quinta-feira - 30/04/2015 - 21:40h
Mossoró

Prestação de contas da Saúde gera conflito entre bancadas


A Prefeitura de Mossoró investiu, em 2014, 31,98% em saúde pública, o dobro do que determina a legislação federal, que é de 15%. A informação foi passada pela secretária municipal de Saúde, Leodise Cruz, na Audiência Pública da Câmara Municipal de Mossoró. O evento ocorreu à manhã de hoje.

O encontro discutiu a prestação de contas da pasta referentes ao período do I, II e III quadrimestre de 2014.

A secretária ainda destacou que só as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) realizaram, em 2014, 749,883 atendimentos. A Atenção Básica realizou, no mesmo período, 360.025 atendimentos. “São números que mostram o tamanho da grandeza que é a saúde pública de Mossoró”, disse.

Saída

Durante a audiência pública, vereadores da oposição resolveram se retirar. Protestaram contra “uma clara tentativa de se tolher a palavra dos oposicionistas”, justifica Genivan Vale (PROS).

“A nossa saída foi acompanhada pelos vereadores Tomaz Neto (PDT) e Professor Francisco Carlos (PV)”, salienta ele em nota à população.

Tomaz Neto destaca que a secretária demonstrava interesse em atender às prerrogativas e exigências legais, “mas a bancada do Governo, não”.

“A Secretaria de Saúde estava republicanamente respondendo a todos os vereadores, mas a bancada governista quis impedir que os oposicionistas fizessem suas colocações”, reitera Genivan.

Categoria(s): Saúde

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “A nossa saída foi acompanhada pelos vereadores Tomaz Neto (PDT) e Professor Francisco Carlos (PV)”, salienta ele em nota à população.”
    Certamente foram se reunir em algum restaurante. E entre risadas ficaram avaliando a interpretação de cada um, A conta do restaurante? Claro que o contribuinte mossorense pagou.
    Ontem, na Rádio Rural, Genivan desafiou a quem se sentisse contrariado por pagar gasolina e telefonia celular para ele e seus colegas a entrar com uma ação contra a Lei da Mordomia dos Vereadores. Faz isto porque sabe que uma ação se arrastará por anos e anos sem fim, tal qual o julgamento dos recursos Sal Grsosso.
    Pode estar preocupado com justiça social quem faz uso de uma lei imoral como a LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES?
    Interessante é o Seu Cinquentibnha ir para as rádios dizer que respeita todos, numa clara insinuação que eu desrespeito os que fazem uso da Lei da Mordomia dos Vereadores. Falou isto logo após a minha participação por telefone no programa Carlos Cavalcanti.
    Eu lhe avisei, Seu Cinquetinha, que estas “conversas de aproximação” com usuários da LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES ia lhe fazer mal.
    O que mais falta acontecer em Mossoró?
    /////////
    Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?
    Um TAC, oelo amor de Deus, para acabar com a Lei da Mordomia dos Vereaedores.

    • raimundo nonato sobrinho diz:

      Seu Inácio o que falei no programa do CC nao me cuausa nenhuma insionia. Nesta segunda feira estarei lhe visitando, e vamos conversar. Na próxima quinta feira estarei no programa novamente. Nao falei tudo. Com tempo falarei o pouco mais………., nao tudo porque sempre vai valtar alguma coisa a revelar. Me aguarde.

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Seu Cinquentinha
        “Com tempo falarei o pouco mais………., nao tudo porque sempre vai faltar alguma coisa a revelar. Me aguarde.”
        Aguardar o quê?!
        Eu desafio quem quer que seja a mostrar um só deslize em toda a minha vida.
        Escrevo isto depois que você esteve aqui em casa hoje pela manhã. Interessante é nesta conversa você não ter se referido em nenhum momento a qualquer fato relacionado a minha pessoa.
        Insisto em dizer a você que caso o PSOL mantenha-se na teimosia de lançar candidato a prefeito para tirar uns mirrados 5 mil votos eu estou fora. Eu só apoio com meu trabalho um candidato que consiga reunir todos os oposicionistas de verdade. Sempre me referi a Gutemberg, Josué e você, juntos no apoio a um nome que esteja preparado para administrar a cidade e que consiga reunir a classe empresarial. E cito sempre os nomes do Lair Solano e do Herval Sampaio. Se isto lhe desagrada, que posso fazer? Notei que você tinha uma agenda na mão. Todas as opiniões que emiti sobre determinadas pessoas na conversa que tivemos hoje pela manhã, eu as mantenho.
        Para mim tanto faz ser candidato a vereador como não. Poderia ser, mesmo sabendo que não teria 30 votos, apenas para mostrar no palanque que os problemas que afligem os mossoroenses tem solução e recomendar o voto no candidato que julgo capaz de resolvê-los.
        Talvez eu assista ao programa do Carlos Cavalcanti na Rádio Rural na quinta-feira. Não para participar do programa, apenas para prestigiar com a minha presença a sua partipação.
        Ficarei fora do studio lendo a bíblia que está sempre aberta em cima de uma mesa.
        Sabia, Seu Cinquentinha, que eu adoro ler a bíblia?
        /////
        Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?

