segunda-feira - 14/03/2016 - 23:58h
Tarcísio Maia

Médico diz que nunca viu ‘tanta gente morrer’ em hospital


Carlos Santos,

Nem no Hospital Walfredo Gurgel, onde fiz o estágio como doutorando e anestesiolando há 25 anos, vi morrer tanta gente a cada dia.

Carlos Alberto Almeida desabafa diante de Ricardo Lagreca (Foto: reprodução)

Vejam que não existiam algumas tecnologias amenizadoras de sofrimento e tratamento como hoje.

No entanto parece que o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) parou no tempo, mudou-se o objetivo,bque inicialmente parece-me que até a obstetrícia teria enfermaria, salvo engano.

Grupos fortes seguraram o elefante que começou a servir de triagem para os hospitais particulares de Mossoró e região, digo Russas-CE. isto é uma piada de mau gosto!

Sair paciente de Mossoró para dar a luz, fazer cirurgia ortopédica em Russas? Pode? Quais as explicações? Quais e quem foram as autoridades que permitiram?

Tenho certeza que se fosse um familiar levariam-no para Natal ou Fortaleza.

Vi matéria jornalistica publicando tratamento de familiar de políticos em maternidade de natal! Poderia ter ido para Russas?

Enquanto isto Lula, Dilma estão indo para o Sírio Libanês e o povo pobre morrendo.

Somente DEUS tem dó do povo.

Carlos Alberto Almeida é médico com atuação no HRTM.

Nota do Blog – Carlos Alberto Almeida desabafou à semana passada diante do secretário estadual da Saúde Pública, Ricardo Lagreca, quando ele fazia visita sem alardes ao hospital (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter com notas em primeira mão clicando AQUI.

Categoria(s): E-mail do Webleitor

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “Carlos Alberto Almeida desabafou à semana passada diante do secretário estadual da Saúde Pública, Ricardo Lagreca, quando ele fazia visita sem alardes ao hospital”
    O Dr. Carlos Alberto Almeida por ter falado a verdade vai terminar sendo tachado de mal-educado e SEM TATO. Em Mossoró ou se aceita tudo caladinho ou se é chamado de tudo o que não presta.
    Isto aconteceu comigo numa reunião no Colégio Evangélico, onde a auxiliar do prefeito para a Educação, após falar uma ruma de baboseiras, disse que os tênis não ia entregar aos alunos porque os pés das crianças cresciam e os tênis ficariam perdidos. Quando perguntei o que ia fazer com o DINHEIRO dos tênis fui chamado de mal-educado e gritaram que eu respeitasse quem não estava respeitando os pais das crianças. O mais triste é que aqueles que deviam me apoiar me acusavam de ser SEM TATO.
    O mais incrível é que esta mesma auxiliar disse que não servia MERENDA ESCOLAR em algumas escolas, na verdade em quase todas, porque faltavam merendeiras. Disse isto nesta reunião? Não! Disse isto numa emissora de rádio, Rádio Rural, programa Cidade em Debate, do Carlos Cavalcante. Disse porque eu liguei durante uma entrevista que ela concedia e cantava loas à educação em Mossoró. Ela disse isto numa rádio:
    FALTA MERENDA ESCOLAR PORQUE FALTAM MERENDEIRAS.
    Ela disse isto numa reunião com pais de alunos na Escola Evangélica:
    NÃO ENTREGO OS TÊNIS PORQUE OS PÉS DOS ALUNOS CRESCEM.
    Tudo isto a auxiliar do prefeito disse e nunca ninguém tomou uma providência. Imagino a repercussão que teria se declarações como esta fossem mostradas no REPÓRTER DO FANTÁSTICO. Por falar em REPÓRTER DO FANTÁSTICO ele anda por uma cidade nordestina fazendo uma matérias.
    Ao Dr. Carlos Alberto Almeida a minha solidariedade e a certeza de que como ALMEIDA, poderá até ser chamado de SEM TATO, mas jamais alguém o chamará de COVARDE!
    /////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM ,MARÇO?
    DEFENDA SEU DINHEIRO. NÃO VOTE EM CORRUPTO.
    ESTÁ PARA EXPLODIR NA POLÍTICA MOSSOROENSE UMA BOMBA DE MIL MEGATONS.

  2. Marcos Pinto. diz:

    Esse médico já não merece o mínimo de crédito quanto às suas suspeitas alegações, quando cita os nomes do Lula e da Dilma como se eles fossem os culpados por um problema que vem se arrastando desde quando o hospital foi inaugurado. Com certeza ele é um dos muitos culpados por esse caos instalado no HRTM. Deixa transparecer que é um dos muitos médicos brasileiros recalcados com a dinâmica atuação dos médicos cubanos. Ele só está estrebuchando porque um seu familiar passou por situações de dificuldades no HRTM, partindo daí a sua incoerência, pois o tratamento tem que ser igualitário para todos, e ele queria tratamento vip para o seu familiar. Homi, vá se catar !.

