quinta-feira - 15/09/2011 - 08:44h
Assim é demais!

Dilma se livra de acusado de ser mandante de morte

Do blog de Oliveira Wanderley:

Deu na Folha de São Paulo, coluna “Painel”

Por um triz – Favorito do líder Henrique Eduardo Alves (RN), o deputado Manoel Júnior (PB) quase chegou lá. Mas o Planalto achou que a acusação de envolvimento em assassinato, a esta altura, era um pouco demais.

Comentário de Oliveira Wanderley: O deputado federal Manoel Júnior, do PMDB da Paraíba, é acusado de mandar matar o vereador Manoel Mattos, que era filiado ao PT, no dia 24 de janeiro de 2009, na cidade de Pedras de Fogo(PB). O advogado foi morto com dois disparos de uma arma de grosso calibre. Ele era conhecido por fazer denúncias contra grupos de extermínio e crimes de pistolagem.

Nota do Blog – O deputado maranhense Gastão Vieira (PMDB), ligado à família Sarney, é o nomo ministro do Turismo. Pedro Novais foi sendo triturado por seguidos escândalos até cair.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João diz:

    As indicações de Henrique Alves são um perigo.

  2. Togo Ferrário diz:

    Caro amigo/jornalista Carlos Santos. Como todo o respeito ao sr. Gastão Vieira, ele já nasce como um predestinado a assumir o ministério do turismo. Como diz o grande colunista José ‘Macaco’ Simão: o Brasil é o país da piada pronta! Com o nome de Gastão, o que poderemos esperar, hein?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.