sábado - 04/04/2020 - 18:28h
Agência Moscow

Planeta Diário e Conectados fazem jornalismo no YouTube


William e Izaíra: jornalismo (Foto: divulgação)

Estreou essa semana no Canal da Agência Moscow na plataforma YouTube (veja AQUI), o programa matinal “Planeta Diário”, que destaca as manchetes dos principais blogs e sites de Mossoró, do estado e as capas dos jornais brasileiros e internacionais, sempre às 8h. Nesse domingo (5), é a vez de estrear o programa “Conectados”, às 10h.

A jornalista e mestre em Ciências Sociais, Izaíra Thalita, mostrará no Conectados temas relacionado à tecnologia e Internet. “Vamos toda semana contribuir com a temática da Internet e tecnologia, mas envolvendo a questão com humanidades, pensando no equilíbrio e praticidade do uso eficiente dos aplicativos. Precisamos dar uma utilidade a Internet e encontrar finalidades para esses usos”, frisa.

O programa terá duração de cinco a dez minutos.

Assuntos do dia

O Planeta Diário é apresentado pelo jornalista William Robson. Ele comenta os assuntos do dia, projetando a primeira páginas dos sites e abordando os assuntos que se destacam naquele momento.

“É um passeio pelos jornais locais e de fora, para que a audiência da Agência Moscow possa ter uma visão rápida e geral do que está acontecendo em Mossoró e em outras partes do mundo”, explica o jornalista.

O programa tem uma duração média de 10 minutos e é sempre veiculado de segunda à sexta-feira.

Nota do Blog – Sucesso, pessoal. Competência vocês têm.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação

Comentários

  1. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Boa conexão/associação eventual entre a Agência Moscou e o Planeta Diário.

    Sempre procuro assistir os comentários e atualidades disponibilizados pro Willian Robson e Bruno Barreto do chamado Foro de Moscou, quando nos traz as reais e factuais noticias do nosso município e estado, tanto no campo político, quanto econômico e administrativo.

    Que essa e outras interações possam se alargar, fazendo e trazendo à nossa imprensa o ressurgimento de um jornalismo mais isento e menos dependente, sobretudo dos nossos conhecidos e manjados monopólios seculares monopólios no âmbito da nossa dita comunicação social, ainda com estruturas iguais às Capitânias Hereditárias no tempo do Brasil Colonial.

    Um baraço
    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  2. João Claudio diz:

    CONSERTOU O TECLAAAAAADO???????

  3. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Sucesso!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.