• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
quarta-feira - 29/06/2016 - 22:12h
Aumento de subsídios

Prefeito e pré-candidato reprovam decisão de vereadores


O aumento nos subsídios de prefeito e vice (veja AQUI) de Mossoró, que serão eleitos em outubro deste ano, não tem a aprovação do próprio prefeito atual do município, Francisco José Júnior (PSD). Foi o que ele disse ao programa “Meio-dia Mossoró” da FM 95, reproduzido no Blog do Barreto.

Prefeito (de azul) disse estranhar decisão (Foto: Meio-Dia Mossoró)

Quem também reprovou a decisão através de uma nota emitida por sua assessoria, foi o empreendedor Sebastião Couto (PSDB), o “Tião da Prest”, pré-candidato a prefeito.

Ao ser informado que a Câmara Municipal acabava de aprovar aumento de salário para o prefeito, a partir de janeiro de 2017, o pré-candidato Tião Couto (PSDB) disse que renunciará o reajuste. Ele, que estava em viagem para o Rio de Janeiro, comentou que o aumento é inaceitável, principalmente por estarmos passando por grave crise financeira, que em muito tem desgastado as finanças municipais.

Contra

“Aumentar o salário do prefeito em quase um terço é uma afronta para a população” – disse.

Na FM 95, Francisco José Júnior foi enfático:

- A bancada não me procurou e fiquei sabendo que um grupo de fiscais que procurou os vereadores. Quero dizer que sou terminantemente contra. Hoje eu recebo meu salário 10% menor. Não poderei vetar porque esse projeto não passará por mim porque é um projeto de resolução que é promulgado pela própria casa. Caso eu continue na prefeitura eu pretendo renunciar a esse aumento”, declarou.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Regina de Fatima dos Santos Braz diz:

    Acho uma afronta à populacao dar aumentos para quem ja tem salário muito acima da maioria da população. Nin guém pode fazer nada contra isso, nem Ministério Puúlico?. Como é que podem falar em crescimento economico, etc???

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “O aumento nos subsídios de prefeito e vice (veja AQUI) de Mossoró, que serão eleitos em outubro deste ano, não tem a aprovação do próprio prefeito atual do município, Francisco José Júnior (PSD). Foi o que ele disse ao programa “Meio-dia Mossoró” da FM 95, reproduzido no Blog do Barreto.”
    Não foi somente o prefeito que disse ser um absurdo o aumento do salário concedido pela CMM.
    Todos os candidatos se posicionam contra.
    Mas nenhum tem a CORAGEM de assumir por escrito o compromisso de não receber este salário IMORAL.
    Por que não registram em cartório, com firma reconhecida e testemunhas, que não receberão este salário que HUMILHA todos os mossoroenses que pagam impostos diminuindo o pão que colocam na mesa das suas casas? Isto eles não fazem. Ficam somente no leriado de sempre.
    Revogar este aumento é preciso. E esta revogação pode acontecer facilmente se estes candidatos que dizem não aceitarem este absurdo DETERMINAREM que os vereadores que seguem as suas orientações aprovem imediatamente a revogação deste aumento. Se fizerem isto, derem a ordem para que a revogação aconteça, uma sessão extraordinária acontecerá e tudo será resolvido.
    Ficar só de papo furado não engana a mais ninguém.
    Lastimo apenas que este comentário com a sugestão da realização de uma sessão para revogação do aumento, por determinação do prefeito e dos outros candidatos, fique perdido entre mil outros comentários.
    Problema de solução mais fácil, revogar este aumento, não conheço.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS A QUALQUER INSTANTE. A QUALQUER INSTANTE!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.