segunda-feira - 31/12/2018 - 10:51h
Crônica

Monólogo da gratidão


Aviso-lhe de antemão: essa não é uma mensagem de Feliz Ano Novo!

É o monólogo de alguém grato.

Agradecido pelas ingratidões;

Agradecido pelos fracassos;

Agradecido pela minha incompetência;

Agradecido pelas injustiças;

Agradecido por não ser o ingrato;

Agradecido por não transferir a ninguém a culpa por minhas derrotas;

Agradecido por não alimentar recalque ou inveja por minha inapetência para o ter;

Agradecido por não ser algoz nem querer me vestir de herói, vítima ou mártir.

Feliz por começar um Ano Novo sendo aquele sujeito de sempre: fechado nas selfies, aberto para o mundo;

Feliz por ter um pedaço de mim em alguns poucos e guardar comigo o muito de todos eles;

Feliz por uma história que não me cansou ainda;

Feliz por sorrir (às vezes) e chorar (baixinho, sempre).

Venturoso.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Crônica

Comentários

  1. Rocha neto diz:

    Diante tudo isso, só agradecer ao nosso Deus por vc existir. Todos os dias tenha certeza q lembro de vc c carinho, e peço saúde e paz p vc é família. Pois o mais, vc sabe correr atrás. Obrigado p t amizade CARLÃO.

  2. iris Maia diz:

    Hummmm!!!!
    Parabéns!!
    Feliz e abençoado Ano Novo para você e família.

  3. Honorio de Medeiros diz:

    Vc se superou!

  4. François Silvestre diz:

    Superou-se nada, Honório. Você vai ver no ano que vem…

  5. PITULEIRA diz:

    Você é fera cara.O melhor jornalista do estado,sem nenhum favor.Me orgulho de sua amizade,parabéns e vá em frente.Apareça no melhor Carnaval do Estado,você tem o respeito de Caicó.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Aparecerei antes, se Deus quiser. Vamos beber em honra e na ‘companhia’ do nosso Caby. Mas quero receber alguma medalha, comenda, troféu. Arranje qualquer coisa aí no Bar de Ferreirinha. kkkk!

      Abraços. Saúde e paz.

  6. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Respeitosamente, e, pra que o monólogo receba um pouco que seja de um verniz poético, chantili/cobertura de poesia, porque não um pouco de Mário Quintana…!!!???

    Bilhete

    Se tu me amas, ama-me baixinho
    Não o grites de cima dos telhados
    Deixa em paz os passarinhos
    Deixa em paz a mim!
    Se me queres,
    enfim,
    tem de ser bem devagarinho, Amada,
    que a vida é breve, e o amor mais breve ainda…

    Mario Quintana

    Um baraço e que em 2019, consigamos todos, sobreviver com saúde e paz, mesmo ante todas as posssíveis atribulações do porvir….!!!!

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN.7318.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.