quarta-feira - 25/03/2020 - 13:48h
Saúde

O impasse de Mandetta


Mandeta: orientação confrontada (Foto: atquivo)

Por François Silvestre

Após a fala de Bolsonaro em rede nacional, e a ratificação do rincho hoje pela manhã, o ministro da Saúde – Luiz Henrique Mandetta – não tem terceira via. Fica no governo, chamando Bolsonaro de timoneiro do barco da saúde, como fez, ou cai fora. Não há terceira via.

Se ele confirmar a necessidade das medidas adotados, não pode continua no governo. Sob pena de lhe faltar credibilidade para impor soluções. Bolsonaro o desmoralizou publicamente, seguindo a orientação dos seus “cientistas”; quais sejam, Flávio Bolsonaro, o ministro do meio ambiente, cujo nome desconheço, o general Heleno, positivado viral, e de longe, o guru Olavo do Carái.

Os Estados devem continuar com as medidas cautelares pertinentes e ignorarem o rincho presidencial.

É deixar Bolsonaro rinchando nas quebradas, com seus acólitos afiando os cascos.

Enquanto isso, até As Olimpíadas foram adiadas.

Coisa que só tinha ocorrido antes na primeira metade do século passado, devido a Segunda Guerra Mundial.

* Acompanha o blog Coluna da Palavra, de François Silvestre, clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Artigo / Política

Comentários

  1. João Claudio - Mãos lavadas e enxaguada com água do poço. diz:

    Eu ‘cantei a pedra’ AQUI.

    Vāo ‘acanaiá’ o vírus quando ele aqui chegar.

    Autoridades políticas e sanitárias de todos os países do planeta adotaram o toque de recolher.

    No brasil, o ‘atleta’ louco não quer jogar apenas um boi às piranhas. Quer jogar a boiada.

    O louco não apenas desmoralizou o ministro da saúde e equipe. Jogou uma pá de bosta liquida na cata de todos.

    Ás 17 horas de ontem, cerca de 4 horas antes de o louco cuspir merda na TV, a palavra de ordem de Mandetta e equipe durante a coletiva que acontce todas as tardes era:

    FIQUEM EM CASA.

    O ministro é responsável. Acho que ele não vai jogar a toalha em um momento tão difícil. Sua falta vai ser sentida por todos.

    A falta do louco é alívio. Que venha o Mourão.

  2. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Isso mesmo meu Caro François…!!!

    Entrementes, oportuno não esquecermos que o governador que indicou o atual Ministro da saúde, Sr. Luiz Henrique Mandetta (Único dos Ministros da Cavalgadura, o qual possui mais que 02 neurônios) para o supra citado ministério, tem nome, chama-se Ronaldo Caiado o Ruralista Goiano do Demo, governador esse, que há poucas horas rompeu politicamente com a Cavalgadura Mor: JAIR MESSIAS ASCO NARO…!!!

    E assim senhores e senhoras, a roda lusitana roda começar dar suas primeiras voltas no campo político, em plena efervescência de todos os efeitos colaterais, sejam ele: sociais, econômicos, políticos e culturais, advindos da chamada pandemia do Vírus Covid-19….!!!

    Aguardemos pois, até onde irá a paciência do povo brasileiro no tocante suposta loucura e (ou) frieza do Neo -Nazifascista que atualmente ocupa a Cadeira Presidencial da Terra chamada Brasilis…!!!

    Um baraço
    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 718.

  3. François Silvestre diz:

    Corrigindo, não foi Flávio e sim o irmão Carlos. Aproveito para ratificar minha total concordância com o texto de Carlos Santos sobre a semelhança siamesa entre os fanáticos. O seu texto não diz que Lula e Bolsonaro são semelhantes, como insinuaram alguns fanáticos de que ele havia dito isso. Sabemos que os dois são bem diferentes. Cada um com enormes defeitos diferentes e poucas virtudes democráticas. O que foi dito é que os fanáticos de cada um, de Lula e Bolsonaro, são semelhantes, se não idênticos. Não digo eleitores ou seguidores, que os há merecedores de respeito, falo de fanáticos. aqueles que não podem ouvir uma crítica ao ídolo sem cuspir fogo pelas ventas. Esses são xifópagos, unidos pelos umbigos, mesmo estando em lados opostos. E desses é melhor distância, pra não pegar carona no vírus.

  4. João Claudio - Mãos lavadas e enxaguada com água do poço. diz:

    Eu votei em Lula quando o mesmo disputou a eleição contra o falso ‘caçador de marajás’.

    Comecei a meter o pau no ‘cachorro louco’, a partir de 2005, imediatamente ao início do escândalo do mensalão. Não parei e não me canso em meter o cacete no ladrão safado.

    Defendi e elogiei o Bolsonaro, antes e depois da campanha, pelo fato de mesmo ter prometido botar ordem no cabaré.

    A partir do momento que começou a cagar pela boca, eu comprei um cacete de jucá e o deixei de pé ao lado do criado-mudo da cama.

    - PÁAAAAA….PÁAAAAA……PÁAAAAAAA….! Ouviram?

    Ontem, não me contive. Fiz uso do mesmo e sem pena de ser feliz.

    Não sei o que é fanatismo político, e se o conhecesese, jamais o usaria para defender políticos bandidos e FDP.

    O comentário do FS tem nome e ‘número’.

    Decifra-me ou te devoro.

  5. Hermiro Filho diz:

    Morrem todos os dias no Brasil dezenas de pessoas em consequências de mortes violentas através de homicídios e trânsitos e passa despercebido pela maioria da população.
    Ano de 2009 quando o delinquente Lula da Silva era presidente do Brasil, centenas de pessoas foram acometidas através de um vírus devastador classificado como INFLUENZA ou simplesmente H1N1 e não foi preciso quarentena e nem muito menos o país parou.
    Me parece mais politicagem onde os já conhecidos larápios querem a todo custo voltar ao poder.
    Vai ser um caos sem pretendentes.

  6. François Silvestre diz:

    O Mandetta virou perneta. Perna de pau de pirata saiu do porão, onde parecia sensato, e foi beijar a mão aleijada do capitão gancho. Havia, pra mim, dois sensatos nesse governo; um era ele. Mas avacalhou-se para manter osso. O outro é o Mourão. Ainda aposto na sensatez do General. O resto é uma esbórnia institucional.

  7. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Ora, até lavar as mãos aqui no RJ é atividade suspeita. Água contaminada, esquecida por não ser a bola da vez.

  8. Fernando diz:

    Um pequeno conselhos para os que acreditam na ‘’gripezinha’’, aproveitem a promoção das passagens aéreas e vão passear na Europa. Se não, que tal New York?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.