domingo - 11/08/2013 - 09:59h
Cure de Medeiros

PMDB projeta nome de médico à nova eleição mossoroense

Deputado Henrique Alves vê momento como importante para que partido seja protagonista novamente

O nome do médico hematologista Cure de Medeiros não sai da cabeça do deputado federal Henrique Alves (PMDB), para empreitada político-eleitoral em Mossoró.

Cure: nome já sondado em 2012 (Jornal de Fato)

Ele era seu nome preferido a vice de Cláudia Regina (DEM) em 2012 (veja AQUI). O parlamentar frustrou-se com a recusa do médico em estrear na política.

O lugar caiu do céu para o advogado Wellington Filho (PMDB), sem qualquer expressão política e escassa relação com o próprio partido. O advogado foi apresentado pela presidente local da sigla – Izabel Montenegro – como uma das opções e terminou sendo aceito por Henrique.

Com a possibilidade iminente de uma eleição suplementar à Prefeitura de Mossoró, Henrique volta a ter o nome de Cure à mesa. Dessa feita, com um degrau acima dos planos anteriores: nome a prefeito.

Por seu perfil novo, como homem empreendedor e devotado à luta contra o câncer (inaugurou recentemente o Hospital da Solidariedade, em Mossoró), sem a pecha de ser um “político profissional”, Cure seria a pessoa certa para o momento atual.

Numa conjuntura conturbada, com lideranças locais fragilizadas ou impedidas de participação direta no pleito, o médico pode se encaixar no projeto do PMDB.

Penduricalho

São esses raciocínios que passeiam na cabeça de Henrique Alves.

Há décadas o PMDB deixou de ser um partido de proa para representar mero penduricalho de facções do rosadismo.

Henrique Alves – presidente da Câmara Federal –  e o seu primo Garibaldi Filho (PMDB), ministro da Previdência Social e senador licenciado, querem mudar esse destino. Por isso a relutância em passar outra vez a direção partidária para outro membro do clã Rosado ou apontar algum novo vice que seja representante dessa oligarquia local.

A hipótese de outra eleição municipal que se desenha, é uma chance que “cai do céu” para o partido ser protagonista e não apenas caudatário de projetos alheios.

Henrique: PMDB como protagonista

Nos bastidores, a vereadora licenciada e secretária municipal do Desenvolvimento Econômico, Izabel Montenegro, tem adiantado disposição de ser candidata a prefeito. O partido não mais faria composição como vice em outra disputa eleitoral.

Reengenharia

Contudo é pouco provável que ela seja içada pelo comando partidário estadual para esse patamar. O que não a impede de se mexer e costurar meios para se viabilizar como uma peça de substituição a Wellington, numa nova coligação DEM-PMDB. Ela, agora, seria a vice.

Na articulação pré-eleitoral de 2012, Izabel foi praticamente perfeita. Tirou do caminho nomes com maior capital eleitoral a vice, ligados ao esquema da então prefeita de fato Fafá Rosado (DEM) e conseguiu plantar Wellington, filho da ex-vereadora Gilvanda Peixoto (DEM), na chapa.

Em contrapartida, teve da ex-vereadora – historicamente ligada à governadora Rosalba Ciarlini (DEM) – um apoio para poder novamente ser eleita a vereadora.

Com uma eleição suplementar a prefeito, a reengenharia é mais complexa.

O PMDB quer ter mais peso, poder de influência e capacidade de despontar com candidato próprio.

A última vez que isso aconteceu, sem a impressão digital dos Rosado, foi em 1982, quando apostou na chapa João Batista Xavier-Rogério Dias a prefeito e vice, derrotada por Dix-huit Rosado-Sílvio Mendes.

Eleições de 1982 (Fonte: Agência Herzog/Blog Carlos Santos):

– Dix-huit Rosado (PDS) – 21.510 (41,68%);
– João Batista Xavier (PMDB) – 15.466 (29,97%);
– Canindé Queiroz (PDS) – 4.388 (8,50%);
– Mário Fernandes (PT) – 428 (0,83%);
– Paulo R. Oliveira (PTB) – 48 (0,09%);
– Brancos – 8.145 (15,79%);
– Nulos – 1.621 (3,14%);
– Maioria Pró-Dix-huit – 6.044 (11,71%).

