quarta-feira - 18/09/2019 - 20:22h
Mais um

Prefeito e vice são cassados por juíza por compra de votos


Do OP9

A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou a cassação do prefeito e da vice-prefeita da cidade de Guamaré, a 176 quilômetros de Natal. A decisão, proferida pela juíza eleitoral Andrea Cabral Antas Câmara reconheceu que Francisco Adriano Holanda Diógenes e Iracema Maria Morais da Silveira (ambos do MDB) compraram votos na época das eleições.

Iracema e Adriano: eleitos em pleito suplementar e agora cassados, mas mantidos no cargo (Foto: arquivo)

A sentença, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), deve ser publicada no Diário da Justiça Eleitoral na quinta-feira (19). Apesar da cassação o prefeito e a vice não serão afastados do cargo até o julgamento de eventuais recursos. A Justiça também determinou o pagamento de uma multa de R$ 10 mil cobrada de Francisco por conta da gravidade das condutas apuradas.

Francisco e Iracema foram eleitos em um pleito suplementar do município no dia 9 de dezembro de 2018. Os gestores anteriores, prefeito Hélio Willamy e a vice, professora Iracema Maria, também foram cassados e perderam os mandatos, o que obrigou a realização de uma nova eleição na cidade.

Nota à Imprensa

A chapa formada por Adriano e Iracema foi eleita com 6.176 votos, o correspondente a 52,43% dos votos válidos. O outro candidato, Mozaniel de Melo Rodrigues (Solidariedade), alcançou 47.57% dos votos válidos. O município de Guamaré tem 13.726 eleitores.

A defesa do prefeito divulgou nota à imprensa informando que a decisão de primeiro grau ainda vai passar pelo crivo do Tribunal Regional Eleitoral. “O TRE certamente reformará a decisão, que não foi proferida com acerto esperado e que se amparou em prova apodrecida, montada na escuridão da verdade, gravação montada e editada por inimigos políticos e que sequer era de conhecimento do prefeito eleito pela maioria”, diz o texto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Homi, só há uma solução para aquele celeiro de politicos corruptos.

    - Qual?

    - Perguntar ao povo de Macau se querem receber a pérola de volta e a devolve-la embrulhada em papel de presente.

    Mais simples, IM-PO-SSÍ-VEL.

  2. Carlos diz:

    Sonho todas as noites com o dia em que esses (as) juízes descubra onde fica a cidade de Grossos RN.
    E o MP tbm…. #UmDiaQuemSabe

  3. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Igualmente sonho, o dia em que o Ministério Público e o Judiciário com circunscrição judiciária na Comarca da Terra que dizem Combateu Lampião, efetivamente acordem e se disponham efetivamente investigarem os seculares roubos e crimes de toda ordem contra a população ignara população de MOSSORÓ, perpetrados reiteradamente pela Monarquia Rosadus, desde tempos antanhos….!!!

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  4. henrique diz:

    Paulo Guedes podia dar uma fiscalizada nesses Royalties repasssados e o uso deles nesses municipios. Tem q ter peito! È muito roubo .

  5. João Claudio diz:

    Onde há dinheiro público há roubo.

    Até as criancinhas inocentes sabem disso.

    A ‘justissa’ faz vista grossa.

    Fazer o quê se o é de terceira e vê pelo retrovisor o quarto mundo se aproximando?

    O meu grito de guerra é:

    PEGA FOOOOGO, CABARÉEEEEEEEE…..!

  6. João Claudio diz:

    Ops!

    Fazer o quê se o PAÍS é de terceira…

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.