domingo - 15/07/2012 - 11:39h
Tudo azul

O exemplo como lição mais forte

Dia 4 de julho de 2012, às 16h10, Praça Bento Praxedes, Mossoró, a lei pros outros...ó!!!

A foto diz tudo: às 16h10 do último dia 4, no centro de Mossoró, precisamente na Praça Bento Praxedes (Praça do Codó), reinaugurada há poucos meses, um carro da Gerência de Trânsito (GETRAN) é estacionado irregularmente.

Ocupa espaço que é primazia para veículos com portadores de necessidades especiais. Já dizia minha santa mãezinha, que “uso de casa vai à praça”.

Sábia, muito sábia Dona Maura.

Categoria(s): Administração Pública / Repórter do Blog

Comentários

  1. Keliane diz:

    Carlos, temos um portador de necessidade especial em casa, com carro adaptado e adesivado, e sabemos o quanto é difícil estacionar no centro de Mossoró, por causa das limitações evidentes, decorrentes da falta de infraestrutura. Ademais, os poucos espaços adaptados, se tornam incipientes, haja vista que muitas pessoas não respeitam o que deveriam respeitar! Agora, essa falha por parte das pessoas que deveriam dar o exemplo, foi DEMAIS! Cadê os outros colegas azulzinhos, para aplicarem o rigor da lei? Ou será que a lei de trânsito só serve para os que não são guardas?

  2. Pietro diz:

    Colocar a foto sem conhecimento do que estava acontecendo no local é bem fácil… basta uma rápida leitura no art. 29 do CTB que percebe-se que os agentes neste caso não estão errados…

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Pietero, boa tarde. Os agentes nunca estão errados. Há alguns vários meses uma foto flagrou outro veículo em cima da calçada, numa rua em que não havia necessidade dessa “urgência”. Existe foto em outros deslizes, mas sempre estão certos. Talvez falte a uma parte dos agentes o uso do bom senso, que cabe em qualquer lugar e atividade e calçarem as sandálias da humildade. A maioria talvez não entenda o que eu estou dizendo, pois é muito jovem e impetuosa, mas a vida vai ensinar, como ensina diariamente a mim. Abração.

      • Monaliza Trigueiro diz:

        Carlos, boa tarde, amigo. Tendo em vista que qualquer fotografia é uma realidade parcial, como o senhor garante que não existia uma urgência? Estava presente? Concordo que os agentes cometem erros, claro, pois são seres humanos, mas apontar o dedo é sempre muito fácil. Ah! Não estou defendendo… Grande abraço.

  3. Allison Araújo Cardoso diz:

    O artigo do CTB ao que o amigo Pietro faz referência reza que esses tipos de veículos “gozam de livre circulação, estacionamento e parada, QUANDO EM SERVIÇO DE URGÊNCIA e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente”. O veículo da foto não se enquadra nesse artigo. Portanto, os agentes de trânsito se comportaram contra o Código de Trânsito Brasileiro.

    • Thiago diz:

      Amigo…esse veículo aí se enquadra sim ao referido artigo do CTB, está em serviço de urgência, está em serviço de fiscalização e provavelmente os agentes estavam notificando e tentando regularizar infrações no local. Se isso aí não se enquadra no artigo, em que se enquadra então? Não moro aí em mossoró, estou morando em Campina Grande – PB, mas vejo que os agente aí sofrem muito com a opinião da população, que ao invés de ajudar, fica criticando o trabalho dos mesmos. Se a população trata-los com educação, não ha porque eles destratarem os cidadãos. Aqui em CG os “marronzinhos” já passaram por isso aí, e só melhoraram com a ajuda da população e não com certos tipos de críticas que escuto e vejo até mesmo de familiares meus que moram aí em Mossoró.

    • Jean diz:

      Apesar da foto ser estática percebe-se que as luzes intermitentes estão acionadas.