Entretanto, essa eleição também foi marcada por situações inusitadas, que obrigaram a própria cúpula estadual do partido a não estimular a vitória de sua chapa, em Mossoró, no que ficou conhecido como “voto cinturão”. Foi um gesto de gratidão do líder peemedebista Aluízio Alves ao deputado federal Vingt Rosado (PDS)

Aluízio era candidato a governador, retornando de período de cassação de mais de dez anos. A legislação eleitoral desenhada pelo regime militar impôs o “voto vinculado”: eleitor só podia votar em candidatos do mesmo partido – de cima a baixo (governador, deputado federal, deputado estadual, senador, prefeito e vereador), nas eleições gerais que ocorriam na mesma data.

Aluízio: "Cinturão" por "Camarão"

Rompido com o grupo do primo Tarcísio Maia, ex-governador, Vingt negou-se a endossar candidatura ao Governo do Estado do engenheiro e ex-prefeito natalense José Agripino (hoje senador, filho de Tarcísio).

O líder Rosado optou por se reaproximar de Aluízio após décadas de conflitos e muito radicalismo bilateral.

O parlamentar pediu o “voto camarão” (cortando a cabeça da chapa, ou seja, a governador), enquanto Aluízio defendeu o “voto cinturão” (seus eleitores deixavam em branco o voto a prefeito de Mossoró).

Aluízio perdeu as eleições para o Governo do Estado por mais de 107 mil votos de maioria pró-José Agripino e Dix-huit elegeu-se pela segunda vez à Prefeitura de Mossoró.

Em meados de 1985, o PMDB passou a ser a “casa” do grupo Rosado, cedido pelos Alves em composição ampla que causou desapontamento em muitos peemedebistas históricos.

Em 2005, o rosadismo largou o PMDB, após cerca de 20 anos de ocupação.

P.S – Se estivesse vivo, Aluízio Alves estaria completando 92 anos de idade hoje. Faleceu em 6 de maio de 2006.

 

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Vladenilson duarte diz:

    A politica sempre querendo manchar a conduta dos Homens Bons desta sociedade. Dr Cure é grande demais pra se envolver neste lamaçal chamado politicália brasileira.

    • Francisco César diz:

      DR. CURE PEÇO EM NOME DE DEUS NÃO ACEITE DE MANEIRA NENHUMA DEIXA O HOSPITAL PARA ENTRA NESTA COISA HORRENDA QUE É A POLÍTICA SE ENTRA VAI PERDE SUA CREDIBILIDADE. ELES NÃO MERECEM O SENHOR. SAUDAÇÕES.

  2. Carlos diz:

    Caro Carlos,

    Seja simples e direto, na sua opinião, qual a possibilidade de uma nova eleição em Mossoró ??? ( numa escala de zero a dez ) ??

    Agradeço,

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Carlos, boa noite. Não tenho bola de cristal e não trafego pelos escaninhos do Judiciário. Tenho dissertado sobre essa gincana processual, que é muito densa. O que ouço de fontes credenciadas e distintas, aponta para um novo pleito. Se haverá ou não… Abraço, saúde e paz.

      • Francisco César diz:

        Carlos por gentileza, se a prefeita for afastada como fica os cargos indicado pelos vereadores seja comissionados terceirizados e outros quem assume pode demitir todos e convocar outras pessoas ? Como fica o atendimento a população ? OBRIGADO.

