domingo - 29/03/2020 - 17:48h
RN

Assembleia Legislativa tem cerca de R$ 100 milhões em sobras

Recursos podem ser usados emergencialmente no combate à expansão do coronavírus; basta que queira

Do Mossoró Hoje

Os deputados estaduais têm se mostrado solícitos ao Governo do Estado em aprovar projetos rápidos que possibilitem o combate ao coronavírus em todo o Rio Grande do Norte. Entretanto os deputados do RN, em especial o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira (PSDB), pode e deve contribuir muito mais devolvendo as sobras do duodécimo de 2019.

Assembleia Legislativa pode dar um reforço incisivo à luta contra avanço do coronavírus (Foto: AL)

A Assembleia Legislativa do RN tem em caixa cerca de R$ 100 milhões, que poderiam ter usados para comprar testes rápidos que possam identificar eventuais pessoas com com o Covid-19.

A informação foi confirmada por três fontes da própria Assembleia Legislativa. Estes recursos que não foram usados na Corte pelos deputados, durante o exercícios de 2019, deveriam ter sido devolvidos aos cofres públicos do Governo do Estado.

No entanto, numa votação estranha, os deputados decidiram por 11 a 12 (o voto de minerva foi do presidente da casa Ezequiel Ferreira) não devolver os recursos ao cofres do Estado (veja AQUI).

Os dois principais deveres do deputado estadual é produzir leis que permitam melhora de vida do cidadão e estado, além de fiscalizar os atos do Poder Executivo, como de fato estão exercendo.

Importância

Mas nesse momento excepcional de pandemia e limitados recursos para o enfrentamento do coronavírus, nada seria mais importante do que destinar esses recursos contra a pandemia.

O silêncio dos deputados levanta naturalmente uma série de suspeitas. Se pode dispor, por que não? Nada seria mais contundente e importante nesse momento.

Cabe aos deputados estaduais, seja de oposição ou situação, manifestação pelo emprego destes recursos. É umaa emergência sanitária que se instalou no mundo e chega ao RN.

Dinheiro em caixa

Além da Assembleia Legislativa, o Tribunal de Justiça do Estado, até o final de 2017, tinha em caixa R$ 253 milhões (confira AQUI), que na época o então presidente da casa declarou que não ia devolver aos cofres do Governo do Estado.

Tinha a intenção e investir para melhorar a estrutura da Justiça do Rio grande do Norte.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde

Comentários

  1. Carlos Andre Gomes de Araujo lima diz:

    Se a população morrer á míngua o Nobre jornalista e a imprensa terrorista não podem dizer que a culpa foi dos que não quiseram ficar em quarentena.

    Está escancarado a incompetência da governadora e a insensibilidade e criminalidade do Legislativo em omitir ajuda a uma população, Como já disse afirmo, o que tem matado as pessoas não é o vírus mas a incapacidade do estado brasileiro de atender os que necessitam de serviço de saúde pública de maneira eficaz.

    • Carlos Andre Gomes de Araujo lima diz:

      Desculpe o relapso, não observei, mas se deve a surpresa, e pelo absurdo da notícia.

      Já cheguei à conclusão que o povo está só para sobreviver a uma catástrofe econômica e sanitária.

      só não, mas com a misericórdia de Deus!!

  2. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Que o governo utilize, rapidamente , esse dinheiro na Saúde…sem titubear…logo!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.