quinta-feira - 16/04/2020 - 10:02h
Mistério

Delegado especial vai investigar assassinato de político no RN


A Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal deverá ficar à frente das investigações relativas ao assassinato do empresário e pré-candidato a prefeito de Janduís, Raimundo Gonçalves de Lima Neto, 35, mais conhecido como “Neto de Nilton,” “Neto Gonçalves” ou “Netinho”. O crime ocorreu no sábado (11), pela manhã (veja AQUI).

Raimundo Gonçalves de Lima Neto, 35 anos, foi morto em circunstâncias muito misteriosas (Foto: Web)

A vítima, filiada ao Psol, trafegava numa motocicleta em estrada carroçável na zona rural de Campo Grande, quando foi abordada por seus algozes. Informação preliminar aponta que seriam dois homens noutra moto.

Neto sofreu vários tiros, inclusive na cabeça. A princípio, o crime teria características de execução e não de latrocínio, por exemplo.

Apuração

Portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (16) trata da questão, mas ainda sem assinalar que delegado especial ficará à frente das apurações.

O delegado da Polícia Civil titular de Campo Grande, que responde também pela cidade de Janduís, bacharel Verilton Carlos Barbosa Pereira, começou a apuração in loco com perícia feita no local do crime.

Em seguida, houve translado do corpo para o Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP), em Mossoró, onde passou por necrópsia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Quando teremos um delegado especial para investigar arrastões em Mossoró que nunca foram esclarecidos

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.