quinta-feira - 14/01/2021 - 02:22h
Xis da questão

Fátima persegue atualização salarial como fórmula mágica de 2022

Governadora recebeu 4 folhas em aberto de Robinson e tenta fechar débitos de olho em reeleição

O pagamento de mais uma folha remanescente da gestão estadual passada (de quatro que ficaram pendentes), anunciado (veja AQUI) dia passado pela governadora Fátima Bezerra (PT), é um alento para o meio circulante do RN. É um alívio também para mais de 105 mil servidores ativos e inativos, além de ser importante sinalizador político à própria governante.

Mesmo com um governo sem muito a mostrar, Fátima constrói favoritismo ao fazer o que antecessor negligenciou (Foto: Alexis Régis/arquivo)

Mesmo com governo modesto, Fátima constrói favoritismo ao fazer o que antecessor negligenciou (Foto: Alexis Régis/arquivo)

Seu antecessor, ex-governador Robinson Faria (PSD), em campanha para a reeleição em 2018, não conseguiu sequer chegar ao segundo turno, sobretudo pelo peso de meses e meses de salários em atraso.

Robinson deixou importante acervo de obras e ações governamentais por todo o estado. Seu desempenho foi infinitamente superior ao de Rosalba Ciarlini (PP), que lhe antecedeu, mas ficou marcado por uma obrigação basilar que não cumpriu e o condenou à derrota: o não pagamento salarial em dia.

O caso me remete a um diálogo com que tive em abril de 2018, com um secretário do então governador Robinson Faria, sobre seu potencial para concorrer à reeleição. Fui cético. Disse achar muito difícil que ele vingasse, inclusive a ponto de chegar ao segundo turno, caso fosse mesmo candidato.

“Mas, o governador tem muita coisa para mostrar e melhoramos a propaganda”, ponderou o secretário. “É verdade! Mas, se o salário não estiver em dia, isso não terá valor algum. Pode abrir um Restaurante Popular em cada município do estado e isso não adiantará nada”, sentenciei.

Fátima ao fim desse mês de janeiro de 2021 terá concluído a cobertura da terceira folha salarial herdada do ex-governador, além de estar assegurando até o momento a atualização salarial do período correspondente à sua gestão.

O suficiente

Ela e seu governo saíram arrasados das urnas no pleito municipal do ano passado, com reprovação popular em termos de avaliação administrativa. Nos maiores colégios eleitorais – Natal e Mossoró – os seus candidatos também tiveram baixo ou baixíssimo desempenho.

Mas, esses fatos não são determinantes ou antecipam o que ocorrerá em 2022, ano da próxima campanha estadual. Atualizar esse passivo que recebeu de Robinson Faria, sim, dirá muito.

E será o suficiente para credenciá-la à reeleição em 2022.

Hoje, claramente, ela não tem adversários. Nomes tradicionais seguem em queda livre – Alves, Rosado, Maia, Faria etc. – e nenhum emergente (eles existem?) parece estar pronto à contenda.

O bolsonarismo tem dois ministros – Fábio Faria (PSD) e Rogério Marinho (PSDB) – dando as caras com programações administrativas e políticas no estado, mas nenhum deles é individualmente uma força, no momento, para bater de frente com a governadora. Precisarão bastante que o próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido) arraste para cima um candidato no RN, como fenômeno que ele particularmente foi em 2018.

Até aqui, a instabilidade político-econômica do país, o próprio humor e verborragia presidenciais não sustentam algo parecido para viabilizar Fábio ou Rogério. O básico, ou ‘cumprir a obrigação’ de pagar salário em dia, pode ser o suficiente para Fátima se reeleger.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial

Comentários

  1. João Claudio diz:

    O pagamento dos atrasados é OBRIGAÇÃO. Exceto os PTralhas Xiitas, ninguém mais vai acreditar que esse dinheiro foi gasto em uma obra fixa projetada e executada na gestão do PT, onde toda a população do Estado seria beneficiada.

    Pagar o que deve é OBRIGAÇÃO. Não pagar, o Gópi estaria fadada a ser chamada de velhaca, assim como foi e continua sendo chamado aquele ex governador da ‘ceguranssa’.

  2. MDM diz:

    Imagina se Fatima atrasa-se quatro folha o que não diriam os anti petismo. Ela está
    botando o pagamento do funcionário em dia, (herança de governos passados) e ainda aparece um espirito de porco para criticar. Eu só queria entender.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.