segunda-feira - 28/10/2019 - 13:20h
"Parceria"

Fátima e Rosalba levam hospital a suspender atendimento

Governantes não cumprem acordos e colocam em risco milhares de vidas que dependem dos serviços

Do Blog Carol Ribeiro

Dezoito meses em atraso de complementação da Prefeitura de Mossoró e 15 meses do Governo do RN, além de três meses de atraso para manutenção da UTI pediátrica.

HWR: Prefeitura e Estado "unidos" no calote (Foto: Carlos Costa)

As pendências nos repasses inviabilizam a manutenção dos serviços no Hospital Wilson Rosado (HWR), que definiu parada a partir desta segunda-feira (28).

O HWR paralisa as cirurgias gerais, ortopédicas, cardíacas, de cateterismo e angioplastias eletivas. Também devem parar de funcionar 20 leitos de UTIs.

Problema antigo

Desde anos anteriores, é frequente a falta de repasses públicos para hospitais em Mossoró.

Em junho deste ano, a unidade hospitalar conseguiu acordo com a prefeitura pouco antes de parar atividades. O atraso na ocasião era de cerca de R$ 16 milhões por parte da Prefeitura de Mossoró e do Governo do RN. No entanto, foram repassados apenas seis meses dos atrasados.

Já em setembro, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, e a secretária municipal, Saudade Azevedo se reuniram para discutir a omissão nos repasses.

O governo do RN se comprometeu a fazer mensalmente um novo repasse para reduzir a dívida referente a 2019.

Quanto aos atrasados de 2018, as negociações estariam acontecendo, segundo informações da secretária municipal, embora não pareça ter se chegado a uma resolução.

Nota do Blog – Resumindo: governadora Fátima Bezerra e prefeita Rosalba Ciarlini (PP) se juntaram para tornar ainda pior a saúde pública em Mossoró e região. Entendemos.

Não existe força legal, humana, sobrenatural, psicodélica, intergaláctica que consiga fazer esses entes públicos cumprirem o acordado. E vai piorar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde

Comentários

  1. Marcos diz:

    Infelizmente a gestão de Rosalba escolheu a perseguição como política de administração,os pobres funcionários das upas que o digam ,pessoas que ocupam cargos momentâneos de cheia tentam humilhar servidores .nas duas upas são vários relatos . Mas o desgoverno Rosalba vai cair por terra por ano.

  2. Amorim diz:

    O acordo é em benefício “da kilo”?
    Devo não nego, pago se quizer.
    Já na Casta Superior é outra história.
    É muito triste.

  3. Victor diz:

    A quantas anda o credenciamento do Hospital São Luiz? É razoável que um hospital interrompa a prestação de serviços pelos quais não está recebendo, mas não é razoável que a população fique sem opção de atendimento.

  4. henrique diz:

    ALGUM POLITICO DESSE ELEFANTE FALIDO JA SE INTERNOU NUM HOSPITAL PUBLICO EM MOSSORO OU NATAL? QUANDO ADOECEM CORREM PARA FORA, TERMINA NO SIRIO LIBANES E O RESTO QUE SE LASQUE… DIGA-SE QUE ISSO NAO É DE AGORA, NEM SÓ NESSE ESTADO. UMA LASTIMA ESSAS COISAS AINDA ACONTECENDO E POBRES MIGALHANDO UMA VAGA DE UTI.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.