quarta-feira - 31/07/2013 - 15:52h
Mossoró

Novo fórum será ocupado até dia 20 de agosto


A transferência de toda a estrutura do Judiciário Estadual em Mossoró para o novo Fórum da Cidade, Desembargador Silveira Martins, ocorrerá entre 1º a 20 de agosto. Atualmente, as unidades funcionam em vários endereços da área urbana e passarão a funcionar no prédio construído na avenida Alameda das Carnaubeiras, 355, no bairro Presidente Costa e Silva.

As novas instalações terão os equipamentos necessários para seu pleno funcionamento. “Temos muito trabalho pela frente. Contamos com a colaboração de todos os que fazem a Comarca, e a compreensão da comunidade”, afirmou José Herval Sampaio Júnior, Juiz de Direito no exercício da Direção do Foro.

O magistrado entende que esse  esforço vai resultar certamente em mais comodidade para o jurisdicionado, “que passará a ser atendido em condições muito melhores, podendo resolver todas as questões relacionados ao Judiciário Estadual em um único lugar”.

Etapas

O calendário da mudança está definido. No período de 1º a 9 de agosto estarão se instalando no novo prédio as Varas Criminais e Cíveis. Entre os dias 09 e 12 será a vez do Juizado da Violência Doméstica e Familiar. De 09 a 13, a transferência envolverá as Varas de Família. De 13 a 16 de agosto mudará de endereço a Vara da Infância e Juventude.

Os Juizados Especiais serão transferidos entre os dias 14 e 17, ficando o período de  13 a 20 de agosto para a Vara da Fazenda Pública. Também se instalarão em nova sede a Central de Mandados, a Secretaria da Distribuição, a Administração e o Setor de Informática.

A construção do novo fórum de Mossoró é parte do processo de melhoria da estrutura física do Judiciário Estadual. O prédio tem área construída de 8.896,20 m², com destaque para um Tribunal do Juri, com capacidade para 249 pessoas ( 253,30 m²). O Projeto, totalmente adaptado para deficientes físicos (PCA completo), contempla três elevadores que darão acesso aos seis pavimentos do prédio.

Prazos Suspensos

Durante o período de mudanças das unidades da Justiça Estadual para o novo fórum estará suspenso o expediente forense externo na Comarca de Mossoró. A determinação consta da Portaria 678, publicada pela Corregedoria de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte.

De 1º a 20 de agosto ficarão suspensos ainda prazos processuais e  judiciais, observando o cronograma da mudança. A suspensão não prejudicará o recebimento regular das petições iniciais e de pedidos cuja apreciação exijam urgência. Com informações do Fórum Desembargador Silveira Martins.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público

Comentários

  1. Elizabete Oliveira diz:

    Prezado, boa tarde!!!
    Sou funcionária da OAB Mossoró e estou precisando manter contato com o senhor, pois enviei uma correspondencia da instituição ao seu endereço e a mesma retornou em virtude da ausência de pessoa para receber no referido endereço. Por gentileza entre em contato comigo, 84-3317-3302.

    Abraço,

  2. naide maria rosado de souza diz:

    Carlos.
    O Judiciário Estadual de Mossoró estará de mudança para o Fórum Novo. A concentração das Varas no mesmo prédio foi uma ideia bem concebida. Ao jurisdicionado, maior comodidade. Que Deus esteja também presente na Nova Casa da Justiça, iluminando as decisões de todos os magistrados.
    Parabéns, Mossoró!
    Um abraço,
    Naide.

  3. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Acabo de ver no Jornal da Band: ZÉ DIRCEU, DELÚBIO SOARES E JOÃO PAULO podem ser inocentados no processo do mensalão.
    Eu já começa a ter medo de que descubram que eu é que dei dinheiro para deputados no caso do mensalão.
    Se acontecer destes CONDENADOS serem inocentados o povo voltará às ruas.
    Não tenho bola de cristal nem coloco cartas, mas não sou imbecil ao ponto de acreditar que o povo irá engolir isto calado.
    Este Zé Dirceu outra coisa não fez nos últimos meses a não ser peregrinar por todos os estados da federação baixando a lenha nos ministro do STF.
    Eu estou aqui me desdobrando para achar uma maneira de explicar às minhas filhas como pode alguém ser CONDENADO pelo STF e depois ser INOCENTADO pelo mesmo STF.
    Pensar que eu não posso mais recorrer na questão que perdi.
    Pensar que me foi negado na primeira audiência a adoção definitiva das minhas duas filhas, filhas da minha esposa e que comigo vivem há mais de quatro anos.
    Dizer o que destas leis?
    Será que se eu tivesse dinheiro para contratar um advogado caríssimo não teria recuperado as promoções que me foram tiradas por não ter aceito ser informante na época da ditadura dentro do Curso de Comunicação Social da UFC?
    Será que se eu tivesse dinheiro para contratar um advogado caríssimo a adoção me teria sido negada?
    Chego a concluir que tudo depende do advogado que você contrate.
    No caso da minha ascensão funcional não posso mais recorrer.
    Mas se existir algum advogado que ache uma brecha para tentar rcorrer, caso ele venha a ganhar a ação pode ficar com todos os atrasados.
    A mim só interessa a reparação moral.
    No caso da adoção, com muito sacrifício contratei uma ótima advogada que de início evitou a extinção do processo.
    Resta-me rezar para que antes de morrer consiga ralizar o sonho de adotar estas duas crianças.
    Zé Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo não estão rezando.
    Estão dando risadas e mangando dos otários contribuintes.
    Até quando isto vai continuar?
    ///
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.