  4. Pietro diz:

    REALMENTE VC´S ESTÃO CERTOS… A VIDA VAI NOS ENSINAR…

  5. CALIBRE 50 diz:

    ATENÇÃO CIDADÃOS QUE PAGA IMPOSTO EM MOSSORÓ QUALQUER ABUSO DESSES AZUIZINHOS É PRA PEGAR O NOME E DENUNCIAR NA IMPRENSA,PEGA A PLACA DA VIATURA E DENUNCIE!

  6. BRUNO diz:

    Ola
    Boa Tarde, Carlos acho que vc não entendeu o comentário de Pietro, o CTB da essa prerrogativa para determinados veículos, isso estando em operação devidamente identificado, na foto da pra ver o giroflex ligado. O caso do bom senso em um caso deste não tem como ter, imagina uma irregularidade na Pç. Bento Praxedes, como foi o caso, e não tem lugar para estacionar no local porem tem uma vaga ao lado da catedral de Santa Luzia, o que vc acha que deve ser feito? Por isso que o CTB da essa prerrogativa, nesse exemplo a VT estava em operação. Não sei esse outro exemplo que vc citou, estou comentando só este caso.E vou aproveitar o espaço para orientar todos os idosos e deficientes para irem fazer o cadastro na GETRAN, para poder ter o direito de estacionar nesses locais, pois esses adesivos que ainda hoje em Mossoró estão circulando não tem poder de regulamentação alguma. O veiculo que transporta idoso ou deficiente devera ter um cartão fornecido pela GETRAN, colocado no painel do carro quando estacionado em locais destinados para eles.Isso sim temos bom senso, porem quando identificamos o condutor ou carona, não autuamos e sim orientamos para irem fazer o cartão.Para informar isso não e uma regra de Mossoró e sim do Brasil segundo O CTB.Só para finalizar o D.F.T(DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DO TRANSITO) e um órgão fiscalizador.

  7. BRUNO diz:

    E respeito da sandálias da humildade, gostei do comentário. Alem de Agente de Transito somos, Advogados, Engenheiros, Médicos Veterinário,Professores(Pedagogos, Letras, Exatas),Contador, Administrador entre outros, porem novos em idade, e a vida nos ensina com cada erro e com cada acerto. E muito bom só apontar os erros dos outros, porem ninguém comenta os acertos. Isso não e só com o D.F.T e sim com todo mundo. Até mais e gostaria de te dizer que sou leitor e fã do seu blog.

  8. Gildo CaladoEsse diz:

    Caro Pietro, Realmente você tem razão, os agentes de trânsitos estam completamente corretos, eles se comportaram, nesse caso, igual a um determinado político da nossa querida Mossoro’ , quando o mesmo resentimente sentou-se em uma poltrona reservada para portador de necessidades especiais, em um avião, causando grande impasse para as autoridades da tripulação, inclusive para o comandante, autoridade absoluta na aeronave. A verdade e’ que os portadores de necessidades especiais, tem mesmo e’ que se mancar, a lei que foi elaborada, aprovada e sancionada com validade nacional e’ mesmo uma brincadeirinha. Isso e’ o nosso Brasil.

  9. Gilmar diz:

    Se tiver transporte, mantenha a documentação em dia. Tenha muito cuidado com esses guardas. Fique atento para não cair em flagrantes forjados. Vivemos no pais das multas e impostos e espertalhões.

    O retorno de acesso a UERN é um caos. É um deus nos acuda, MAS … LOGO À FRENTE…. muitas “lombadas” eletrônicas. É muito cômodo, né não??????