    • carlos alberto diz:

      Caro Marcos Pinto,gosto tanto de você e fiquei solidário com você e família,Márcia, quando daquela tragédia com o ente querido seu,inclusive fruto da medicina mossoroense.por onde passei fiz história como profissional da saúde que sou,desde Mossoró,Macau e Apodi. como pesquisador social procure rebuscar na maternidade Claudina pinto e em toda cidade do Apodi o “quantum” fiz de bem a esta queé a sua cidade. O que quis mostrar é que o partido que EU ajudei a fundar e a crescer que pregava uma valorização e melhora do serviço público,deu no que está ai. Quem tem dignidade, não fere as pessoas que tem um sentimento de justiça social. parabéns e muito obrigado. obs: Na época comentei com a sua irmã o supracitado caso,cujo com uma punção lombar precoce,talvez tivesse lhe poupado a vida.

    • carlos alberto diz:

      Caro Marcos Pinto,gosto tanto de você e fiquei solidário com você e família,Márcia, quando daquela tragédia com o ente querido seu,inclusive fruto da medicina mossoroense.por onde passei fiz história como profissional da saúde que sou,desde Mossoró,Macau e Apodi. como pesquisador social procure rebuscar na maternidade Claudina pinto e em toda cidade do Apodi o “quantum” fiz de bem a esta queé a sua cidade. O que quis mostrar é que o partido que EU ajudei a fundar e a crescer que pregava uma valorização e melhora do serviço público,deu no que está ai. Quem tem dignidade, não fere as pessoas que tem um sentimento de justiça social. parabéns e muito obrigado. obs: Na época comentei com a sua irmã o supracitado caso,cujo com uma punção lombar precoce,talvez tivesse lhe poupado a vida.

  3. carlos alberto diz:

    Não atuo no HTM,estive lá com meu sogro que se encontra na UTI após aquele justa inspiração. O conselho regional de medicina deveria fazer uma vistoria e condiçoes de trabalho in loco, pois são várias coisas que transcende a dignidade do paciente.

  4. Carlos Andre diz:

    Boa tarde Carlos Santos.

    Peço licença a vossa senhoria para saber o que vc acha de tudo isso que vivemos hj em nossa cidade, estado e país, seria exagero afirmar que hj vivemos um caos nunca vivido na história do Brasil, e se seria exagero imaginar que caso não se resolva esse impasse lá em Brasilia estaríamos incorrendo na possibilidade de uma intervenção militar?

    Apesar de ser jovem e não ser lá muito conhecedor de história, apesar de gostar muito dessa ciência, será que é exagero meu?

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Boa noite.

      Acho que passamos por um momento histórico, sem similar.

      Intervenção militar para botar ordem, não duvido, mas para ressuscitar a “redentora”, não. Mesmo assim, acho pouco provável.

      Estamos num esgoto, sem estadistas, sem uma liderança capaz de aglutinar forças antagônicas em torno de si, mas talvez seja uma grande chance para um novo começo.

      Abraços

  5. ANDRESSA SUENIA diz:

    Parabéns Dr. Carlos. A medicina humana precisa de mais profissionais como você, que conheço há muito. Sua estória de vida reflete o médico que és hoje. A expressão das indignações são importantes, nos faz aliviar a dor e buscar pela diminuição das injustiças cometidas pelos que podem resolver, mas não tem interesse. Sua postura quanto aos políticos influentes revela sua NÃO ALIENAÇÃO política, já que desde jovem foi militante petista, mostrando assim que tem bom senso e é um cidadão politizado.

    • carlos alberto diz:

      Sou de origem humilde e desde pequeno percebo as injustiças sociais com relação aos menos favorecidos, não sei se foi por residir próximo a igreja e via cotidianamente,chegar aqueles corpos em rede antes do sepultamento, talvez pelas circunstâncias e dificuldades para ascender materialmente na vida,no entanto o meu espirito não esquece e jamais esquecerá a minha bela,bonita e eterna classe social:a pobreza. não posso esquecer o meu passado,pois sem ele eu não teria subvertido a lógica do paradigma social. grato. obs: alimente, eduque o povo e não precisarás de prisão!

  6. carlos alberto diz:

    Caro Carlos santos, No dia 16 de dezembro de 2011 a minha esposa teve uma crise de pré eclâmpsia, fazia o pré natal com um ginecologista de Mossoró e estava com 07 meses de gestação.o feto entrou em sofrimento fetal e o procurei,realizado uma ecografia continuou a suspeita. O obstetra disse, a mulher tem como resolver, mas a criança aqui não dar para cuidar.corri gastei 02 horas e 20 minutos para natal, graças! amanhã a minha filha completará 04 anos e três meses. graças a DEUS e o diagnostico preciso, rápido. se EU não tiveesse ido à Natal?muitas vidas se perdem por falta de assistência adequada e rápida. grato

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.