domingo - 24/01/2021 - 08:08h
Tibau-Icapuí

‘Meu amor passou por aqui’, um circuito de belezas e sabores

Chrystian de Saboya mostra como é transformar o que já é bom e bonito em algo ainda melhor

Por Carlos Santos

Ideia dele. Coisa dele. Sim, do jornalista e produtor de eventos Chrystian de Saboya.

Há muito ele aterrissou de vez (de vez mesmo?) em Natal, tangendo sua vida e de sua família com mil ideias, eventos, arrumações (aqui no sentido mais amplo e polissêmico da palavra).

Lugares simples, impactados pela beleza da natureza e das pessoas, além das arrumações de Chrystian (Fotos divulgação)

Lugares simples, impactados pela natureza e pessoas, além das arrumações de Chrystian (Fotos divulgação)

Mas, quem disse que largou o sertão e o mar desse lado, das banda de Mossoró e Tibau? Nada de Tibau do Norte, por favor. Isso é invenção de quem não conhece minimamente os topônimos potiguares.

Irrequieto, Chrystian não parou na quarentena, sessentena, noventena… A partir de Tibau, por meses vem percorrendo a beira-mar do Rio Grande do Norte, nesse pedaço do Atlântico, até à vizinha Icapuí, pedaço cearense que até parece uma extensão do próprio RN.

Esse périplo não é só para desfrutar de belezas naturais tão idílicas. Seu olhar, tato de midas, vai mais além. Criou o projeto “Meu amor passou por aqui”. Transformou lugares, motivou gente empreendedora e atrai o olhar, paladar, olfato e todos os sentidos de muitos que não sabiam existir tanto para se desfrutar nesse pedaço de terra idílica.

“Já podemos fazer um circuito gastronômico entre Tibau no Rio Grande do Norte e Icapuí no Ceará, aproveitando também muitas belezas e o carinho das pessoas”, diz ele.

Oito locais receberam sua visita e foram modificados, arrumados, ajustados, embelezados para que se tornassem ainda melhores. Sua intervenção inclui decoração, mobília, cardápio, treinamento e uso de redes sociais, por exemplo. Quanto aos sabores….Delícias, que se diga!

Ao longo de cerca de 40 quilômetros de costa, com acesso pela BR-304 e RN-013 (Mossoró-Tibau) duplicada, Chrystian fez uma pequena revolução no visual, nos costumes, sem tirar o charme e o sabor da boa mesa. Esses pontos de sua iniciativa podem ser conhecidos a partir de Mossoró, distante 42 quilômetros de Tibau.

Ele mesmo fala e descreve os lugares em Tibau e Icapuí, que fazem a diferença no “Meu amor passou por aqui”. Que fique claro: passaram por seu teste rigorosíssimo de qualidade e abuso (tem que ter, claro).

Tibau

A Casa dos Ventos, Restaurante Nolasco e Junny’s lanches estão em Tibau, bem localizados e com boas credenciais. “Esses dois últimos há décadas estão brilhando sobre o mar da praia cantada.

“Pão & Sopa do empresário Nilo Nolasco, também abriu suas portas para o verão 2021”, avisa ele.

“São lugares carregadas de afeto, com comida deliciosa, arrumadinhos que dão gosto e merecem, de verdade, a presença de todos nós”, canta Saboya.

Para limpar a 'vista' em Redonda, na Casa da Gil (Foto: divulgação)

Para limpar a ‘vista’ e forrar o bucho em Redonda, eis a Casa da Gil (Foto: divulgação)

Icapuí

Saindo em direção à cidade Icapuí, você escolhe se quer trecho asfaltado ou beira-mar. Pela CE-261, cerca de 20 quilômetros separa seu núcleo urbano de Tibau. Rapidinho a gente chega num canto e noutro.

“Na praia da Placa, a barraca de dona Chaguinha é um sucesso. Na Mutamba, encontramos dona Irene e o seu lindo Icapuí Bom Café. Na Requenguela temos o maravilhoso João Velho”, vai descrevendo Chrystian de Saboya.

“Na praia da Redonda, que tem um dos visuais mais lindos desse planeta, o que era o restaurante ‘Bela Vista’ se transformou, para homenagear a sua dona, mulher guerreira, que já rodou o mundo e tem uma comida excepcional,  no Casa da Gil”, aponta.

E quando você pensar que já não tem mais nada, ainda se depara com o maravilhoso Garfo com Letras, em Ponta Grossa, “de Vanessa e Timóteo. O restaurante é de uma lindeza sem igual”, avaliza.

Olhar e paixão

“Todas as ‘reformas’, cobertas de cores e de respeito ao ser humano, aos seus ofícios, foram bancadas pelos meus eventos e por um mar de amigos”, diz Chrystian.

Sobre o projeto em si, o “Meu amor passou por aqui”, é uma aposta que ele conduz há cerca de oito anos. Poético, Chrystian justifica o que fez e faz: “Essa ideia abraça a vida e o ofício de pessoas alcançadas pelo meu olhar, vagabundo coração”.

O turismo na região denominada há poucos anos de “Rota das falésias”, com articulação de empresários do Ceará e do Rio Grande do Norte, é muito mais presente na banda cearense. Infraestrutura – como estradas, hotéis/pousadas, restaurantes, formação profissional – não para de ser melhorada por lá.

Chrystian: é ele, por ele mesmo (Auto-retrato)

Chrystian: é ele, por ele mesmo (Auto-retrato)

Na parte do Rio Grande do Norte, tudo parece teimar e concorrer para refrear o enorme potencial do que se denomina de “Costa Branca”, em que Tibau está incluída. A praia dos mossoroenses, é também de muitos paraibanos, outros tantos potiguares e mesmo cearenses.

Chrystian é um, entre outros, fazendo sua parte, dando sua contribuição, não esperando apenas sombra, sol, água fresca e mar.

Não satisfeito, complementa o porquê dessa dedicação: “Basta eu olhar e me apaixonar. Apaixone-se também!”

Tá tranquilo, tá favorável.

Vamos!

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Economia / Gerais / Reportagem Especial

Comentários

  1. Libi Maurey diz:

    Tudo que Chrystian faz é lindo e perfeito. Quanto talento, meu Deus!!!Rio Geande do Norte tem muita sorte em ter Chrystian como seu conterrâneo. Abençoado seja o Chrystian e todos que cruzam o seu caminho.

  2. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Christian de Saboya é o nome do talento. Empreendedor, elabora maravilhas. Salve, Chrystian!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.