quinta-feira - 27/12/2007 - 16:03h

Chapa com Gorete e Vandinho é vista como forte (Apodi)

O ex-prefeito Evandro Marinho, "Vandinho" (PRB), que concorreu e perdeu as eleições em 2004 para Pinheiro, apesar de também integrar o grupo da governadora, não se bica com o novo "companheiro."

Costuma dizer em círculo de amigos e aliados, que se for para chegar à prefeitura com o apoio do médico, recusa tal ajuda. Nem Pinheiro estaria interessado em tamanho sacrifício por ele.

Vandinho tem partido à mão para marchar numa raia particular. Com ou sem Wilma ou Pinheiro.

Para engrossar a arenga, Vandinho aguarda resultado de ação judicial em que José Pinheiro é acusado de uso irregular da estrutura pública, na eleição municipal. Ele sonha em ejetar o adversário do cargo antes do fim do mandato.

O vice na chapa de Vandinho em 2004, o também ex-prefeito Simão Neto (PSB), corre por fora. Entretanto não é provável que consiga prevalecer em candidatura numa faixa própria, ainda mais com o PSB de Wilma. A governadora – em tese – apoiará o candidato a ser apontado por José Pinheiro.

Em Apodi, não é difícil encontrar em meio às confrarias onde o assunto em pauta é a política, quem preveja como "imbatível" uma chapa com Gorete Pinto e Vandinho. Difícil é saber quem cederia a cabeça de chapa ao outro. 

O empresário Dalton Filho, irmão da procuradora Geral do Estado, Tatiana Cunha, é outro nome que se movimenta rumo à prefeitura e goza de prestígio social. A princípio seria um "azarão". Como pré-candidato a prefeito tem uma cotação modestíssima no momento.

Categoria(s): Sem categoria

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.