sábado - 31/07/2021 - 23:02h
Olimpíadas

Brasil ganha medalha em natação; vencedor tem ligação com o RN

Bruno Fratus comemora após conquistar o bronze na Olimpíada de Tóquio (Foto de Odd Andersen - AFP)

Bruno Fratus comemora, após conquistar o bronze na Olimpíada de Tóquio (Foto de Odd Andersen – AFP)

Do El País e Blog Carlos Santos

Bruno Fratus disparou rumo ao pódio. O nadador brasileiro garantiu a terceira melhor marca nos 50m livre da natação nos Jogos Olímpicos de Tóquio e conquistou um bronze para o Brasil, nesse sábado (31).

Nascido de Macaé, no Estado do Rio de Janeiro, o nadador olímpico mudou-se ainda criança para o Nordeste brasileiro e viveu em cidades como Salvador (BA), Natal (RN) e Mossoró (RN), haja vista que seu pai atuava no setor petrolífero, o que o levava a mudanças comuns de domicílio. Em Mossoró, ele estudou na Escola Mater Christi, disputou jogos estudantis e treinou em piscinas locais, como do Sesi Clube.

Em foto mais abaixo constante dessa postagem, ele aparece com o amigo Rodrigues Alves, sobrinho do coordenador do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região, Assis Neto.

Finalmente uma medalha

A vitória do nadador põe fim à maldição do quase que o perseguida desde as últimas duas olimpíadas, quando ele fez excelentes marcas, mas não conseguiu a medalha que buscava.

“[O grito] está entalado desde 2011, quando disputei meu primeiro mundial. Depois, 2012 aquela Olimpíada do quase. Depois do Rio principalmente. Foi um grito de finalmente medalhista olímpico”, comemorou o nadador, ao explicar o grito de comemoração que ecoou pelo centro aquático olímpico na noite deste sábado, 31 de julho.

É a segunda medalha da natação brasileira em Tóquio ―a primeira foi o bronze com Fernando Scheffer nos 200m livre― e a 15ª da história da natação brasileira.

O nadador brasileiro marcou 21s57 e conquistou a nona medalha olímpica para o Brasil no Japão. Fratus ficou atrás apenas do norte-americano Caeleb Dressel, que cravou 21s07 nos 50m livre (novo recorde olímpico) e de Florent Manaudou, da França (21s55).

Fratus e o amigo Rodrigues Alves, em Natal, em 2011 (Foto: cedida)

Fratus e o amigo Rodrigues Alves, em Natal, em 2011 (Foto: cedida)

Fratus, de 32 anos, já é um veterano das piscinas e o velocista que mais vezes nadou abaixo de 22 segundos no mundo. Somente em Jogos Pan-Americanos ele possui sete medalhas, sendo cinco de ouro e duas de prata —conquistadas entre Guadalajara 2011, Toronto 2015 e Lima 2019. O nadador ainda possui três medalhas de prata e um bronze campeonatos mundiais. Faltava ainda uma medalha olímpica.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Esporte

Comentários

  1. Hermiro Filho diz:

    Graças!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.