        • Carlos Santos diz:

          NOTA DO BLOG – Francisco, bom dia. Num eventual afastamento, quem assume é o presidente da Câmara Municipal. Se houver eleição suplementar, isso ocorrerá no prazo máximo de 90 dias. Caberia, ao prefeito provisório, a gestão do município, decidindo tudo normalmente, como se fora titular. É isso. Boa semana

  3. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Acho que o Dr. Cure deve aceitar.
    Mossoró precisa de alguém com o seu perfil.
    Mas aceitar com a condição de poder administrar Mossoró para os mossoroenses, sem nenhum compromisso com a politicalha.
    Parece um sonho?
    Parece.
    Mas como o velho Denorex, parece mas não é.
    Eles estão tão desesperados por um nome para lançar candidato que aceitarão as condições impostas pelo Dr. Cure.
    Imaginemos que este médico de conduta ilibada não aceite ser candidato.
    Quem o PMDB irá lançar?
    Quem?
    Aceite, Dr. Cure, mas imponha condições.
    Mossoró precisa de um prefeito com a sua capacidade administrativa.
    De jabuti colocado em copa de mangueira chega.
    ///
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Andei agora pela manhã nos supermercados da cidade.
    Frutas e verduras podres em uma quantidade tão grande que os clientes mais lembravam os famélicos dos lixões de tanto catar para ver se tinha alguma aproveitável.
    Mas hoje é domingo.
    Está explicado.
    Que culpa a vigilância sanitária tem deste povo ter mania de fazer compras aos domingos?
    Domingo é o dia da folga deles.
    Aproveitando que o assunto é supermercado, continua a malandragem de colocar um preço no anúncio e na hora de passar no caixa o cliente pagar outro.
    E assim seguimos nós a sermos feitos de tolos.
    Até quando?
    ///
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  5. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Dr Cure no PMDB liderado por Henrique Alves, não sei não; cuidado dr Cure muito cuidado. Esse cara fede a corrupção. dr Cure quem entra em lamaçal, pode morrer sufocado.

  6. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Dr Cure diga não aos corruptos e te seguirei.

  7. Francy Granjeiro diz:

    Agora?Porq esse fdp não olhou antes?Bem que Henrique deveria se cuidar,olhar seu próprio rabo,já começou aparecer o lado podre dele,desse rolo quer metido com os tucanalhas de SP,daqui uns dias aparecera Ze Agripino amigo de Arruda que tbm já foi mostrado nas falcatruas do governo SP.

  8. RC 50 diz:

    Um nome excelente,mas na companhia de Henrique Alves fica difícil,Dr.CURE só iria macular sua imagem positiva diante da sociedade,com um CAPO do naipe de Henrique se eu fosse o Dr.Cure não arriscava.

  9. Roberto de Freitas diz:

    Concordo com o Vladenilson!

  10. IZABEL MONTENEGRO diz:

    Caro Jornalista,
    Nunca cogitei, sequer pra mim, a possibilidade de minha candidatura a Prefeita de Mossoró, até por que o PMDB teria nomes muito melhores que o meu, sempre fui pé no chão, realista e sei que não é fácil chegar lá. Temos, para o nosso partido, projetos de crescimento e não projetos pessoais. O que está acontecendo são exercícios de futurologia política, o que é compatível com o momento que vivemos. Desafio qualquer cidadão que tenha ouvido, da minha boca, essa conjectura, a vir a público e me desmentir. Não acredito na cassação da Prefeita Claudia Regina, portanto não é oportuno falarmos em possíveis candidaturas.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Vereadora, boa noite. O Blog fez a menção porque ouviu de duas fontes muito ligadas à senhora. Se ambas foram açodadas e inverídicas, lamentamos. Abraço, saúde e paz.

  11. Francy Granjeiro diz:

    Quem for sangue bom, demorou de se envolver.Saúde tem demais.Para se vender não! Se souber fazer disjunção entre a simplicidade e o poder, pior que quando entra a coisa é bem diferente. Vai ver eles [DEM/PSDB]viram que a vergonha estar grande demais resolveram dar um prato de política sebosa suja a ele para se salvarem.

