coincidência essa sua “opinião” as vésperas de uma eleição. Tolo é quem não sabe interpretar as entrelinhas!

  34. Eleitora diz:

    De nada querido, estarei a contribuir em prol da polemica que tanto ladeia seu blog, afinal, quem não lê de tudo um pouco, pouco saberá! E no teatro da política, dentre outras “profissões”, quem paga o espetáculo é o público!

  35. Everton diz:

    Há que ter muita paciência com certos comentaristas desse blog. Eu não sei onde Carlos Santos conseguiu tanta serenidade para responder às agressões.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Meu caro Everton, Boa noite. Paciência, tolerância e compaixão não me faltam. Na verdade, me divirto bastante com alguns excessos. E olhe que não libero diversos comentários que são apenas agressões e destemperos emocionais contra políticos, outros comentaristas, além do próprio editor deste Blog. Uma parte dos comentaristas não defende a democracia, mas a democracia da opinião única: a própria. Não quer a “imparcialidade”, mas a parcialidade que o satisfaça. Compreensível. Tenhamos paciência. No fundo, toda essa “caldeirada” é um grande aprendizado. Uma benção para mim. Sinto-me recompensado. Abração

  36. Stélison diz:

    Caro amigo tricolor Carlos Santos,
    Perfeita sua abordagem. Todos precisam entender que a política é uma ciência e fazer política é a arte da conveniência MOMENTÂNEA. Assim, tolos são aqueles que se arranham em entreveros enquanto “os cabeças” já estão a pensar qual será o próximo passo, o qual pode ser – muitas vezes é – completamente contrário à caminhada atual. E aí quando o bloco A tiver abraçado com o bloco B na próxima campanha, quem brigou, perdeu amizades e ganhou inimizades por atribuir à discussão política uma conotação equivocada ficará com cara de tacho e boquiaberto, mas não podem se queixar de desinformação diante dos repetidos exemplos semelhantes aos citados no seu post. Não poderão dizer: “Eu num acredito não, se soubesse…”.
    Tenho dito: preservem suas famílias e seus amigos das posições políticas, respeitem as opiniões divergentes e lembrem-se que antes de serem candidatos todos são pessoas “normais”, com família, filhos, pais e irmãos.
    Grande abraço.

  37. jb diz:

    “”Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento.” Conde de Chesterfield

  38. Nilson Gurgel diz:

    Caro Carlos;

    Lendo os inúmeros comentários desta postagem lembrei-me com muita saudade do ex-Deputado Federal e amigo Antônio Florêncio, bem como da nossa conversa em um almoço na casa do também amigo Canindé Queiroz que aliás foi o nosso último, pois dias depois teve um segundo e fulminante infarto. Ah! Lembrei-me, conosco também Vilmar Pereira e no meio da conversa, perguntei: Deputado por que você com tantas lideranças amigas, condições ainda de se eleger, deixa a política do RN? É por causa da saúde? O que ele respondeu, eu nunca esqueci: Nilson! Você me conhece desde menino e é filho de um amigo que me conhece há muito mais tempo e sabe como sou, portanto não terá dificuldade em entender, “EU NÃO AGÜENTO MAIS DIZER UMA COISA DE MANHÃ E ELA NÃO SERVIR PARA DE TARDE”. Infelizmente esta, pelo que tenho acompanhado, tem sido de uma maneira geral, a máxima e a lógica da condução da nossa política partidária e, claro, da dos outros também, como um todo. Se não há vergonha em uma pessoa como pode haver seriedade, dignidade e outras virtudes nas suas ações. É uma pena, meu velho amigo, mas como as esperanças existem, se renovam e o amanhã será sempre um outro dia, e, como disse Chaplin, “Eu sou o dono do meu amanhã”, no caso nós somos o dono do nosso amanhã, portanto acredito que nós podemos mudar o nosso futuro porque no universo a única coisa permanente que existe são as mudanças que, aliás, em Mossoró, com certeza, já está bem encaminhada.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.