sábado - 30/08/2008 - 10:57h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


A agência da Caixa Econômica Federal, Centro (Mossoró), massacra seus clientes de duas formas: as máquinas estão com dificuldade para leitura de cartões (atrasando atendimento) e a temperatura do local é escaldante. Tenham dó.

Como não sou de ferro, hoje esbarro em Areia Branca. Quero reencontrar alguns amigos, ver a "olho nu" a política regional, além de me esparramar numa "baladeira" (ou "tipóia"), elegantemente conhecida como rede. Mas não vou me distanciar daqui. Aguarde notícias.

Está ruinzinha a iluminação pública em Mossoró. Na periferia o problema é ainda maior. Injustificável. Sobra dinheiro, inclusive no que é arrecadado da "Cip", para esse fim. Esse cenário de filme de horror ajuda a ampliar os índices de criminalidade na cidade.

Prefeita Fafá Rosado (DEM), um apelo desse seu munícipie impertinente: oriente a sua equipe a remendar um buraco em permanente crescimento no cruzamento da Avenida Santa Luzia com Rua Desembargador José Mozart Menescal, Santa Delmira. Interesse público, que se diga. Além de representar um desejo particular. Obrigado.

Categoria(s): Nelson Queiroz

Comentários

  1. Togo Ferrário diz:

    Carlos Santos: Cosern, que tanto se vangloria de ter atingindo o número de 1 milhão de usuários em uma campanha publicitária que, no meu parco conhecimento em mídia deve custar uma fortuna razoável, está longe de cumprir com um dos objetivos da empresa que é a iluminação pública, e que em vários logradouros, inclusive no centro da cidade, está uma escuridão de causar inveja a morcego em caverna.
    Os alunos universitários que necessitam de tomar ônibus para chegar a UNP, UERN e Mater Christi, partindo da parada que fica nas imediações da panificadora 2001 e Conab, (antiga COBAL), na rua Mário Negócio, estão sendo vítimas de pequenos assaltos, principalmente roubo de celulares, no horário entre 18 e 19:30 horas. Naquele local o breu é de não enxergar um palmo adiante do nariz.
    Creio que os moradores e comerciantes da redondeza pagam a famigerada CIP todos os meses e, energia que é bom, necas de pitibiriba.
    Parafraseando o Bóris Casoy: Isto é uma vergonha!!!
    Do tamanho do quantitativo que a empresa recebe mensalmente dos usuários, que repassa à prefeitura, e o povo que se f@#*%…
    Como estamos em um ano eleitoral, embora a COSERN seja uma empresa privada mas tem uma parceria com a PMM no que se refere a iluminação pública, espero a solução do problema mais rápido do que o Rubens Barrichello em prova de fórmula 1.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.