sexta-feira - 27/05/2011 - 13:59h

Estádio das Dunas preocupa Fifa, diz Rede Globo


Em reportagem do Globo Esporte, da Rede Globo de Televisão, à tarde de hoje, houve confirmação de que o Estádio das Dunas a ser construído em Natal e o de Itaquera (em São Paulo) são os mais atrasados à Copa do Mundo de 2014.

A mesma reportagem adiantou, também, que ambos estão fora da programação da "Copa das Confederações", realizada no país sede da Copa do Mundo, um ano antes, ou seja, em 2013.

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) também manifesta preocupação com aspectos relacionados à infra-estrutura do Brasil até lá, como a questão de aeroportos.

Categoria(s): We Are The Champions

Comentários

  1. Leomberg Maia Lopes diz:

    Situação bastante complicada para o Rio Grande do Norte neste momento: Resolver ou negociar com os setores que hoje se encontram em greve no Estado ou começar o estádio Arena das Dunas, os dois necessitam da abertura do ”cofre” estadual; E aí começar a dialogar ou demolir e construir? O quê virá primeiro? Ô dúvida cruel!

  2. Geraldo Fagundes diz:

    Derrubar um Estádio que já é quase obsoleto para construir aquilo que será sem sombras de dúvidas o maior Elefante Branco já visto em terras Potiguares, é coisa para um Estado se desmanchando em dinheiro. Mas como no país tupiniquim o povo esquece a educação, a saúde e a segurança para dar maior atenção ao futebol e ao carnaval, estão explicados os esforços do governo em dar prioridade à construção do “Big Elefant”.

    E assim caminhará durante séculos o país conhecido no exterior apenas como “O País do Futebol, do Carnaval e da Corrupção”. Repito: APENAS.

    Pra frente Brasil

  3. josé de oliveira diz:

    Sinceramente, é de morrer de raiva!
    O Estado potiguar, medíocre, infimo, insignificante – política, econômica, social e administrativamente – que está desminlinguindo-se há décadas, parece ter como primazia a construção de uma estrutura bilionária, para sediar alguns minutos de um anódino evento a ser realizado – se o for – em 2014.
    O pior é que tem um quase incontável número de asnos, que não dispõe, sequer, de metade de um neurônio em condição funcional, relinchando de euforia, em virtude de tão intergaláctico acontecimento.
    Muitos desses imbecis, sequer, estarão com vida até lá.
    Saúde, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura, Pejo, enfim…
    Nada mais importa!
    Então, descendentes dos “comedores de camarão” e agregados, não reclamem, quando estiverem perecendo feito moscas, nos corredores de um arremedo de hospital qualquer.
    Quando virem seus familiares ou vocês próprios, sendo trucidados pelos criminosos e/ou sendo vítimas de outras ignomínias mais.
    Sorriam, com suas “bocas desdentadas” às cameras de TV do mundo todo, quando do cósmico evento futebolístico, aqui encetado.
    Votem, votem e votem, sempre!
    Da mesma forma como o fazem há uma centúria de anos.
    Vocês merecem!

  4. berg diz:

    É oficial,no jornal nacional desta noite São Paulo e Natal não são mais
    sede da copa.

  5. Carlos Moisés diz:

    O RN deveria mesmo ser cortado da Copa 2014 – aliás, a FIFA deveria voltar atrás e mudar o país sede. Não tem cabimento um estado com carência em vários aspectos construir um elefante branco para “embelezar” a capital e servir apenas para os jogos da primeira fase da Copa. Cadê a melhoria de infraestrutura no interior do estado? Cadê o incentivo ao turismo no interior? Cadê as estradas estaduais? Cadê os hospitais regionais para desafogar a capital? Cadê a melhoria salarial e de equipamento de nossa polícia para combater a criminalidade crescente? Puxa… tanta coisa a fazer e um estado como o nosso querendo se aparecer na TV por duas semanas para o mundo e depois ter que dar manutenção num elefante branco… tanta irracionalidade… estou na torcida para que, além da Copa das Confederações, Natal saia definitivamente da Copa do Mundo 2014, para o bem de nosso estado.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.