• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
segunda-feira - 28/02/2011 - 18:52h

Crime virtual reproduz intolerância com cara de “Paulo Doido”


O banditismo digital não é um mal-estanque. Trata-se de um braço da intolerância humana, que pulula lá fora. Pessoas de aparente equilíbrio psicossocial se transformam em cães hidrófobos.

O caso "Paulo Doido" é emblemático.

Essa era a denominação de página na Internet com autoria anônima, que desde o final de 2009 até meados de 2010, infernizou a vida de algumas pessoas de Mossoró, tendo como alvo principal o editor deste Blog. Com o tempo, outros foram sendo alvejados.

Na última sexta (25), a revista Papangu saiu em sua nova edição, dissecando parte de informações irrefutáveis sobre essa infâmia (Veja AQUI).

Com base em processo (sem segredo de Justiça) que tramita da 3ª Vara Cível da Comarca de Mossoró, é apontada uma série de conexões que expõem em maior evidência a face do "jornalista" Pedro Carlos. Ele seria um dos operadores da página apócrifa, que promovia achincalhes, agressões textualizadas e montagens fotográficas à ridicularização de suas vítimas.

Pedro, que passou instantaneamente a ser tratado por “Pedrinho Doido” nas redes sociais como Twitter e Facebook, a partir da revelação da Papangu, é editor-geral e colunista político do vespertino “Correio da Tarde”. Além disso, tem cargo comissionado como integrante da Gerência de Comunicação da Prefeitura de Mossoró, instalada no Palácio da Resistência, sede do governo municipal.

No imóvel histórico funcionam ainda o Gabinete da Prefeita Fátima Rosado (DEM) e da Chefia de Gabinete, ocupado pelo agitador cultural Gustavo Rosado (PV).

Seu nome supurou, graças a ações desencadeadas na Justiça pela deputada federal Sandra Rosado (PSB) e seu filho e vereador Lahyrinho Rosado (PSB). Ambos e familiares próximos, como uma filha recém-nascida do parlamentar e sua avó materna, não escaparam do escárnio do Paulo Doido.

De suas ações cautelares, protocoladas na Justiça, saiu a providência determinando ao “Google” que bloqueasse a página, além de fornecer IP´s (Internet Protocol, espécie de chassi ou identificação do computador de origem, de onde partiam edições, emails etc) dos editores do Paulo Doido.

‘Pedrinho Doido"

O endereço digital http://blogdopaulodoido.blogspot.com, domínio gratuito, hospedado originalmente nos Estados Unidos (pelo Google, do grupo Microsoft), com e-mail paulodoidomossoro@gmail.com foi identificado em vários locais de emissão. O mais caudaloso viria das mãos de Pedro Carlos, o Pedrinho Doido.

A partir de interpelação judicial, o provedor de Internet a Rádio de Mossoró, Mikrocenter, atestou que determinado IP pertencia ao seu cliente, Pedro Carlos, servidor comissionado da Comunicação da Prefeitura de Mossoró e homem de confiança no principal cargo editorial do Correio da Tarde.

Outros IP´s aparecem como usuários de acesso à edição e postagem do Paulo Doido. Eles entrelaçam-se nas ramificações e trilhas da Internet, da mesma forma que alguns personagens de carne e osso não se largam no mundo real em Mossoró. Unha e carne, com interesses comuns evidenciados no cotidiano da cidade.

Mas as informações abundantes e contundentes estão incompletas. A OI/Telemar deverá fornecer mais dados, que podem acrescentar outros dados elucidativos ao caso. A empresa – que oferta o serviço denominado de Velox, de navegação na internet, está prestes a passar seu relatório à Justiça.

Já a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), de onde partiam postagens da página apócrifa, não atendeu à Justiça. O reitor Milton Marques justificou que os dados técnicos dos IP´s, nos períodos solicitados, estavam perdidos. Faltavam condições técnicas para tê-los à mão.

A mesma situação ocorreu na empresa P & K Administração e Participações Ltda, responsável pela TCM Connect (Grupo TV Cabo Mossoró-TCM), que tem serviço de internet a cabo na cidade. Disse que “todos os dados gravados nas datas indicadas foram apagados”.  

Também aparece acesso à atualização da página anônima com uso da Internet móvel 3G da Vivo, feita em Barueri (São Paulo). O aparelho tem como usuária cadastrada a senhora Maria Genicleide Silva Fernandes. Ainda não se sabe  quais as ligações dela em Mossoró.

Já a Cabo Telecom, em Natal, adiantou à Justiça que um dos IP´s com movimentação editorial e postagem da mesma página, está com contrato em nome de Bruna Freire de Salem Miranda, apartamento situado no condomínio Vila Romana IV. Ela é neta do ex-vice-prefeito mossoroense Genildo Miranda.

Segundo a revista Papangu, é pouco provável que Bruna tenha relação direta ou indireta com esse crime do mundo virtual. Afirma a publicação, que o apartamento foi ocupado durante alguns anos pelo chefe de Gabinete da Prefeitura de Mossoró, Gustavo Rosado, tido como prefeito de fato da cidade.

Veja adiante:

- Como nasceu e foi desenvolvido o “Projeto Paulo Doido;”

- Quem é Pedro Carlos;   

- Os desdobramentos do “Caso Paulo Doido”;

- Político afirma que página nasceu sob as mãos de dois secretários municipais;

- Ironia do “destino” mostra quem são os verdadeiros doidos e dignos de prisão

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. jb diz:

    Por causa de tipos como o jornalista(?) Pedro Carlos que DEIXEI DE LER os jornais locais e estou cada vez MAIS bem informado.

  2. steverson diz:

    Só falta agora o Pedro Carlos dizer que “outros” usaram o endereço de IP dele de forma criminosa. E o jornal correio da tarde vai sair em defesa? vai publicar alguma nota sobre os fatos?

  3. MARCOS PINTO - Da AAÓL, ICOP, IHGRN e do IANTT. diz:

    Mossoró e Mossoroenses não poderão, jamais, capitular diante tanto lamaçal oriundo deste tal asqueroso blog. Se não vierem à tona os nomes dos demais componentes, resta configurado que os tais servidores virtuais tem o RABO PRESO com esses sacripantas, pústulas, que devem ser execrados do convívio social,de onde nunca deveriam ter tido chances do harmonioso relacionamento social.

  4. Daniel Dantas diz:

    Bruna de Salem Miranda é filha ou sobrinha de Celestina Miranda que é funcionária da UERN e cunhada de Maria da Conceição, irmã de Fafá Rosado e Gustavo Rosado. Que coincidência, né?

  5. Otávio F. diz:

    Bruna Freire de Salem Miranda é filha mais nova de Sérgio Miranda e Sônia Freire secretária de Gustavo Rosado. só p/ entender, Sérgio é irmão de Celestina , cunhado de Ceição Rosado que por sua vez é viúva de Genildo Miranda irmão mais de de sérgio e celestina. Ora pois.. tudo tem explicação…

  6. Webleitor assíduo diz:

    Parabéns pelas reportagens Carlos, seu blog é muito bom, mas apenas a título de informação, o Google não pertence à Microsoft. :)

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.