  10. BRUNO diz:

    Carlos,
    Vou aproveitar esse espaço novamente para tornar publico uma humilde opinião sobre transito. Quando entramos na universidade para cursar qualquer graduação após um determinado tempo sairmos formados e preparados para enfrentar o mercado de trabalho, do mesmo jeito deveria ser feito para se formar um condutor, pois quando saímos da auto-escola iremos tratar de vidas, a nossa e a de terceiros. Mas infelizmente não e o que acontece, não por omissão das auto-escolas e sim do governo.Pois deveríamos ter uma formação em transito da nossa infância ate nos tornar adultos, sendo isso feito na escola como qualquer outra matéria. Hoje o assunto transito, só e abordado na escola uma única vez no ano, na semana nacional de transito. A auto-escola não forma condutores só os preparam para passar na prova de volante e na teórica que por sinal e muito fraca.Não quero que acabe com as auto-escola e sim que elas sirvam como um cursinho preparatório para o exame final para ser tornar um condutor, pois o CTB não e tão simples assim que em alguns dias você já se forme um condutor.Eu tenho um exemplo próprio para passar me “formei” condutor mas só fique sabendo que era proibido estacionar a menos de 5m da esquina quando fiz o curso de formação de agente de transito.
    Citarei alguns exemplos que vejo nas ruas:
    Na lei 9.503/97 Código de Transito Brasileiro há vários artigos que proíbem ou permitem determinados tipos de conduta dos condutores, esses artigos estão no capitulo três, normas gerais de circulação e conduta um exemplo:
    Art. 29. XII – § 2º Respeitadas às normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.
    Aqui o maior quer passar por cima dos menores e os motorizados por cima dos pedestres.
    Art. 45. Mesmo que a indicação luminosa do semáforo lhe seja favorável, nenhum condutor pode entrar em uma interseção se houver possibilidade de ser obrigado a imobilizar o veículo na área do cruzamento, obstruindo ou impedindo a passagem do trânsito transversal.
    Aqui em Mossoró só o que acontece. Isso e regra não têm que ter uma placa explicando o condutor tem que saber.
    Art. 47. Quando proibido o estacionamento na via, a parada deverá restringir-se ao tempo indispensável para embarque ou desembarque de passageiros, desde que não interrompa ou perturbe o fluxo de veículos ou a locomoção de pedestres.
    Aqui o condutor acha que se ele tiver com o carro ligado ele pode ficar o dia todo no local proibido, e outra não verificam se estão perturbando o transito no local.
    Art. 48. § 3º O estacionamento dos veículos sem abandono do condutor poderá ser feito somente nos locais previstos neste Código ou naqueles regulamentados por sinalização específica.
    Aqui eles param em qualquer lugar, exemplo à esposa vai a loja x ai eu fico em fila dupla atrapalhando o transito e ainda digo que não estou estacionado, pois estou dentro do carro com o veiculo ligado.
    Já no capítulo sete da sinalização de trânsito
    Art. 86. Os locais destinados a postos de gasolina, oficinas, estacionamentos ou garagens de uso coletivo deverão ter suas entradas e saídas devidamente identificadas, na forma regulamentada pelo CONTRAN.
    Em garagem só as de uso coletivo devera ser identificada. Ex: condomínios e empresas.
    Já finalizando há algumas infrações de transito que no local do cometimento da mesma não precisa de placa, como estacionar ao lado de canteiro central, isso já e uma regra.
    Eu acho que com isso a população só tem a ganhar, pois conheceria a lei e saberia seus direitos e deveres como cidadão.

    • luiz florencio jacome diz:

      “Em garagem só as de uso coletivo devera ser identificada. Ex: condomínios e empresas.” CARO BRUNO, DIA DESSES
      FUI SAIR DE DENTRO DE MINHA CASA, COM MEU VEÍCULO E ESTAVA “PRESO” POR OUTRO VEÍCULO, ENTÃO FUI QUESTIONAR E CIDADÃO RESPONDEU: VOCÊ NÃO COLOCOU A PLACA DE GARAGEM ! ENTÃO SILENCIEI.
      POR ISSO PEÇO AO SR. QUE EXPLIQUE MELHOR NESSES CASOS. OBRIGADO.

