sexta-feira - 29/05/2020 - 16:40h
Cadê o dinheiro?

Médicos têm quatro meses sem pagamento do Estado


NGO vai para quinto mês (Foto ilustrativa)

Os médicos ginecologistas e obstetras cooperados no Núcleo de Ginecologia e Obstetrícia (NGO) estão com quatro meses sem recebimento de seus serviços. Eles atuam em Mossoró.

Devedor, o governo estadual não sinaliza quando vai saldar os compromissos.

O mês de maio está por um fio para também virar débito, ou seja, o quinto seguido.

O montante de cada fatura passa dos R$ 200 mil.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

São quase 900 mil reais dependurados à base do “devo, não nego, pago quando puder”.

A última vez que viram dinheiro do Governo do Estado do RN foi em dezembro de 2019 (D.C – Depois de Cristo).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde

Comentários

  1. Amorim diz:

    Corrigindo: ” devo não nego, pago se quiser”.
    Assim será.

  2. barbosa diz:

    Boa noite ecriba!

    A falta de gerenciamento nas finanças estaduais revelam o que todos já sabiam: o pt é incapaz de conduzir o caixa e os destinos do povo do RN. É uma referência que balisa a expectativa de uma gestão que ñ consegue se quer pagar os servidores.
    Ora, um governo medíocre e insolente que fica gerenciando folha de pagamento com atraso de quase 6 meses, como vai exigir uma postura correta do cidadão em relação aos tributos?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.