  12. Francy Granjeiro diz:

    Devagar, devagarinho vai caindo a hierarquia.Novos horizontes.
    E OS ESCÂNDALOS DO TRENSALÃO, DO METROZÃO, DO MENSALÃO EM SAO PAULO?
    E O CASO SIEMENS? DESMORALIZANDO DE VEZ A MÍDIA.
    E A VEJA QUE RECOLOU FACA NO PESCOÇO DE LEWANDOWSKI? K
    DATAFOLHA RUIM JÁ PROVOCA RACHA INTERNO NO PSDB
    E AÍ ZE AGRIPINO????????
    E A CASA GRANDE SE DEMOLINDO AOS POUCOS
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  13. raimundonvf diz:

    não acredito que o Dr. CURE var aceitar essa barbaridade que o deputado henrique alves que envolverr ele nessa politica de mossoró, acho que se Dr. CURE aceitar essa candidatura ele mesmo Dr. CURE estar pedindo o atesto de óbito do hospital da solidariedade de mossoró. aos 20 dias atras eu no BOM DIA BRASIL eu vi uma entrevista de médico do sul do pais que foi eleito prefeito de uma determinada cidade que com 7 messes de mandato renunciou o cargo de prefeito porque não deu para conciliar o mandato prefeito e médico dessa mesma cidade, e ele disse mais como médico ganhava 30.000 mil reais e como prefeito ele ganhartia apenas 5.800 reais então disse deixaria o cargo de prefeito para ganhar seus 30.000 mil reais como médico.

  14. Francy Granjeiro diz:

    Porque será que antes, Claúdia Regina Rosalba e Hernrique antes não ajudaram o Hospital da Solidariedade
    que sempre precisou de um pouco de atenção?
    Forçando a pensar ao contrário dos seus próprios pensamentos?
    Fica a dica: ou sobe ou desce.

  15. francisco diz:

    Se não for Dr Cure,que seja outro bom candidato para mudar esse jeito malfadado de administrar Mossoro.
    Moro no conj.Vingt-Rosado,e aqui falta tudo.Segurança,saúde,ruas esburacadas etc,etc.Há aqui um centro de saúde que não serve pra quase nada.
    Toda hora falta médico ou o dentista e o atendimento dos funcionários é uma lástima.

  16. naide maria rosado de souza diz:

