sábado - 27/09/2008 - 16:59h

Pimenta em “tucano” não é refresco


O prefeito de Icapuí (CE), José Edilsn da Silva, o "Irmão Edilson" (PSDB), deu entrada na segunda (22) no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em situação agonizante. Efeito da política sucessória em seu município.

Ele foi intoxicado com gás de pimenta. Além dele, outras 45 pessoas, entre elas, quatro crianças, também foram atingidas com o mesmo produto.

Irmão Edilson participava de um café da manhã com correligionários, na segunda, quando a aglomeração foi dispersa por um grupo que o atacou com o gás. Causou corre-crre e pânico generalizado.

Nota do Blog – Pelo visto, a idéia logo será copiada no vizinho RN.  

Categoria(s): Sem categoria

Comentários

  1. José dos Navegantes diz:

    Carlos Santos, o prefeito de Icapuí deu um show de encenação teatral. Não foi gás de pimenta coisa nenhuma e ele não estava nem perto das pessoas que foram molhadas com água da torneira (que pelas bandas das praias não são quentes como as nossas). O Irmão Edilson, como é conhecido, estava com um grupo fazendo um barulhento café da manhã político em uma das ruas de Icapuí. Alguém da sua equipe, ao saber que o vizinho era um ferrenho adversário, jogou um rodo (símbolo da campanha psdbista em Icapuí) pelo muro do vizinho. Por sua vez, em reação ao rôdo, o vizinho ligou a torneira e jogou água, apenas água fria, no meio da multidão. Para dar tons trágicos ao evento o prefeito fez-se de atingido mortalmente e fugiu para Mossoró, onde não deu entrada em hospital nenhum e apenas voltou quando a confusão estava armada. Uma jogada típica do motoqueiro do créu ou do apocalipse. Veja cenas no link a seguir: http://br.youtube.com/watch?v=IWKh6nhdhTo

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.