  2. IZABEL MONTENEGRO diz:

    Caro Jornalista Carlos Santos,

    O Vereador Genivan Vale, Tomaz Neto e Francisco Carlos tiveram oportunidade de colocar seus pontos de vista, de fazerem suas perguntas, enfim de tirar suas dúvidas. O tempo regimental determina 5 minutos para cada Vereador usar a palavra. O Vereador Genivan usou 10m, Tomaz Neto 12m e Fco Carlos 15m, portanto tivemos tolerância com todos eles. A Lei Complementar141/2012 em seu Art 36 manda que os gestores façam uma prestação de contas da saúde a cada quadrimestre, a que realizamos ontem era referente ao I, II e III quadrimestres de 2014, atrasadas em função de problemas com a agenda da Câmara Municipal. A Sessão iniciou contando somente com a minha presença como Vereadora, o Vereador Genivan chegou atrasado mais assistiu quase toda a apresentação e a medida que o técnico iam explicando ele já fazia seus questionamentos e era prontamente respondido, Tomaz e Fco Carlos chegaram tão atrasados que já tinha terminado a apresentação da prestação de contas. O Presidente do Conselho Municipal de Saúde e o representante da OAB usaram a Tribuna para expor suas opinões acerca da saúde do nosso Municipio, a Secretária Leodise Cruz nos solicitou responder todos os questionamentos após ouvir Vereadores, cidadãos e cidadãs que se inscreveram para usar a Tribuna e membros da mesa, no que a atendemos prontamente. A Secretária iniciou a sua fala dizendo que ia responder a todos os questionamentos que foram feitos, o que fez com muita maestria, haja vista dominar todos os temas da sua pasta. A Secretária foi respondendo e interagindo com o Vereador Genivan Vale, com Tomaz Neto e Francisco Carlos, só que os citados Vereadores não queriam as respostas , queriam tirar dividendos políticos, fazer um ping pong, usar pelo tempo que lhes conviesse a palavra e olhe que já passava das 13hs. Como estava presidindo a Sessão eu disse que não permitiria mais que os nobres colegas usassem novamente a palavra, essa oportunidade já tinha sido dada a todos, se tivesse permitido seria uma sessão sem fim. O Congresso Nacional determina um tempo para cada parlamentar, terminou esse tempo é cortada a palavra, ninguém ignora, se faz de vitima e nem joga para platéia. Temos regras a serem cumpridas. Infelizmente as sessões ordinárias da Câmara têm se estendido as vezes até 14:30hs com discussões infrutíferas, principalmente por parte dos Edis que chegam atrasados. A Câmara deve ser palco de discussões sérias, não devemos ocupar a Tribuna para destilar ódios e nem fazer teatro, o povo merece respeito! Em todo parlamento existe situação e oposição o Vereador Prof Fco Carlos já esteve na base do Prefeito, inclusive foi eleito Presidente da Câmara por ele, o Vereador Genivan já esteve na situação, saiu, depois conversou para voltar e não sei por que declinou, mais está registrado na imprensa, Vereador Tomaz Neto também já conversou através da liderança do Prefeito, na minha presença, na sala do Vereador Alex Moacir, o Vereador Vingt-un também já conversou por várias vezes, Lucélio fez a travessia, portanto essa questão de situação e oposição é natural em todos os parlamentos do mundo. A Audiência pública é realizada por força de Lei, é uma prestação de contas, não foi solicitada por nenhum Vereador. A Secretária Leodise foi bastante elogiada pelo Vereador Genivan e o Vereador pela Secretária que disse inclusive já ter acatado várias sugestões do mesmo.

    • raimundo nonato sobrinho diz:

      Pena que eu nao pude estar presente. Estava de plantao na UPA. As pessoas citadas na discurssao parecem saturadas, nao tem mais o Respeito da gestao. Precisamos de sangue novo.
      Conselho Municipal de Saúde: Será que o atual representante vai querer continuar. Discurso bonito nao sensibiliza a gestao. Precisamos de novos argumentos.
      Como diz um amigo meu: Um conselho que mora na cozinha do prefeito nao pode escolher o que vai jantar.

      • raimundo nonato sobrinho diz:

        Seu Inácio esta de Lei da Mordaça só tem uma soluçao: O parlamentar abrir mao, e nao ceitar, pelo contrário essa turma que esta ai nao vai renunciar. Os 21 vereadores já demonstraram isso.