    Talvez seja este o motivo de, cada vez mais, me distanciar da política. Nada em relação ao nome de Dr. Cure. Grande homem. Peleja contra o câncer e inaugura um Hospital específico para esta enfermidade.
    O que acho estranho, muito estranho, é quem participa de uma oligarquia vir falar de “outra” oligarquia . Ou será que não entendi? O que captei foi o seguinte: a oligarquia natalense quer engolir a oligarquia mossoroense. Noutras palavras, donos dos dois maiores colégios eleitorais do Estado, ficariam com propriedade e posse do Rio Grande do Norte. Ora, nem precisariam mais fazer campanhas . Já estariam eleitos na primeira hora.
    Algo quer me calar, mas não consigo. Reconheço a minha ignorância política. Entretanto me atrevo a dizer aos mossoroenses que tanto se manifestam contra os Rosado: abram os olhos pq se os Rosado formam uma oligarquia que parece não agradar a Mossoró, tentar afastá-la deste solo em que cada metro lhe absorveu o suor , é, simplesmente, eleger os Alves para dar-lhes de bandeja este grande município. Ou eles não se consideram uma oligarquia? Haverá interesse real no trabalho que prometerão realizar ou isto é só para angariar, obter votos e a simpatia popular?
    Por outro lado, acho deselegante, até cruel, que nomes sejam apontados antes de os lugares estarem desocupados. Esta Ciência Política me enoja.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Sra. Neide Maria Rosado de Souza
      “a oligarquia natalense quer engolir a oligarquia mossoroense.”
      Concordo com a senhora.
      Isto fica claro na maneira de proceder da Oligarquia Alves.
      Buscam estabelecer em Mossoró uma cabeça de ponte que permita o domínio pleno da política norteriograndense. Sabem que Mosoró é o grande reduto da família Rosado. Conquistando Mossoró tem consciência de que os Rosados se enfraquecerão de uma maneira tal que tenderão a desaparecer da política, assim como já aconteceu com a família Mariz por eles afastada da política.
      Como não dispõem de um nome confiável aos olhos do eleitorado, até porque eles mesmos não o são, apelam para um médico de conduta ilibada e muito querido na cidade, mas sem nenhum traquejo político.
      Infelizmente a oligarquia mossoroense, por ingerência do Zé Agripino Maia, escolheu muito mal a candidata a prefeita de Mossoró nas eleições de 2012.
      Quem tem um mínimo de conhecimento sabe que as pessoas que vivem a representar são as piores.
      Representam para esconder as suas verdadeiras tendências.
      E quando atingem o objetivo se revelam tal quais são.
      Sem máscaras, chegam a causar espanto.
      Tivesse acontecido a escolha de uma candidata que ao chegar ao poder tivesse administrado para o povo, ganhando deste a estima e o respeito, não estaria acontecendo em Mossoró o que hoje se vê nesta linda cidade, onde os mossoroenses aguardam até com ansiedade a cassação da prefeita Cláudia Regina.
      Caso estivesse em andamento algum processo de cassação contra uma prefeita amada pelo povo, multidões já estariam nas ruas para defender a prefeita querida por todos, o que pressionaria o judiciário a rever a sua determinação de cassar o mandato da prfeita.
      Isto já aconteceu em várias outras cidades.
      Em São Luís do Maranhão, nos anos 70, em plena ditadura, o hoje Senador Epitácio Cafeteira teve o seu mandato de prefeito cassado. O povo fez barricadas nas ruas, ocupou a prefeitura e junto com Cafeteira permaneceu dentro do prédio da prefeitura até que a decisão fosse revogada e Cafeteria continuasse prefeito de São Luís.
      Mas o que vemos em Mossoró é o povo alegre e cheio de esperanças de que esta cassação ocorra o mais rápido possível a fim de se ver livre de uma prefeita que não se preocupa com a cidade.
      Que há um interesse bastante explícito da oligarquia natalense em destruir a oligarquia mossoroense, isto é impossível de ser negado.
      Talvez o processo de enfraquecimento tenha se iniciado quando da escolha da candidata a prefeita de Mossoró em 2012.
      Impuseram de forma pensada e bastante calculada o nome de uma pessoa totalmente despreparada para o cargo por saber que isto fatalmente resultaria numa administração desastrosa.
      Agiram maquiavelicamente, já que sabiam que um desastre administrativo em Mossoró se refletiria nas eleições de 2014 com grandes prejuízos eleitorais para a Governadora Rosalba Ciarlini.
      Sair da oligarquia mossoroense para cair nas mãos da oligarquia natalense é o que de pior pode acontecer a cidade Mossoró.
      Duvido que se a Governadora não fosse de Mossoró se a duplicação da estrada Tibau/Mossoró estivesse acontecendo.
      E assim como a duplicação desta estrada, vários outros benefícios que Mossoró já recebeu e que jamais receberia se a Governadora do Estado não fosse mossoroense.
      Sou contra todo e qualquer tipo de oligarquia.
      Sou favorável a que o RN tenha um Governador totalmente desvinculado destes grupos
      Mas sou forçado a reconhecer que no momento isto é totalmente impossível.
      Entre ficar lá ou cá, fico cá.
      ///
      CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
      O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  17. Gilliano diz:

    Caso aceite a candidatura será um nome novo e com credenciais e certamente terá muitos votos inclusive o meu.
    Quanto ao fato de entrar pelo PMDB, não quer dizer que automaticamente se tornara corrupto ou desonesto.

