quinta-feira - 27/03/2008 - 23:05h

Nenhum “Pio”


No Rio Grande do Norte continua o desafio à profissionalização e o êxito do futebol do interior. Uma estratégia errada, burra e torpe na maioria dos atos. Perdem todos.

É imundo esse episódio em que o ex-dirigente do América Pio Marinheiro, como membro do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), tenta tirar do Assu o direito de jogar a semifinal do segundo turno do Estadual-2008. Sujo demais.

Pio sequer deveria estar exercendo esse papel. Seu mandato no colegiado expirou no início do mês (veja AQUI). O que o América não teve competência para resolver em campo, a pouca vergonha ou a plena desfaçatez quer conseguir no esgoto.

Todos deveriam se espelhar em bons exemplos. Vejam o Futebol de São Paulo, com clubes interioranos enriquecendo a disputa e valorizando cada confronto.

Chega de esperteza. Nenhum "Pio" aqui fará muito bem.

Categoria(s): We Are The Champions

Comentários

  1. Alcimar Antônio de Souza diz:

    Esses chamados “clubes grandes” de Natal não tomam jeito. Não conseguem ganhar em campo e tentam ganhar no tapetão, a qualquer custo. É uma pena que só cantem de galo aqui no RN, pois, em competições nacionais, matam de vergonha o futebol do RN. Ô Pio, deixe o futebol do interior usufruir aquilo que conquistou em campo! Com esses “Pius” e “Tadeus” da vida dirigindo os “grandes” da capital, vai ser sempre assim: derrota em campo, briga no tapetão. Até quando?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.