  3. raimundo nonato sobrinho diz:

    Estamos investindo 31,98% em saúde, segundo a secretária. Nao duvido, mais tenho certeza que do jeito que a coisa está, será preciso investir pelo menos mais 50% para que possamos resolver os problemas do sistema municipal de saúde. “A nao ser que estejamos gastando mal”.
    Vou citar aqui alguns exemplos.
    1. Temos 68 equipes do PSF que precisam ter seus profissionais valorizados em seus salários. Médicos, Dentistas, Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos de enfermagem, ASB,THB, TRX, dentre outro profissionais da saúde.
    2. A falta de medicamentos básicos nas UBS,
    3. A falta de exames laboratoriais, etc, etc.
    A insatisfaçao dos servidores da saúde vem de todos os setores. Assim como é possível detectar a olho nu as irregularidades trabalhistas onde poe em risco a qualidade de vida dos servidores, e a saúde da populaçao.
    Estamos sobrevivendo de escalas extras para compensar os baixos salários. Uma verdadeira exploraçao humana, até quando.
    Valorizaçao dos salários já.

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    EU ACHO É POUCO!
    Eu acredito na chamada lei do retorno.
    Fez paga. Certo que tem quem não acredite nesta lei e faz até empréstimo e tenta se escamar do pagamento. Termina condenada em primeira instância por prática de corrupção,mas como estamos no Brasil, ao invés de estar mofando num xadrez continua ocupando cargo eletivo.
    Lembra-se,Genivan Vale, o que você declarou no programa Carlos Cavalcanti quinta-feira? Tenho certeza de que você não se esqueceu de que disse que ia visitar a Zona Rural USANDO GASOLINA PAGA PELO POVO. Ou você não disse que ia abastecer o carro através da LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES? Disse ou não disse?
    Estranho você tão preocupado com as contas da Saúde e nunca ter se preocupado com as contas da Educação. Algum dia você questionou a construção de uma quadra esportiva num colégio por mais de 611 mil reais? Algum dia você questionou a não distribuição do uniforme escolar? Com a merenda escolar, a pior de todo o Brasil, eu sei que você nunca se preocupou, como nunca fez caso do material escolar nunca ter sido entregue em Mossoró. Nem mesmo quando os alunos das escolas municipais bebiam água não filtrada você se mostrou incomodado. E nunca pensou em entrar na justiça para por fim a estes absurdos.
    Sabe é mandar os que clamam contra o absurdo que é a LEI DA MRODOMIA DOS VEREADORES buscarem o fim desta imoralidade através da via judicial, Faz isto porque sabe que processo movido por um cidadãoficará se arrastando por anos e anos sem fim. Na realidade você debocha dos cidadãos.
    Tomaz quer saber o quê a respeito da Saúde? Saber para quê? Para fazer o que faz até hoje com a cópia do relatório da auditoria realizada na prefeitura e que custou aos mossoroenses várias centenas de milhares de reais? Mostre a cópia do relatório da auditoria, Tomaz Neto. Por que você esconde este relatório? Que oposicionista é você? Só se for oposicionista de araque.
    Cada dia mais e mais a Câmara Municipal de Mossoró se mostra por inteira.
    Estes vereadores não podem deixar estas acusações de uma condenada em primeira instância por prática de improbidade sem resposta:
    ” o Vereador Genivan já esteve na situação, saiu, depois conversou para voltar e não sei por que declinou, mais (observem como é perigoso usar corretor ortográfico, ele não recusa mais e …) está registrado na imprensa, Vereador Tomaz Neto também já conversou através da liderança do Prefeito, na minha presença, na sala do Vereador Alex Moacir, o Vereador Vingt-un também já conversou por várias vezes, Lucélio fez a travessia”
    Vai assumir, Genivan Vale, que conversou para voltar?
    Vai assumir, Tomaz Neto, que conversou na sala do Vereador Alex Moacir para tapiocar?
    Vai assumir, Vingt-un que já conversou POR VÁRIAS VEZES para virar de lado?
    Em 2016 eu estarei lembrando tudo isto aos mossorenses. Se uma nota de 100 tiver mais força, paciência.
    De uma coisa eu estou convencido: Mais da metade desta câmara será renovada. Mesmo que chova notas de 100 em Mossoró poucos escaparão do rodo e da vassoura.
    ////
    Quando serão julgados os recursos Sal Grosso?
    Sal Grosso vai mesmo prescrever em 2015?
    Quando Tomaz Neto vai cumprir sua palavra e divulgar a cópia do relatório da auditoria?
    Que coisa mais feia um homem prometer e não cumprir?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.