quarta-feira - 22/05/2019 - 19:34h
Vereador denuncia

Retaliação a sindicato atinge servidores municipais

Vereador mostra que gestão de Rosalba Ciarlini tenta prejudicar Sindiserpum e alveja funcionalismo

O vereador Ozaniel Mesquita (PR) criticou o Projeto de Lei Complementar do Executivo 12/2019, recém-chegado à Câmara Municipal de Mossoró. Ele suspende o recolhimento em folha e repasse pela Prefeitura da mensalidade sindical do servidor aos sindicatos do funcionalismo municipal.

Caso a proposta vire lei, o Município deixa de fazer essa consignação, e o servidor sindicalizado terá que pagar diretamente ao sindicato, e não mais através de desconto automático no salário.

Ozaniel: alerta (Foto: Edilberto Barros)

O parlamentar considera a medida retaliação política ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM). “É uma mordaça que atinge outros sindicatos, como Sindsaúde (trabalhadores na Saúde), Sindguardas (Guardas Municipais) e acho que até o Sindicato dos Servidores da Câmara Municipal”, alertou Ozaniel Mesquita.

Inimiga

Além disso, segundo ele, a medida vai prejudicar financiamento de convênio de saúde do Sindiserpum com clínicas médicas e comprometer atendimento especializado (cardiologia, oftamologia etc) para cerca de três mil servidores efetivos e mil aposentados – estes, que mais usam o convênio em razão da necessidade do organismo.

A presidente do Sindiserpum,Marleide Cunha, esteve na Câmara Municipal nesta quarta-feira (22). Mostrou argumentos em conversa com vereadores, sustentando a tese apresentada por Ozaniel Mesquita. A dirigente sindical sustentou greve recente que causou profundo desgaste na imagem do governo e da prefeita Rosalba Cialini (PP). Virou inimiga figadal do sistema.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João Claudio - Metade homem, metade comentário. Sorry! Désolé! diz:

    Como é que éeeeee?????? Como é que éeeeee?????????????????????

    Me belisquem! Me belisquem. Me beliiiiiiiquem…!!!

    Pelas barbas do profeta Raul Seixas. Ela foi pedir penico justamente na câmara municipal, foi? Foi? Foooooooi????????

    Ela se esqueceu do outdoor TRAIDORES? Se esqueceu, foi? Foi? Fooooooooi?????

    Ela se esqueceu do honroso título de ‘Persona non Grata’ dado de mãos beijadas pelos TRAIDORES, foi? Foi? Fooooooi?????

    Pense numa memória curta, né não? Né não? Né nãaaaaao????

    Ô, da poltrona: A lei é clara: Só paga o sindicalhismo quem quer. Quem não quer dá bananas ou o maior de todos. Escolha.

    E não ‘me toquem’ mais nesse assunto nocivo e indigesto.

    LEIA-SE – PUBLIQUE-SE – CUMPRA-SE – E MORREU MARIA PREÁ.

  2. carlos eduardo diz:

    Ta mais q certo muita gente não quer contribuir com o sindicato e contribui obrigatoriamente , não tem problema nem um , quem quiser contribuir contribui quem não quer não contribui simples assim.

  3. Junior França diz:

    Veja a medida provisoria do Presidente Jair Bolsonaro, editou as regras para a contribuição. Agora vai ser no boleto qualquer servidor fique a vontade para contribuir.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.