sábado - 30/04/2011 - 12:39h

Aprovados em concurso são vítimas do Estado



Há mais de três meses os convocados a ingresso na Polícia Militar estão aguardando o resultado do exame fisico. Clamam pela sequência das demais etapas do acesso.

São 824 nomes aptos.

Já os aprovados no concurso da Polícia Civil estão na fila à convocação há dois anos.

Enquanto isso, a segurança pública vive de propaganda e ações episódicas ou pura pirotecnia.

Nem vale citar ou lembrar, disparates verbais como a afirmação da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) de que a culpa da violência em Mossoró é do Presídio Federal.

Entre muitas vítimas da violência, eis os próprios aprovados em concurso.

O engodo começou lá atrás, mas ganha contornos de sadismo na atual gestão do Estado.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. jb diz:

    Carlos Santos quanto à declaração da governadora sobre a relação presidio federal/violência devemos perdoa-la, afinal era pascoa, pois por este disparate deduz-se que a governadora estava sobre efeito de um legítimo Romanée-Conti.

  2. José da Frota Silva diz:

    Mesmo acontece na Saúde, Onde em Mossoró, dos seis Médicos Ortopedista, que foram aprovados e assumiram no HRTM, treis pediram exoneração,e os outros treis estão em greve. Desde janeiro não recebem seus salários iniciais. A saúde anda de mal a pior. Não há medicos este fim de semana na Ortopedia, não saiam de casa!

  3. Mario Costa diz:

    Prezado Carlos vale lembrar também do concurso do DETRAN e o de agentes penitenciário que estão esparando apenas a nomeação.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.