  18. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Só o fato de Dr Cure ser filiado ao PMDB, coisa que eu não sabia já me deixou de cabelo em pé. Dr Cure como pode o Dr um homem de bem, confiável, e com um trabalho brilhante comungar com essa gentalha. Logo o Sr que todo dia está na mídia lamentando o descaso dessa administração que atrasa repasses para o tratamento de pacientes com Câncer, que dar prioridades a festas de toda natureza, e tem o aval do “PMDB”. Para mim coerência é como a palavra empenhada. Não estou lhe atacando porque não ouvi ainda sua opinião sobre o seu envolvimento neste episódio; mais uma coisa é certa, o Sr não pode mais fugir dessa realidade, e vai ter que falar. Isso acontece com os homens públicos; ruins e bons.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Cinquentinha
      Não generalize.
      Em Martinópole-CE o único partido que oferecia resistência ao prefeito era o PMDB.
      Eu me filiei ao PMDB para me juntar ao grupo que lutava para afastar o prefeito.
      Se o partido que fizesse oposição ao prefeito fosse o de FIDEL CASTRO eu me filiaria ao partido do monstro barbudo.
      Você, melhor do que eu, sabe que no Brasil não existe filiação por ideologia.
      Os filiados do PC do B são sempre vistos dizendo GRAÇAS A DEUS.
      Comunista dizendo GRAÇAS A DEUS…
      Quando me filiei, em momento algum liguei estar entrando para o Partido do Sarney e outros do mesmo naipe. Nem disto me lembrei. Queria apenas me juntar ao grupo que fazia oposição ao prefeito que dava de MERENDA ESCOLAR apenas VENTO COM POEIRA, que não distriuía o UNIFORME ESCOLAR, muito menos o MATERIAL ESCOLAR.
      Este prefeito procedia da mesma maneira que procede a prefeita de Mossoró.
      Com a diferença de ao invés de servir VENTO COM POEIRA a prefeita de Mossoró serve CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ como MERENDA ESCOLAR.
      Hoje no Senado os debates foram acalorados.
      Estourou uma denúncia de que o Senador pelo PSOL, Randolfe Rodrigues, RECEBEU DINHEIRO a título de mensalão quando deputado da Assembleia Legislativa do Amapá.
      O Presidente do Conselho de Ética, Senador João Alberto, com o processo na mão gritava que a denúncia estava fundamenta em comprovantes de pagamentos.
      O Senador Randolfe se defendia dizendo que as assinaturas eram falsas.
      Por sugestão do Senador Mário Couto a documentação será encaminha ao DPF para perícia.
      Como você vê, se tirar o Cristovam Buarque e o Suplicy, talvez escapem mais uns poucos.
      Não é só no PMDB que tem CORRUPTO.
      Por falar em corrupção, o que o PSOL faz com o dinheiro do FUNDO PARTIDÁRIO?
      Você que aqui se sacrifica, que faz até empréstimos bancários, não recebe um só centavo do FUNDO PARTIDÁRIO para a campanha.
      Para onde vai o DINHEIRO DO FUNDO PARTIDÁRIO DO PSOL?
      Se quiser iremos a Natal perguntar isto, olho no olho aos dirigentes do PSOL no RN.
      Saiba que no PMDB também tem gente honesta.
      Como tem corrupto.
      Igualzinho ao PSOL.
      As vestais depravadas, Cinquentinha, estão em todos os lugares.
      Deixo bem claro que aqui em Mossoró não conheço ninguém do PMDB.
      Nunca fiz contato com nenhum político do PMDB no RN.
      Não sei se continuarei filiado ao PMDB.
      O tempo dirá que caminho seguirei.
      ///
      CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
      O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  19. Antonio Augusto de Sousa diz:

    Apoio dr. Cure. Chega de radicalismo. Henrique hoje é um dos políticos mais importante desse país, e, considero Garibaldi o melhor governador que esse estado já teve. Com apoio dos dois Cure teria tudo prá deslanchar, visto que é, praticamente uma unanimidade em Mossoró como administrador.
    Como democrata que sou, respeito muito à opinião dos outros, mas, nitidamente se vê que parte dos eleitores da chamada “oposição” de Mossoró ainda não assimilou a derrota sofrida pro grupo da prefeita. Isto é fato!. Puro despeito. O resto é conversa prá bovino dormitar.