      • BRUNO diz:

        Nesse caso como a garagem não e de uso coletivo e sim só da sua casa, basta ter a calçada rebaixada, pois no CTB diz: Art. 181. Estacionar o veículo: IX – onde houver guia de calçada (meio-fio) rebaixada destinada à entrada ou saída de veículos: Infração – média; Penalidade – multa;Medida administrativa – remoção do veículo; essa identificação que e mencionada no código são aquelas luzes piscando, que geralmente só servem para o pedestre se orientar que nesse local tem um fluxo maior de veículos, saindo da garagem. verificar resolução 38/98. e se ocorrer novamente só os ligar que resolvemos o problema.
        E a respeito da UERN la na rotatória que realmente e um caos, os agentes de transito municipal, não tem competência para trabalhar no local pois se trata de uma via federal, já na leste oeste o mesmo ocorre pois se trata de uma via estadual, porem nossa competência como órgão municipal só na avenida Profº Antonio campos que o fluxo e normal. Só lembrando que todas os dispositivos de fiscalização eletrônica que existe nesses locais não são da prefeitura e sim na BR da DNIT e da Leste oeste do DETRAN.
        E o seguinte a respeito da foto nesse caso essa vt se enquadra como serviço de urgência, realmente o CTB diz que tem que esta com luz intermitente ligada e com sinal sonoro acionado, mas isso so usamos para deslocamento da VT pois imagina vc chegar em um local que foi acionado por algum popular e ficar com aquele barulho ligado no local.Todos os órgãos que tem essa prerrogativa usa desta maneira, ou você já observou o Samu ou Policia ou qualquer outro deixar a sirene ligada?
        Por isso que continuo achando que a formação de condutores se deveria fazer na escola, pois so aqui tivemos três questionamentos que e bem claro no CTB. EX se o rapaz da garagem soubesse ele não perderia o seu direito como cidadão.

        • RIGONE SOUZA diz:

          Boas explicações Bruno! Acho que alguns blogueiros só sabem utilizar de seus canais de comunicações p/ falar mal antes de saber oq diz respeito. Certamente, um blog com dicas e duvidas serviriam a mais p população! e não oq eles perdem tempo criticando !

      • Pietro diz:

        Em garagem não precisa de placa… Basta acionar o 190 que iremos com maior prazer…

  11. Antônio Silva diz:

    É interessante que, quando alguém mostra mais um erro dos Agentes Municipais de Trânsito, sempre aparece um agente pra mostrar apenas um trecho do CTB que lhes é conveniente (o que pode levar a um entendimento errado, se tratando de leis) . E mais: basta que apenas um agente veja algo negativo publicado para convocar todos os colegas para comentar a favor. Só nos comentários dessa página se conta 3 ou 4 agentes. Qual seria a urgência que justifica esse estacionamento? Piada!

    VII – os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:
    […]
    c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência;
    […]

    Creio que se adeque bem às ambulâncias\bombeiros. A não ser que seja emergência aplicar alguma multa. R$

    • Monaliza Trigueiro diz:

      Interessante o comentário. Convocar os colegas… Hehehehe.

      • Antônio Silva diz:

        Ou será só mais uma coincidência muitos agentes acessarem todos os dias essa página, essa postagem? Ou será que eles advinham que estão falando deles? Fica a dúvida.
        Enfim, o número só aumenta.

  12. Pietro diz:

    O grande problema da fiscalizaçã é que quando a pessoa é notificada fica revoltada…mesmo estando errada,mas como fiscalizamos mesmo isso resolta a população que só quer levar vantagem … Outro dia fui abordado por um cidadão com uma notificação fe radar,que inclusive tem foto, e ele dizendo que tava certo… PACIÊNCIA!!! Ai me pergunto o porquê do ilustre fotografo não ter batido a foto de forma ampla… Fica a pergunta…. Será que não tem cunho político????

  13. Gilmar diz:

    É bom não dá cabimento a esses guardas. Há algo muito unilateral – A lei. E esta é usada, na maioria das vezes, para abusos. A História prova isso em todos os aspectos. Há uma tática nova hoje em dia, muito em vigor – pudor excessivo. É que, em tudo, agora é: “O motorista tentou subornar”. Motoristas, cuidado com flagrantes forjados. Desconfie de abordagens muito educadas (já que não de hábito)- deve haver algo filmando.

