terça-feira - 17/09/2019 - 07:24h
Diassis Linhares

Martinho da Vila é nome em pauta para os 43 anos do Musibol


Diassis Linhares, nome de expressão da imprensa de Mossoró e Rio Grande do Norte, prepara aniversário de 43 anos do seu imortal Musibol.

Martinho da Vila é uma legenda da música brasileira e pode estar em Mossoró em Novembro (Foto: divulgação)

Faz planos para ter como principal atração musical uma legenda da música brasileira: Martinho da Vila.

Expectativa de Diassis Linhares é que a festança aconteça no “27 Saideira”, Rua Doutor Almeida Castro, centro de Mossoró, no dia 27 de novembro.

Nota do Blog – Reserve logo meu cantinho, caríssimo.

Por você, principalmente, a quem sou eternamente grato.

Depois, por Martinho.

Abraços.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais

Comentários

  1. Amorim diz:

    Eu vou!
    Grande letra, em relata a concepção, formação e que espera para o seu filho, Tom Maior!
    “Vai que amar a liberdade, só vai cantar em tom maior, vai ter felicidade de ver um Brasil melhor!”
    Sifú!
    Estes peste tentam, tentam tirar minha paz; mas não concsseguem, vão ter que ralar muito e comer no mínimo uma saca de sal!
    Que Deus os tenham e o diabo os carreguem; 2 mil trezentos e vinte uma vezes!
    Eu

  2. Amorim diz:

    Revizor chato : ” conseguem” imbecil! aprende a escrever; para com esta huega huega de escrever de pronto!

  3. João Claudio diz:

    Eu vô e num vô.

    NUM VÔ! Gostava de ouvir o Martinho quando ele era pobre, quando passou no vestibular e não tinha dinheiro para pagar a faculdade particular.

    Depois que ele deixou a vila e foi morar na zona sul e passou a comer loiras, brancas, as vadias, atrevidas, acanhadas, desiquilibradas, desdentadas, enfim, depois que ‘traçou’ todas, eu deixei de ouvir o sambista.

    EU VÔ! Em consideração ao amigo Diassis, uma autarquia que conheci ainda criança no início do anos 60, bem ali, na praça da União Caixeiral, ao lado da casa dos seus papitos.

    Vô, mas não vô uvi o sambista cantar. Explico: O fato de a festa do Diá atrair velhos amigos e amantes da Jovem Guarda (eles eram garotos que como eu amava os…já sabe quem, né?), vou botar pilhas alcalinas zero bala em meu Walkman, fazer uso do meu fone de ouvido e uvi ‘Dê Bitôlus’.

    Tradução:

    Todos em Mossoró curtindo o sambista e eu sozinho em ‘Liverpul’ uvindu Djon, Pôu, Ringo e George.

    A gente se vê lá.

    P.S – John Clodô promete prestigiar o evento e relatar no Pensando Bem… os fuxicos e futricos ocorridos durante o fojo.

    P.S (2) – Morta de inveja, Conde Clô já disse que espera receber de Diá um convite ‘ACBF” (Acesso, Comes e Bebes Free).

    Aplausos!

  4. Amorim diz:

    ” vai ter que amar”
    Acho que este ignóbio não tem jeito, está querendo “mescabar da minha alta propopéia”, em caso positivo; dar-te-ei “um socô no alto da sinagoga que por-te-ia mas raso que o solo pátrio!”
    Vai aprender a escrever peste!
    Eu.

  5. Amorim diz:

    O revisor manda adicinar o crédido dos ” ” .
    R.B.
    E corregir ” revisor “

  6. Amorim diz:

    ” Ova ” Amanha é Sábado” com MDV e Roberta Sá.
    Spotfy.
    Caso seja emotivo, listen e se tiver disposição; The Phaton Of The Opera”, gentileza em volume alto.
    Spoyfy ou you tube.
    História Dificil 1943 – Lulina – spotfy-Pereira Costa e Victor Santos
    A Banca do Destino – Lulina – 1959 – Billy Blanco e Dolores Duram, esculte e procure “ver” a quem se aplica ou aplicam.
    Fui!

  7. Amorim diz:

    ” menoscabar”
    Tem jeito não!
    O R. B. Mandou-me um Western reclamando! Aliais, aliais como diria o Prof. Caldas, não o Renato!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.