quarta-feira - 25/05/2011 - 19:43h

Aposta que cai do céu


A empresa Cimsal, através do seu diretor-presidente Herbert Vieira, fez uma aposta com o também empresário Edvaldo Fagundes, dirigente da salina Henrique Lage, que merece registro.

Vamos lá.

Edvaldo cravou que em determinado período deste ano, ainda choveria mais de 500 milímetros. Herbert retrucou. Fechou ideia de que seria menos.

O negócio foi convertido em sal, como nos primórdios da organização humana, em que o produto era "moeda".

Tudo fechado em uma tonelada do produto. É o equivalente a algo em torno de R$ 150 mil.

Ontem, segunda-feira (23), encerrou o período firmado por ambos para saber quem ganhou e quem perdeu a contenda.

Edvaldo levou a melhor, como "metereologista" e apostador.

Mas vamos ao mais importante dessa aposta firmada num restaurante da cidade, em meio a generosas doses de uísque.

Quem ganhasse a aposta faria o outro destinar o valor em pecúnia, dinheiro vivo, à construção do Hospital do Câncer (empreendimento privado, mas de importância social), reforma da Igreja do Alto da Conçeição e Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) em Mossoró.

Como diria um bem humorado professor que tive, há poucos anos, soltando bordão característico… "que maravilha!!!"

Categoria(s): Nelson Queiroz

Comentários

  1. MANOEL diz:

    Muito bem destinado o resultado dessa aposta…

  2. Fausto diz:

    Caro amigo Carlos, bom dia!
    É verdade mesmo? Se for, fico muito feliz com a aposta desses homens de bom coração. Sendo paroquiano do Alto da Conceição, fico agradecido em nome de toda comunidade paroquial, como também a essas outras entidades que muito precisam. Tenho somente a agradecer pela generosidade dos dois, rogo a Deus que lhes concedam muita paz, saúde, prosperidade e coração sempre generoso para fazer ato de solidariedade. Que Deus os abençoe.

  3. Décio Barbosa Filho diz:

    Aposta o bem. Não seria de admirar que o ganhador também pagasse. As entidades merecem. Parabens aos apostadores

  4. Sebastião Almeida de Medeiros diz:

    Conheço o trabalho da APAE Mossoró desde a sua fundação. São 38 anos desempenhando fielmente o papel para o qual ela foi criada, qual seja, o de promover a atenção integral à pessoa com defiência, prioritariamente aquela com deficiência intelectual e múltipla. Nesse contexto, a APAE busca promover e articular ações de defesa de direitos, prevenção, orientação, prestação de serviços, apoio às famílias, direcionados à melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência e a construção de uma sociedade mais justa, solidária e humana. Nossa luta diária não é fácil. Atendemos hoje, 260 crianças, jovens e adultos, além de suas famílias, numa estrutura que é própria. A APAE Mossoró é uma grande referência no atendimento às pessoas com necessidades especiais de Mossoró e mais 20 municípios da região oeste. Ouvindo as palavras de Breninha, que recebe atendimento na APAE, dá prá sentir como é importante o trabalho que esta instituição realiza: ¨Sebastião: até a APAE aparecer na minha vida, eu vivia rastejando pelo chão da casa da minha avó, sem saber pronunciar uma palavra. A APAE me ensinou a andar, falar, ler e escrever”. Breninha, continua recebendo atendimento na APAE, mas ela hoje é aluna aplicada da rede municipal de ensino e quer ser assistente social. Ela frequenta os ambientes sociais da cidade, é do grupo de danças da APAE, namora e para a nossa alegria, é autodefensora das pessoas com necessidades especiais do Rio Grande do Norte junto as Federações, Estadual/Natal e Nacional/Brasília. Já participou do Congresso Nacional das APAEs em São Paulo e está escrita para o Congresso Nacional das APAEs que acontecerá no mês de novembro em Belém do Pará. Eu costumo dizer que a APAE é uma obra de Deus. Somos 2.123 APAEs no Brasil, fazendo o maior movimento de apoio às pessoas com necessidades especiais do mundo. As APAEs não cobram pelos seus serviços e vivem exclusivamente da generosidade das pessoas. Tem sido assim, desde a criação da primeira APAE no Rio de Janeiro em 1954.
    Fico feliz, saber que dois homens do gabarito de Edvaldo Fagundes e Herbert Vieira, incluíram a Matriz de N.S.Conceição, Hospital do Câncer e a APAE, numa aposta que resultará em benefícios para as entidades citadas. Como presidente voluntário da APAE MOSSORÓ, parabenizo os dois cidadãos por esse gesto de grandeza.

  5. Victor diz:

    Carlos, descupe a aposta nao foi asim nao, Edvaldo Fagundes foi que falou que doava para esta istituiçoes, ao contrario de Herberte que falou quu ganhando a aposta o dinheiro era dele, ja mais falou que doaria o dinheiro, este foi os fatos, comforme varias pessoas que estavam na hora da aposta, sua coluna e otima parabens

  6. victor diz:

    Bom dia…Carlos, Obrigado por publica o comertarios, sinal que voce leva a verdade para os seus leitores, so que esta noticia foi publicada na quatra feira, e voce deveria retifica na coluna no dia de hoje, pode confirma os fatos que eu falei realmente o que aconteceu, o senhor Herbet ja mais iria doa este dinheiro para esta intituiçoes, ja que ele so quer ser CEARENSE, e a velha historia, todos queren ser bonzinhos, mais ajuda e poucos, bom dia Carlos

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.