• Expofruit - Teaser - 20-07-18 a 21-08-18 - Topo
sexta-feira - 29/09/2017 - 18:48h
Uern

Oposição erra feio ao destilar suas raivas


A esquerda “democrática” e oposicionista da Universidade do Estado do RN (UERN) outra vez andou destilando mal sua raiva.

Na 49ª Assembleia Universitária na noite passada (veja AQUI), no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), foi vaiada e rotulada de “golpista”.

Profundo equívoco.

Apesar de filiada ao partido do presidente Michel Temer (PMDB), Izabel foi uma voz em favor da permanência da então presidente Dilma Rousseff (PT). Em entrevistas e discursos contrariou os próprios líderes partidários.

Os “companheiros” erraram feio.

No mínimo, foram injustos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais / Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “Na 49ª Assembleia Universitária na noite passada (veja AQUI), no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), foi vaiada e rotulada de “golpista”.
    É preciso entender que tipo de golpe a golpista praticou para ser merecedora destas vaias.
    Contratar empréstimo consignado e se escamar do pagamento das prestações não é praticar um golpe?
    Mesmo estando condenada a mais de 5 anos de cadeia, em primeira instância, querer se perpetuar na presidência da Câmara Municipal de Mossoró não é um golpe?
    Ao usar dinheiro público para quitar prestações de um empréstimo consignado prejudicou toda a cidade, já que este dinheiro poderia ser estornado pela CMM aos cofres da prefeitura e ser utilizado na Educação ou na Saúde. Fazer isto foi ou não foi um golpe contra Mossoró?
    Estas vaias certamente farão os vereadores refletirem um pouco sobre quem vão reeleger para a presidência da CMM.
    Os eleitores da Isolda, que votou pela continuação da condenada a mais de 5 anos de cadeia na presidência da CMM estão satisfeitos a vereadora que elegeram?
    O povo não tolera mais a presença de condenados por prática de corrupção, mesmo que no aguardo do julgamento de recurso, na vida pública.
    Estas vaias breve acontecerão em todos os locais aos condenados por prática de improbidade.
    Felizmente o TJRN já sinaliza que o julgamento dos recursos SAL GROSSO é coisa de dias.
    A morosidade da justiça, que gera IMPUNIDADE, foi o tema central da fala do General Mourão.
    Parabéns a todos os que vaiaram e aos que continuarão a vaiar, em qualquer local, os condenados por prática de improbidade e que, graças a recursos, continuam na vida pública.
    Mossoró começa a mudar.
    /////
    OS RECURSOS SAL GROSSO ESTÃO NO TJRN DESDE 06/09/2017. AGUARDEM!
    AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CMM ESTÃO SENDO APURADAS DESDE 06/12/2016.
    GENERAL MOURÃO EXPRESSOU O SENTIMENTO DA NAÇÃO.

  2. Francisco BEZERRA diz:

    Mãe de Dinhá continua fazendo previsões, quer decidir pela justiça, define prazos, incita o ódio, enfim é um descontrolado emocional, graças a Deus as previsões não tem acontecido. Inveja e ódio dois sentimentos que não entendo como um espirita alimenta diuturnamente. Que Deus abrande seu coração e mente doente!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.