quarta-feira - 29/10/2014 - 05:32h
Câmara Federal

Reforma política é cobrada e pode entrar em pauta


O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), recebeu nesta terça-feira (28), na reunião de líderes, requerimento do vice-líder do PP, deputado Esperidião Amim (SC), para que a admissibilidade da PEC da Reforma Política (352/13) seja votada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) nesta quarta-feira (29).

O requerimento foi assinado por 15 dos 22 líderes.

Esperidião Amim argumentou que os parlamentares foram cobrados durante todo o processo eleitoral sobre a urgência de uma reforma política e a Câmara não pode mais adiar a discussão do tema. Ele lembrou que a proposta que deve ser votada nesta quarta-feira pela CCJ foi elaborada por um grupo de trabalho em 2013.

Henrique Alves concorda que não há mais razão para adiar o debate e acredita que as divergências sobre o mérito da proposta poderão ser discutidas na comissão especial que será criada para analisar a PEC.

Com informações da Câmara Federal.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. TOMAZ diz:

    Tem vários pontos importantes nesta Reforma.O fim da Reeleição,o fim do voto obrigatório,eleições gerais em um só ano,entre outros,é importante e salutar ser votada esta Reforma,assim como outras Reformas,que é para ver se melhora este País Desmotalizado.

Deixe uma resposta para TOMAZ Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.