quarta-feira - 09/10/2019 - 08:04h
Política

Presidente implode o seu próprio partido


Noticiário nacional em grandes veículos de imprensa aponta possibilidade do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e seus filhos políticos/com mandatos mudarem de sigla. É uma situação particularmente rara na história republicana do país. Bolsonaro – que está em seu nono partido – deu dimensão estelar ao partido com sua eleição em 2018 e, ele mesmo, promove sua fritura em pouquíssimos meses no poder.

O presidente Jair Bolsonaro, cumprimenta populares e fala à imprensa no Palácio da Alvorada (Foto: Marcelo Camargo)

Dia passado, o presidente em mais uma incontinência verbal à porta do Palácio da Alvorada, recomendou a um eleitor pernambucano, que pediu para fazer foto com ele: “Não divulga isso não, cara. O cara está queimado pra caramba, lá. Esquece esse cara, esquece o partido.” Fazia referência ao presidente do PSL, Luciano Bivar.

O deputado federal gaúcho Bibo Nunes quer trazer o presidente para o Patriota. “O Bivar é muito preocupado com dinheiro”, disse à coluna de Guilherme Amado. “O Bolsonaro não dá bola para dinheiro.” (Época)

Refundador da União Democrática Nacional (UDN), que está em fase de criação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcus Alves também quer a família presidencial. “Só falta homologar os diretórios de alguns estados.” (Estadão)

Rachado, fracionado e abalado

Aliados do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), estão terminando o estatuto de um novo partido que seria batizado como Conservadores. Teria por premissas o programa do atual presidente — defesa da ‘moralidade cristã ocidental’, vida a partir da concepção, direito à legítima defesa pessoal, combate à ‘ideologia de gênero’. O documento proíbe alianças com legendas do que chamam ‘esquerda bolivariana’. A desvantagem é que seria um caminho mais lento. (Globo)

Nos estados e municípios, o PSL está em xeque. Seu instantâneo gigantismo passará por um teste de fogo em 2020, com possibilidade de encolher, em vez de crescer. As defecções – inclusive no RN – são constantes.

No Congresso Nacional, o partido também levanta voz e entra em choque com presidente e seus filhos. As reações às palavras do presidente foram instantâneas. O PSL elegeu 53 deputados ano passado (um a menos do que o PT, maior bancada).

Rachado, fracionado e abalado em face da própria perturbação de seu ícone, guia e “mito” Bolsonaro, o PSL é um terreno movediço e minado, sem qualquer inimigo externo. Todos os seus problemas estão em casa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. paulo diz:

    A culpa é do PT.

  2. Q1Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Com toda a celeuma é importante lembrar: ” o presidente e seus filhos políticos”…uma “famiglia”, digamos, no poder. Bastava a sensatez de um para que as explosões fossem evitadas.

  3. Pedro Victor diz:

    E o Lula? E o PT?

  4. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    JÁ NÃO BASTAVAM AS CONJECTURAS E SUPOSTAS REFLEXÕES DOS BURRO NARIANOS ACERCA DO SEÚ ÍDOLO DE BARO MAIS CONHECIDO COMO SÉRGIO PARANHOS FLEURY MORO OU COMO DIRIA O TEOR DAS CONVERSAS DO THE INTERCEPT … O MARRECO DE MARINGÁ…!!!

    NUM É QUE DE REPENTE, NÃO MAIS QUE DE REPENTE APARECE OUTRO ÍDOLO DE PÉS DE BARRO MAIS CONHECIDO COMO JAIR MESSIAS HITLER ASCO NARO OU COMO DIRIA SUA VIDA PREGRESSA…BURRO NARO MOR, A CAVALGADURA NÚMERO UM DA TERRA DE PINDORAMA….!!!

    COMO É QUE É MESMO ÀQUELA FAMOSA FRASE…ESTAMPADA NOS ESTÁDIOS DE FUTEBOL…!!!

    EU JÁ SABIA….!!!

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  5. João Claudio diz:

    - MAIS UM. MAIS UM. MAIS UM.

    - Que foi Mô? Que gritaria é essa? Foi gol do Flamengo?

    - Gol coisa nenhuma. Lula aprontou mais uma.

    - Aprontou o quê?

    - Homi, destamparam a tampa da fossa do BNDES e só deu pra Radiola dele. Ô, Tónha, como é mesmo aquela famosa frase que a gente vê nos estádios de futebol?

    - EU JÁ SABIA.

    - Isso, isso, isso.

    P.S – Me queiram bem porque não custa nada. Os invejosos façam como eu: Trabalhem.

    Próximos lançamentos:

    Huck, Presidente do brasil.

    Daquenga, Prefeito de São Paulo.

    José Antonio, Prefeito de Mossoró, a cidade aflita.

    Slogan:

    ‘Ou vai ou racha.’

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.