quarta-feira - 29/04/2015 - 22:11h
Estadual 2015

América e ABC empatam em primeiro jogo de decisão


Equilibrada. Assim foi a primeira partida da decisão do Campeonato Potiguar na noite desta quarta-feira (29), na Arena das Dunas. América e ABC ficaram no empate por 1 a 1.

Max abriu o placar para os rubros, aos 26 minutos do primeiro tempo, e Reginaldo empatou para o Alvinegro aos 39 minutos da etapa complementar.

A segunda parte da finalíssima acontece no sábado (3), às 16h, no estádio Frasqueirão. Quem vencer fica com o título. Novo empate leva a disputa para as penalidades. A equipe americana busca do bicampeonato, enquanto a abecedista tenta o título depois de quatro anos.

Ficha Técnica

Local: Arena das Dunas, Natal (RN)

Árbitro: Dewson Fernando F da Silva (Fifa/PA)

Cartões amarelos: Maguinho, Judson, Busatto, Cléber (América); Bruno Luiz, Lima, Mael, Michel, Suéliton, Fabinho Alves (ABC)

Cartão vermelho: Maguinho (América)

América: Busatto, Diogo, Flávio Boaventura, Cléber e Álvaro; Judson, Maguinho, Zé Antônio Paulista e Cascata (Tiago Dutra); Max e Thiago Potiguar (Adriano Pardal). Técnico: Roberto Fernandes.

ABC: Saulo, Reginaldo, Suéliton, Leandro Amaro e Lima; Fábio Bahia, Michel (Bruno Luiz), Rafael Miranda e Erivelton; Kayke e Fabinho Alves. Técnico: Josué Teixeira.

Categoria(s): Esporte

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    E a renda deste jogo? E o público pagante e não pagante?
    “Com maior público do ano, Ceará vence o Bahia e fica com o título da Copa do Nordeste.
    sucesso de público
    A partida registrou o maior público pagante do futebol brasileiro no ano e o maior da história da Arena Castelão: 63.399. Foram 63.903 presentes, com renda de R$ 1.807.162
    Matéria completa no G1″
    ///
    Futebol profissional se faz com seriedade e dinheiro. DINHEIRO.
    Seriedade no cuidado com o uso dos recursos conseguidos através das rendas dos jogos e das contribuições dos sócios.
    Aqui em Mossoró a presença de NÃO pagantes nos jogos é superior ao de pagantes.
    Tem gente que acha que só o povinho deve pagar ingresso para assistir a jogo de futebol.
    Não pagando se sente chic. Como não tem do que se orgulhar, orgulha-se de não pagar ingresso no Nogueirão. Não ria, Zé Ruela, que o caso é para choro. Este Zé Ruela é cruel e não tem pena de ninguém.
    Pobre futebol norteriograndense que se envergonha de publicar as rendas dos jogos realizados pelos seus clubes.Triste futebol mossoroense a viver sempre de pires nas mãos a mendigar auxílio do poder público.
    É preciso repensar o futebol do Rio Grande do Norte. E mais ainda, o futebol mossoroense.
    Já sugeri a realização de uma mesa redonda para debater os problemas do futebol mossoroense. Mas como foi este webleitor que sugeriu…
    E assim segue o futebol mossoroense rumo ao horto das oliveiras.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTE ANO?
    SAL GROSSO PRESCREVE EM 2019?
    UM TAC PARA ACABAR COM A LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES.
    AQUELE QUE É FORTE E CONCISO SE TORNA INCOMPREENSÍVEL AOS MEDÍOCRES

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Notaram o público pagante e o não pagante?
      “A partida registrou o maior público pagante do futebol brasileiro no ano e o maior da história da Arena Castelão: 63.399. Foram 63.903 presentes, com renda de R$ 1.807.162″
      De 63.903 presentes exatos 63.399 PAGARAM para assistir ao Ceará conquistar o título da Copa Nordeste.
      Apenas 504 NÃO pagaram ingresso.
      Isto representa apenas 0,78% do público presente entraram de graça na Arena Castelão na noite de ontem. Considerando o grande número de profissionais das equipes esportivas cearenses e baianas que cobriram o jogo, fácil concluir que quase ninguém quis se sentir importante…
      É preciso acabar com esta história de eu isto ou aquilo e NÃO pago iongresso.
      Futebol custa caro.
      ////
      Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?
      O uniforme escolar não foi entregue em Mossoró.

      • Gilvandro Alves diz:

        Muito bom os comentários do Inácio Augusto de Almeida. O homem está antenado com tudo que se passa, inclusive com o futebol, e está coberto de razão. No Brasil as “otoridades” usam do cargo para não pagarem em jogos de futebol, boates, teatros, etc.
        Realmente o público não pagante ontem no Castelão foi bem pequeno, o que mostra que os administradores do estádio não estão aceitando as famosas “carteiradas”.
        O futebol cearense está de parabéns e o Nordeste mostrou a força do seu futebol com a Copa do Nordeste.
        Parabéns aos torcedores do Ceará!

        Aqui em Natal o público de América x ABC foi de 7.961 torcedores. Além do pouco interesse despertado pelo campeonato potiguar, a violência vem afastando os torcedores natalenses, notadamente em dia de clássico, quando a cidade vira uma praça de guerra entre gangues de marginais travestidos de torcidas organizadas.

        • Inácio Augusto de Almeida diz:

          Caro Gilvandro Alves
          Obrigado por ter gostado do meu comentário.
          Este problema da “carteiradas” é de facílima solução. Só que necessita ter peito.
          O problema das ” gangues de marginais travestidos de torcidas organizadas.” é ainda de solução mais fácil.
          Eu imploro por uma mesa redonda em Mossoró reunindo os Presidentes dos dois clubes, os dois líderes de torcidas dos clubes mossoroenses e mais o Secretário de Esportes e Lazer. Não vou nem me colocar à disposição para esta mesa redonda porque sei que meu nome será vetado pelo prefeito. Afinal eu LEVANTEI o problema da pracinha 500 mil que hoje está dando muita dor de cabeça a ele. Não sabe o prefeito que dor de cabeça ele terá é para explicar a construção de uma quadra de esportes dentro de escola municipal por mais de 611 mil reais. Esta sim, esta vai ser uma baita de uma dor de cabeça.. Não vou nem falar na NÃO entrega do Material e do Uniforme Escolar. O caso da Merenda Escolar quando explodir não vai ser dor de cabeça, vai ser enxaqueca e das brabas.
          Sei que em Mossoró jamais terei 3 minutos numa rádio. Mas nada me fará parar.
          Se o Zé Peixeiro quiser conversar sobre futebol eu estou à disposição no 91397139.
          Façam, dirigentes do futebol mossorense, esta mesa redonda. Não entendo estas equipes esportivas ainda não terem aproveitado esta ideia. Será que desconhecem que a audiência de um debate sobre o futebol mossoroense será enorme?
          Um abraço.
          ////
          Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?

    • ROSANA diz:

      Gol do Inácio ! rs

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Gol mesmo, Cara Rosana, será no dia em que eu tiver 3 minutinhos numa rádio.
        Mas isto eles não deixam.
        ///
        Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?
        Um TAC para acabar com a Lei da Mordomia dos Vereadores.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.