quarta-feira - 03/06/2020 - 20:20h
Pós-pandemia

O futuro que eu vejo


Muita gente vê um mundo melhor, porque o ser humano sairá melhor, pós-pandemia.

Puro apego metafísico ou delírio.

Teremos um repensar sobre capital e trabalho;

O home office passará a ser uma realidade mais presente e a ciência deve ter peso maior;

Outras pandemias virão.

O bicho homem continuará bicho.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog

Comentários

  1. Amorim diz:

    Espero que exista a pós pandemia!

  2. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Carlos Santos. Outra pandemia penso escapar. Estarei noutro lugar ou, talvez, em lugar nenhum senão nas lembranças de filhos, parentes e amigos. Agora, da endemia, não escaparei . O Corona é bicho ruim, permanecerá nas paradas até o surgimento da vacina salvadora.
    Tenho simpatia pela Naide, pós Covid-19. Ela há de ser melhor. Esses 3 meses me mostraram como sou sortuda com a minha família. Impossível, por exemplo, eu me deprimir diante dos movimentos de Alice e Artur. Uma novidade a cada dia. Ontem, tentaram me fazer entender que não são mais crianças, cheios de argumentos. Queriam que eu fosse dormir porque praticam atividades culinárias na madrugada, como se não desse para ouvi -los, sem contar os rastros…então, só por essa felicidade, serei, pelo menos, grata. E a gratidão melhora a espécie. Sim, tive o sofrimento de não poder estar com o meu filho quando ele estava com o Corona . E o sofrimento melhora a espécie É possível que eu tenha fraturado ou fissurado minha mão direita. Saberei na próxima terça-feira, quando, finalmente, irei ao ortopedista. Depois que meu filho ficou bom, ela passou a doer mais intensamente.
    A casa é de grupos de risco. Médicos e Policiais.
    Ontem, minha médica socorreu alguém na rua. Era um idoso sentado num batente de uma loja fechada, de cabeça baixa. Ela não suportou ver aquela solidão e foi até ele…chamou-o, ele levantou a cabeça e começou a dizer : ” Minha filha, minha filha, minha filha…” houve choro dos dois, mas ela cuidou dele. Covid-19? não temos certeza. Grande possibilidade. Solidão, temos certeza…
    Então, na beleza de meus filhos que, como nós, mantêm os salários das funcionárias afastadas, mesmo sem capital sobrando, nos gestos de humanidade deles, do meu policial que na próxima semana já estará em sua delegacia, nos muitos bebês que Sérgio trouxe ao mundo, tenho história na pandemia.
    Carlos, se eu não melhorar é porque sou muito torta. E, quem nasce torto…

  3. François Silvestre. diz:

    Perfeito

  4. Rui Nascimento diz:

    Só se for no resto do mundo…
    Difícil imaginar, pelo menos neste Florão d’América, pessoas melhores pós pandemia… A miséria ainda maior e o pesadelo da desigualdade social se apresentando em seu estado mais brutal, falam por si só!!!!
    Como imaginar, então, seres humanos (made in Brazil) melhores, com inimaginável abismo social – que já é abissal – à vista?

  5. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Rui Nascimento. Garanto que vou melhorar, aqui, neste “Florão d’América . Confio em mim. Sei quem sou e o que farei. O maior compromisso fica conosco, em nossas consciências.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.