  20. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Dr Cure é um bom nome; e precisa tomar um bom banho de sal GROSSO e ser enxaguado com algumas ervas medicinais para tirar o fedor do PMDB. Mais é preciso deixar primeiro o Partido, e escolher um que não tenha compromisso com a corrupção “EXISTE”, ou simplesmente dizer: Estou fora.

  21. Pinheiro Neto diz:

    Dr Cure,diz me com quem andas que te direi quem és… não engula corda desse povo não. Mossoró precisa muuuuuuito de seus serviços como médico. Tenho parentes que se tratam de cancer e sei bem como seu trabalho faz com que eles sofram menos,evitando viagens a Natal ou Fortaleza. Fique por aí,Homem de Deus,se eles quizerem que ajudem você no hospital mesmo,que fazem melhor.

  22. Julio diz:

    Dr. Cure é um grande cidadão mossoroense. Desconfio que quem entrar na política dificilmente deixa de envolver-se em negócios sem futuro. No entanto, defender que bons nomes nunca entrem nas disputas eleitorais é o mesmo que aceitar que somente os ruins figurarão nestas. E o nosso futuro? como fica? Deus abençoe o Dr. Cure nestas ocasiões e o auxilie a tomar as melhores decisões.

  23. pedrinhovale diz:

    xiiiii ja estão atras de candidatos pra 2016?

  24. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Dr. Gilliano tenho o maior respeito, admiração por Dr. Cure e tem certeza que qualquer decisão que ele tomar levará em conta a saúde do povo mossoroense. Mais não posso deixar de comentar: o PMDB não merece Dr Cure; os Alves menos ainda.

  25. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    CORRUPÇÃO E MENTIRAS A MODA DO RN.
    Sr. Antonio Augusto de Souza que é radicalismo? Eu já ouvi essa expressão mais de uma centena de vezes proferida por diversos caciques manipuladores da política potiguar, eles de acordo com suas conveniências esquecem o que falou recentemente, e logo estão de braços dados com seus desafetos. O fato do Henrique Alves ser hoje um dos sujeitos mais influentes desse país, não significa nada para muitos que conhecem sua trajetória ( O Carlinhos Cachoeira também era, o Demóstenes Torres também era, e tantos outros, e daí?. Cada um vê a vida pelo ângulo que lhe convém. Se o Garibalde foi o melhor governador que este estado já teve, imagine o mais ruim. O sr tem conhecimento da venda da COSERN e sua história, pois é eu vou lhe contar em resumo. A COSERN foi vendida por 625 Milhões de reais pelo governador Garibalde e este disse ao RN que tinha gasto com a adutora 200 milhões de reais. Acontece que O FHC veio a Mossoró e declarou que a adutora era uma obra do governo federal e que tinha investido mais 80% na obra na cara do Garibalde que ficou de calças curtas lá no largo do jumbo. (Ginásio Dr. Pedro Ciarline). E tem mais; o Senador José Agripino neste tempo desafeto do governo de Garibalde, acompanhava uma peça mal encenada chamada de CPI da COSERN, e como sempre na Assembleia Legislativa o governo tinha maioria, sem contar que dá noite para o dia pelo menos 38 Prefeitos mudaram de lado, ou seja apoiavam JaJà e passaram a apoiar Garibalde. Sabe o que disparou o senador José Agripino. Este é o governo mais corrupto da história do RN, usou o dinheiro da venda da COSERN para fechar a CPI. Resumindo a CPI foi fechada, a adutora foi construída com recursos federais, não se investiu na saúde nem na segurança, mais o dinheiro sumiu. Vê matérias na linha do tempo. Hoje os caciques estão todos juntos unidos pela corrupção.
    Dr. cure pelo amor de Deus afaste-se desses dois enquanto há tempo. Se tiver que entrar para a política que não seja com o apoio desses dois, o sr não sobreviveria.
    ISTO É FATO NÃO É RADICALISMO

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.