terça-feira - 29/11/2016 - 17:26h
O outro lado

Prefeitura promete socorrer Samu mas critica Governo do RN


A Prefeitura Municipal de Mossoró reagiu à apelo-denúncia oficializado ao Ministério Público, à própria Secretaria Municipal de Saúde Pública e à imprensa, pelo diretor técnico do Samu (veja AQUI), médico José Gilliano Carlos de Freitas, atestando o iminente colapso nos serviços do Samu.

Em nota assinada pelo jornalista Luziária Machado, secretária municipal da Comunicação Social, a municipalidade dá explicações sobre relatos do médico.

Veja abaixo:

A Secretaria Municipal de Comunicação Social esclarece que todas as providências estão sendo tomadas para a manutenção do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Questões como reabastecimento de material de limpeza e alimentos já foram requisitadas ao fornecedor e deverão chegar na unidade até esta quarta-feira, 30. Já os salários dos restantes dos servidores devem ser pagos ainda esta semana.

Vale destacar que há dois anos o Governo do Estado não repassa recurso para o Samu, como é de sua obrigação. Isso faz com que o município arque com a maior parte do custeio do serviço, para mantê-lo.

Todas as medidas estão sendo tomadas, de acordo com a disponibilidade financeira do município.

A Prefeitura reitera seu compromisso com a manutenção de seus serviços, mesmo diante desta grave crise econômica nacional.

Luziária Firmino Machado Bezerra – Secretária Municipal de Comunicação Social

Acompanhe notas e comentários mais ágeis em nosso Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação / Saúde

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.