    Já dizia um jurista italiano (mais ou menos assim): “Pra que fazer o mal fora da lei se é possível fazê-lo à sua sombra.

    Unilateral? Sim! Porque não podemos multar os responsáveis pela lei do trânsito quando nos deparamos com certos descasos e transtornos. CAERN e COSER também. Fábricas de multas unilaterais.

    • RIGONE SOUZA diz:

      ” Desconfie de abordagens muito educadas …” Engraçado isso!

      Deve ser um desses descontrolados quando abordado ou notificado!

      • Gilmar diz:

        Engano seu! “Deve ser” é uma expressão que remete a um destinatário suposto.
        Então, toda essas denúncias de corrupção no Brasil é de descontrolados.
        Carlos, quais são as regras do blogue? O que é moderação?
        Já pensou, se os comentários for medíocres. Só de xingamenos entre leitores. Fica muito longe de ser a “ÁGORA” virtual que vc tanto deseja.
        Quantidade não é qualidade.

        Descontrolado é o semáforo da UFERSA que deve funcionar assim como os seus neurônios Rigione.

  14. Gilnete Filho diz:

    Ja presenciei dois agentes (cada uma em uma moto) devagar e pararam em frente a uma casa próximo à MONTEC, pois existia um carro em frente à garagem de uma casa e como dentro da garagem não existia carro, um agente ficou querendo multar e o outro argumentando que o carro em questão poderia ser da casa, mas não teve jeito, foi feita a multa.

    Outro dia próximo à Camara Municipal dois motociclistas do GETRAN avançaram o crusamento e por pouco não derrubaram um moto-táxi que vinha regularmente que buzinou para que o agente se lembrasse que tambem é um ser humano. O agente apenas olhou para o moto-taxista, pobre mortal, e disse um “VAMOS” como quem dissesse “eu posso fazer isso e você tem que engolir”.

  15. CANINDE SILVA diz:

    APROVEITE A POPULARIDADE DESTE BLOG, PARA COLOCAR FOTOS DE VEÍCULOS PARTICULAR QUE É ROTINA ESTACIONAR EM LOCAL DESTINADO PARA DEFICIENTE OU IDOSO.

    LOCAIS: DE FRONTE AO BANCO ITAU, BRADESCO, SANTANDER E DO BANCO DO BRASIL,PRAÇA DO CODÓ, DE ALIMENTAÇÃO , MERCADO CENTRAL ETC.

    ISSO TAMBÉM NOS AJUDARÁ.

  16. joao diz:

    OLHA PRA SER SINCERO, NAO GOSTO MUITO DESSE NEGOCIO DE FOTO PRA ROTULAR O QUE ESTAVA ACONTECENDO, MAS POR OUTRO LADO TAMBEM, SABEMOS QUE MUITO SERVIDOR PUBLICO GOSTA DE “ARRUMAR” UMA URGENCIA PARA ATENUAR SEUS ATOS. DIGO “SERVIDORES PUBLICOS”, NAO DOU EXCLUSIVIDADE AOS BRAVOS AZUIS, MAS TAMBEM POLICIAIS, GUARDAS, COLETORIA, ETC. SEI O QUE DIGO TENHO 12 ANOS NUMA CORPORAÇÃO ONDE VEJO O QUE ALGUNS DOS MEUS COMPANHEIROS FAZEM NA RUA. E SEM QUERER DAR UMA DE SERVIDOR CORRETO, LAMENTO PROFUNDAMENTE.

    • Gilmar diz:

      Muito pertinente esse comentário do João. Muitos funcionários públicos se aproveitam das facilidades que o cargo oferece para usar e abusar, para fins pessoais, dos serviços e materiais à disposição – ligações telefônicas, internete, folhas de papel e outros. Quer arranjar uma inimizade? Reclame.

  17. Keylla Duarte diz:

    Na sexta-feira a TCM tinha exibido esta matéria http://www.youtube.com/watch?v=O1NvpOEyNvY&feature=player_embedded#!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.