segunda-feira - 26/07/2021 - 23:58h

Pensando bem…

“Quem quer que você seja, seja alguém bom”.

Abraham Lincoln

 

Categoria(s): Pensando bem...

Comentários

  1. João Claudio diz:

    – Vô, o senhor tá vendo as competições olímpicas?

    – Tô só ouvindo.

    – OUVINDO? Ora, o senhor tem uma TV no quarto e prefere ouvir no rádio?

    – Tô ouvindo na TV. Só uso o rádio para ouvir a voz do brasil.

    – Eu num tô entendendo…!

    – Simples! Eu escureço a tela da TV e fico ouvindo apenas o som.

    – Isso existe?

    – Existe e eu explico. As narrações e os comentários são mais emocionantes do que qualquer competição. Portanto, não precisa ver, basta ouvir. Por exemplo: enquanto os atletas competem calados, narradores e comentaristas ‘entram’ em quadras, piscinas e até no mar para falar com os atletas…’Faça isso. Faça aquilo; Mete por baixo, vai; Ataque pela esquerda; Lembre-se que você veio aqui para ganhar; Aplique uma direita. Você não está vendo que o adversário tá cansado?; Agora! Agora! Chuta pro gol, chuta; Tá na hora do nocaute. Tá valendo medalha. Acerta a cabeça;
    Vai pra direita. As ondas por lá estão melhores; ENCOSTA NA REDE…BLOQUEIA! BLOQUEIA!;
    A Marta tá sozinha. Mete a bola pra ela, vai’.

    – Eu ainda não tinha reparado. Quer dizer que o narrador e o comentarista participam das competições?

    – De corpo, alma, garganta nas alturas (nota ‘si’) e soltando a franga escancaradamente. Por isso, é muito mais emocionante ouvir do que ver.

    – Ah, tá! Vou fazer um teste.

  2. João Claudio diz:

    – Quando a maoria dos brasileiros imaginava que o país tinha chegado ao fim da picada e que tinha chegado a hora de todos e todas jogarem a toalha, eis que surge uma notícia que vai mudar o rumo da história.

    – QUAL? QUAL?QUAL

    – Marta é a única jogadora a fazer gols em cinco olimpíadas.

    – VIIIIIIIXI! Estorou a boca do balão. A NASA tá sabendo?

    – Ainda pergunta? E digo mais: felizes serão aqueles e aquelas que nascerem daqui por diante. Muita riqueza e a certeza de que vão, enfim, viverem felizes para sempre em um país de primeiro mundo.
    Eu me arrependo muito em ter nascido no fim dos anos 30.

    – Tá arrependido?

    – Ainda pergunta? Não consegui ‘curtir’ as duplas sertanejas; o forró do Ceará; o funk, punk e a sofrênça; não pude furar as orelhas para colocar brincos; colorir os cabelos, e nem tão pouco tatuar o corpo. Cheguei tarde demais. Entende?

    – Entendo e lamento…snif! snif! snif!

    – Engula já esse choro besta. Engula.

    – Passou, passou, passou. Engoli! Pronto!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.