sexta-feira - 26/04/2019 - 11:10h
Pregão deserto

Governo não encontra interessados à compra de royalties

Gestão tem 17 folhas para cobrir em 2019 e convive com déficit mensal de mais de R$ 120 milhões

Do Tribuna do Norte

O Governo do RN não conseguiu que alguma instituição financeira se interessasse pela compra dos créditos dos royalties do petróleo e gás natural do estado.

Foi deserto o pregão eletrônico promovido nesta sexta-feira (26) pelo Executivo. Ou seja, nenhuma proposta foi apresentada.

A expectativa do Governo Fátima Bezerra (PT) era conseguir pelo menos R$ 315 milhões para quitar compromissos, oportunizando – por exemplo – a redução de débitos com a folha de servidores.

O pregão eletrônico oferecia créditos relativos ao período de 1º de maio de 2019 a 31 de dezembro de 2022.

O lance mínimo previsto era de R$ 315 milhões para uma contrapartida de R$ 400 milhões, que seria paga à instituição financeira que oferecesse a maior proposta.

A previsão de arrecadação dos royalties até dezembro de 2022 é de R$ 559,9 milhões.

Ao todo, 17 empresas chegaram a baixar o edital,  mas nenhuma apresentou proposta.

Nota do Blog Carlos Santos – O Governo Fátima Bezerra (PT) precisa pagar 13 folhas de pessoal do exercício 2019, além de 13º e dezembro de 2018 integralmente. Além disso, uma parte de novembro de 2018 e um montante do 13º de 2017.

Enfim, são 17 folhas para cobertura este ano.

Bom lembrarmos, que mensalmente há um déficit de mais de R$ 120 milhões na folha de servidores, que deverá crescer mais ainda ao longo dos próximos meses.

Sem medidas realmente austeras e corajosas, o buraco tende a se aprofundar. Infelizmente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Viiiiiiixi!!! De volta à estaca zero.

    - Como assim?

    - Uma mão na frente e a outra atrás.

    - Ah, tá! E os salário atrasados dos servidores? Como fica?

    - Ficando, ora, pois.

    - Ahhhhhh, eu não entendi.

    - Nem eu.

  2. François Silvestre diz:

    Sei não, mas isso pode ter o dedo do governo federal. Bolsonaro se mete até em anúncios do Banco do Brasil. O obscurantismo só está começando.

  3. José Emerson de Lima Costa diz:

    O interessante é que reajustes para os deputados estaduais, para as procuradorias, defensorias e o judiciário do estado, com certeza vai acontecer, sem nenhum problema!!!

  4. João Paulo diz:

    A questão é muito simples, o governo Fátima já acabou. As medidas necessárias e polêmicas já deveriam ter sido tomadas, mas até aqui nada. A governadora venceu um pleito com êxito, mas não tem coragem para gerir o caos administrativo-financeiro que assola o Estado. Fátima vai afundando sua exitosa carreira política.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.