domingo - 08/06/2014 - 11:08h

Fui sabendo de mim


Por Mia Couto

Fui sabendo de mim

por aquilo que perdia

pedaços que saíram de mim

com o mistério de serem poucos

e valerem só quando os perdia

fui ficando

por umbrais

aquém do passo

que nunca ousei

eu vi

a árvore morta

e soube que mentia

Mia Couto é poeta e escritor nascido em Moçambique

* Extraído do livro “De raiz de orvalho e outros poemas”

Categoria(s): Poesia

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.