sexta-feira - 22/01/2021 - 18:00h
Caso Kerinho

Beto deverá tentar liminar para se manter com mandato

TSEA Justiça Eleitoral, como regra, tem suas decisões com eficácia imediata. Ou seja, decidiu, publicou, está valendo.

O deputado federal Beto Rosado (PP), que obteve 71.092 votos em 2018, deverá entrar com uma cautelar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O instrumento jurídico serve para tentar conseguir uma liminar que suspenda decisão que lhe foi desfavorável nessa sexta-feira (22), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) – veja AQUI -.

Se não conseguir, ele se afasta de imediato do cargo eletivo, dando vez a Fernando Mineiro (PT), que empalmou 98.070 votos em 2018.

O chamado “Caso Kerinho” arrasta-se desde 2018, eleições em que Beto Rosado conseguiu reeleição contestada por Mineiro desde o primeiro momento.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. George Duarte de Lima diz:

    Infelizmente nossa justiça é muito lenta, liminar pra li, liminar pra lá e o verdadeiro eleito acaba perdendo o cargo legitimo. São as vozes da nossa JUSTIÇA.

  2. MARIADOSOCORROMENEZESALVES diz:

    mais vergonhoso que essa justiça é esse beto querer entrar no ceu aforça.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.