sábado - 16/05/2020 - 17:18h
Morte e dor

Imediata apuração com apoio da imprensa, OAB e sociedade


Em nome da família: irmãos, esposa, filhos e neta, venho pedir a imediata apuração do latrocínio de meu irmão Aribanaldo Soares da Silva, ocorrido na última quinta-feira, 14, no bairro Alto do Sumaré, em Mossoró.

Aribanaldo Soares, 49, foi a 77ª vítima de homicídio este ano em Mossoró, em provável latrocínio (Foto: da família)

Sei que as condições oferecidas para às polícias é por demais deficitárias, no entanto, acredito e confio que os excelentes profissionais que trabalham na segurança pública, principalmente com investigação, vão elucidar essa tragédia que abalou não apenas à nossa família, mas também à sociedade de Mossoró e de outras cidades onde meu irmão era conhecido por várias pessoas, por ele ser um homem de bem, trabalhador, bom filho, bom marido, excelente pai.

Aqui também peço o apoio dos colegas da imprensa de Mossoró especificamente, mas também de todo Estado, sejam eles dos blogues, rádio, televisão, pelo facebook, instagram. Enfim, o apoio de todos, para que sejam nossa voz diária e cobrem das autoridades competentes a elucidação do crime e que não venha a ser mais um a ficar impune.

Como advogado, peço também o apoio da Ordem dos Advogados do Rio Grande do Norte (OAB-RN) e da OAB Subseção Mossoró, tanto de seus presidentes e vices, bem como dos presidentes da Comissão de Segurança Pública, para que juntos cobrem das polícias a elucidação do crime, e do Governo do Estado o apoio devido para que este possa ser elucidado.

Também peço o apoio, e muito importante, que é o da sociedade, principalmente dos moradores do bairro Alto do Sumaré, que se algum chegou a testemunhar o crime possa anonimamente detalhar para a polícia. Às vezes, o que pensamos ser um pequeno detalhe, ele pode ser grande para a polícia. Contribua.

Aos comerciantes do bairro Alto do Sumaré, que eles olhem em suas câmeras de segurança os movimentos na última quinta-feira, 14, entre às 19h e 20h, se veem imagens de duas pessoas em uma moto preta e que não usavam capacete.Sei que pode parecer difícil para quem viu ou tenha uma câmera instalada e não queira passar informações, porém, espero que você leve em consideração que a próxima vítima pode ser você ou alguém de sua família.

Você ajudando, que será de forma anônima, vai contribuir para a sociedade toda.

Por último, peço a você das redes sociais que compartilhem esse pedido de socorro. Sei que muitos de vocês ficaram chocados, de coração partido, imagine nós da família que nos sentimos destroçados.

Nos ajude.

Ajude a polícia a nos dar uma resposta.

Aclecivam Soares da Silva - Advogado e jornalista

Nota do Blog - Meu irmão, que dor. Não tenho palavras, régua e nada capaz de medir ou sanar, minimamente, o que sentes. Mas conte comigo, conosco, Nosso Blog. Deus conforte todos vocês. Amém!

* Versão predominante até aqui, aponta que a vítima saía de casa, quando foi abordada por dois homens numa moto, anunciando assalto.

Após entregar carteira e celular, entre seus objetos pessoais, a vítima foi atingida friamente à bala. Ele, que trabalhava na operadora de telefonia móvel Oi, foi atingido com um tiro transfixante das costas para o abdômen.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. jose wellington barreto diz:

    Amigo Carlos Santos, boa noite!
    Diante do meu lamento e indignação, não contive o impulso emocional e faço esse breve comentário:
    Amigo a OMS e a ONU em seus estudos apontam que é tolerável para cada grupo de 100 mil habitantes, no máximo 30 homicídios por ano. Segundo as estatísticas, a nossa cidade tem aproximadamente 300 mil habitantes.
    Nesse giro, será tolerável que em Mossoró registre no máximo 90 homicídios por ano.
    Nós estamos no meio do 5º mês do ano e já estamos próximos de atingirmos essa meta tolerável desses organismos mundiais. Uma lamentável notícia. Mossoró é uma cidade violenta e recordistas.
    Lamentamos o acontecido e também rogamos providências urgentes.

  2. Inacio Rodrigues diz:

    É muito triste quando um homem de bem, trabalhador, tomba vítima de uma violência absurda dessa. Minha total solidariedade à família. A Polícia Civil, apesar da conhecida falta de estrutura e pessoal, é formada por homens e mulheres de boa vontade que, desde o momento da ocorrência do triste fato, estão correndo atrás dessa autoria. O Delegado que está a frente da investigação, juntamente com sua equipe ( Rafael Arraes e equipe da Defur) , é profissional experiente neste tipo de apuração e está fazendo e fará todo o esforço possível pra esclarecer esse crime bárbaro que doeu em todos nós.

  3. Rocha Neto diz:

    Se realmente houver empenho irrestrito com fulcro de desvendar este latrocínio, não tenho dúvida que logo, logo os meliantes estarão por trás das grades. Para os familiares de Ari, esta prisão servirá como um pequeno ato de justiça, pois os irresponsáveis passarão un cerro e pouco tempo isolado da sociedade, mais em breve retornarão, pois é assim que tem acontecido diante as injustiças dos homens. É triste ? É! Mais é a realidade que temos assistido nos dias atuais.
    Que Deus dê forças para os familiares de Ari poderem continuar a viver, oi sobreviver neste mundo ensandecido cheio de violências e injustiças. Só O tempo e Deus acomodarão a dor dos órfãos, viúva, irmãos e demais parentes de Aribanaldo.

  4. Leonardo S Oliveira diz:

    Indignado e triste com este acontecimento.
    Que o ALTÍSSIMO conforte os seus familiares.
    Que as autoridades policiais se empenhem na solução desse assassinato cruel e covarde, a fim de que a impunidade não venha prevalecer.

  5. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Que a polícia atue com muito empenho para descobrir os autores desse crime cruel e covarde. Que a justiça possa ser feita!

  6. João Marcelo diz:

    Pedimos justica!

  7. Amorim diz:

    Justiça; e dá baixa no CPF. ( Em gauches)

  8. GILSON GUILHERME BEZERRA DE FREITAS diz:

    Muito triste. como se não já bastasse outras dores que estamos sentindo… temos que conviver com uma barbarie dessa. Que Deus o tenha em seu reino. Que essa família enlutada e dolorida, possam receber as bençãos e o consolo, advindo do Senhor Nosso Deus.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.