• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
domingo - 30/05/2010 - 09:01h

Josué de Castro e a formação de novas consciências


Indubitavelmente a juventude de hoje reflete preocupante inversão de valores, quando não raro constatamos a ausência desses. As preocupações mais enfáticas são norteadas pela pregação que a mídia efetiva cotidianamente, cujo fomento é para determinado padrão a ser seguido, de acordo com os interesses, geralmente capitaneados pelas exigências do capital, presentes em telenovelas, veículos de comunicação diversos e outros recursos que ditam modas e regras de conduta. 

Josué de Castro se destacou pelo esforço e pela perseverança. Formado em medicina, primeiro cursou na Bahia, indo concluir no Rio de Janeiro, aos vinte e um anos de idade.

Com vinte e nove anos formou-se em filosofia.

O único romance que escreveu, intitulado “Homens e Caranguejos”, publicado em 1968, quando do exílio na França, revela a influência filosófica do autor, pois destaca personagem que parece ter sido inspirado no “Mito da Caverna”, contido na obra de Platão. 

Superar a pobreza, as privações e as provações, acreditando que a educação e a cultura são importantes fatores que propiciam a ascensão humana, tornou Josué de Castro respeitado em sua época, pois seu exemplo de vida, suas idéias impecavelmente defendidas em livros, relatos, discursos , etc., ganharam o mundo, traduzidos em mais de vinte e cinco idiomas. 

Quando da aplicação do projeto de extensão que coordenamos, intitulado “Discutindo a importância e a atualidade do pensamento de Josué de Castro em Escolas Públicas Municipais e Estaduais de Mossoró/RN” pressentimos de imediato que a mensagem positiva que corrobora os objetivos da proposta extensionista do Departamento de Geografia do Campus Central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte tem aceitação plena perante o público-alvo assistido.

O exemplo de Josué de Castro deve ser seguido pela juventude, pois só com ênfase à educação e á cultura conseguir-se-á driblar as aviltantes formas assumidas pelas injustiças sociais que assolam imemorialmente a sociedade brasileira.

Fazer com que o público-alvo se identifique com Josué de Castro é uma das metas prioritárias que embasam o trabalho desenvolvido em unidades educacionais públicas mossoroenses, razão pela qual pretendemos expandir ao máximo o desenvolvimento do projeto. A juventude necessita de uma referência positiva, pois constatamos que personagens que deixaram marcas desagradáveis possuem mais respaldo do que homens como Josué de Castro.

Caso referente a esta premissa encontramos em certas “louvações” a homens da estirpe de Virgulino Ferreira da Silva, pernambucano como Josué de Castro, mas que não possuiu nenhum requisito necessário para ser exemplo, não obstante verdadeira campanha que alguns desavisados realizam no sentido de inverter a real dimensão do mito. Era comprometido de corpo e alma com o banditismo rural, deixou seqüelas desagradabilíssimas na sociedade de sua época, matando, roubando, extorquindo, estuprando e fazendo todo tipo de maldades que não precisam de nenhuma apologia para referendar exemplo para a juventude dos dias de hoje.

Os jovens de hoje precisam se pautar na honradez de um homem como Josué de Castro, tendo em vista que a vida desse grande brasileiro, cidadão do mundo, foi e sempre será modelo de conduta, sendo necessário que se espelhem no exemplo afirmado sobre o amor ao próximo e o respeito às condições e dignidade humana.

José Romero Araújo Cardoso é geógrafo, professor-adjunto do Departamento de Geografia da UERN e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Categoria(s): Fred Mercury

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.