quarta-feira - 21/08/2019 - 09:44h
Política

Partido sem comando deve parar nas mãos do rosalbismo


Genivan e Tomaz saíram de comando (Foto: montagem)

Sem comando e sem referência alguma em Mossoró desde a campanha estadual do ano passado, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) deverá ficar no arco de partidos ligados ao rosalbismo, para projeto de reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Só para lembrar: na disputa eleitoral de 2018, o seu filho Kadu Ciarlini (PP) foi candidato a vice-governador na chapa do dirigente estadual do PDT, o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves.

Anteriormente, os ex-vereadores Tomaz Neto e Genivan Vale conduziam e eram as principais referências do pedetismo mossoroense.

Mas eles se afastaram da gestão por divergência com comando estadual (veja AQUI) em agosto do ano passado. Não seguiram a candidatura de Carlos Eduardo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Wendell Stewart da Costa Silva diz:

    Os dos ex-vereadores foram muito coerentes, tiveram uma postura digna de cidadãos de bem, eles foram desprezados por aliados de ocasião, ou seja, a cúpula do rosalbismo, esão de parabéns.

  2. Lair solano vale diz:

    O político e cidadão de bem Genivam Vale deve continuar na política partidária e entendo que o Partido em que estiver só tem a ganhar. Quem é coxo ( sem mandato ) deve partir cedo. Conte comigo.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.