quarta-feira - 27/04/2011 - 14:26h

Diganóstico errado gera condenação contra a UFRN



A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi condenada a pagar indenização no valor de R$ 50 mil por ter feito diagnóstico falso de HIV em uma mulher gestante.

A decisão foi do Juiz Federal Magnus Augusto Costa Delgado, titular da 1ª Vara Federal do Rio Grande do Norte. A vítima foi atendida no Hospital Ana Bezerra, na cidade de Santa Cruz.

A UFRN também foi condenada a providenciar sessões de terapia para a mulher no Serviço de Psicologia Avançada.

O teste de HIV foi feito na mulher pouco antes do parto. Na sentença, o magistrado relatou o depoimento da assistente social destacando a angústia da mulher ao saber que estaria com HIV.

Com informações da Assessoria de Comunicação da JFRN.

Categoria(s): Blog

Comentários

  1. MARCOS PINTO - Da AAPOL, ICOP, IHGRN e do IANTT. diz:

    Não há valor monetário que pague a tamanha humilhação a que foi submetida a pessoa que foi ultrajada em sua integridade física e personalística, por erro cometido por pessoa comprovadamente despreparada para o exercício do cargo.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.