quinta-feira - 25/02/2021 - 20:50h
Covid-19

Ministério acerta compra de 20 milhões de vacinas indianas

Covaxin ainda não tem aval da Anvisa (Foto ilustrativa)

Covaxin ainda não tem aval da Anvisa (Foto ilustrativa)

Do Congresso em Foco

O Ministério da Saúde anunciou a assinatura de contrato para importar 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin, desenvolvida pelo laboratório Bharat Biotech contra a covid-19. O contrato, avaliado em R$ 1,614 bilhão, deve selar a entrega dos imunizantes –que não passaram por testes no Brasil– até o mês de maio.

A importação será feita pela Precisa Medicamentos, uma empresa de importação e distribuição com sede em Barueri (SP) e que já importava testes de covid-19 do país asiático. Segundo um comunicado do Ministério da Saúde, o primeiro lote de 8 milhões de doses deve chegar ao país ainda no mês de março.

Sem aval

Em abril, outro lote de 8 milhões de doses deve chegar ao país. O último lote, de 4 milhões de doses, deverá ser entregue no mês de maio.

A vacina indiana da Covaxin não tem o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e só poderá ser aplicada no Brasil após autorização da agência reguladora.

Uma decisão da própria agência, tomada neste mês, pode contribuir para o sucesso da vacina no Brasil, já que a necessidade de estudos em Fase 3, a mais ampla e decisiva, foi retirada nos casos de uso emergencial.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Saúde

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.